Mourinho campeão de Inglaterra com o Chelsea

dorothy201305 / Flickr

José Mourinho

José Mourinho

O treinador português de futebol José Mourinho recuperou em 2014/15 o estatuto de ganhador, ao conduzir o Chelsea ao triunfo na Primeira Liga inglesa e na Taça da Liga, aumentando o seu palmarés para 22 títulos.

José Mourinho venceu em Março a Taça da Liga inglesa, com um 2-0 ao Tottenham, e hoje, pouco mais de dois meses volvidos, arrecadou a ‘Premier League’, com um triunfo caseiro face ao Crystal Palace: tem agora três ‘exemplares’ de cada.

Depois de quase dois anos e meio de ‘seca’, o técnico luso voltou a ganhar, mas, uma vez mais, não se livrou de inúmeras críticas, de ‘resultadista’ a promotor de um futebol ‘aborrecido’, com risco zero e sempre calculista.

A eliminação na ‘Champions’, nos ‘quartos’, perante o Paris Saint-Germain, após um jogo em que ‘Mou’ especulou sempre, mesmo contra 10 quase todo o encontro, marcou a época, pela negativa, sem esquecer o escandaloso desaire caseiro (2-4) com o Bradford, do terceiro escalão, na quarta ronda da Taça.

Além dos resultados, Mourinho esteve também em evidência, como habitualmente, nas conferências de imprensa, antes e depois dos jogos, queixando-se um pouco de tudo e de todos, com as dificuldades de sempre em aceitar resultados negativos.

A ‘criatividade’ do técnico luso teve o seu ponto alto após a primeira derrota no campeonato, à 15.ª ronda, no reduto do Newcastle (1-2), em que ‘culpou’ os ‘apanha-bolas’.

“Podia ter havido 20 minutos de descontos, mas a situação teria sido a mesma, porque aconteceram coisas fora do campo que o árbitro não podia controlar. O árbitro não pode punir os ‘apanha-bolas’ que desaparecem com a bola, o árbitro não pode punir os adeptos que ficam com a bola”, queixou-se.

De resto, foi dentro do habitual, as críticas aos árbitros e aos comités da competição, sem esquecer os alegados privilégios ao Manchester City, enquanto este esteve na corrida, nomeadamente por causa do ‘fair-play’ financeiro.

Quanto à equipa londrina, José Mourinho escolheu um ‘onze’ no início da época e levou-o até ao fim, apenas efectuando alterações muito pontuais, quase sempre devido a lesões e castigos.

O titular com menos encontros no ‘onze’ foi Diego Costa (23 jogos), vítima de sucessivos problemas físicos, enquanto dos habituais suplentes, o médio Ramires foi o que contabilizou mais jogos de início (11).

As substituições também foram as da ordem, com a entrada várias vezes de Obi Mikel, Ramires ou Zouma para junto de Matic à frente da defesa, para suster o adversário, depois de a equipa ganhar vantagem no marcador.

De resto, foi quase sempre Courtois na baliza, uma defesa com Ivanovic, Terry, Cahill e Azpilicueta, um meio-campo com Matic, Oscar, Hazard, Willian e Cesc Fàbregas e um ataque preenchido por Diego Costa.

A meio, Mourinho dispensou Schürrle, vendido ao Wolfsburgo, e contratou Cuadrado, à Fiorentina, mas o colombiano pouco foi utilizado, acabando por ser bem menos útil do que foi o germânico na primeira metade da época.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

E se a vacina contra a covid-19 se chamasse Trumpcine? O "sir" sugeriu e Donald Trump gostou

No fim de semana passado, durante um encontro do Comité Nacional Republicano, o ex-Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que alguém sugeriu que as vacinas disponíveis contra a covid-19 deveriam receber o seu nome. …

O custo da paz mundial é bastante inferior ao custo da guerra

Um recente relatório do Instituto de Economia e Paz (IEP) conclui que o custo dos países com a violência é bem superior ao custo com a paz mundial. O Instituto de Economia e Paz estima que, …

Malta vai pagar aos turistas que visitarem a ilha durante o verão

Numa altura em que pandemia não tem dado tréguas ao setor do turismo, Malta anunciou um conjunto de medidas com o objetivo de encorajar os viajantes a visitarem o país e a ficarem hospedados nos …

Pentágono confirma que filmagens de OVNI em forma de pirâmide são autênticas

Uma nova série de imagens e vídeos de OVNIs (Objetos Voadores Não Identificados) filmados pela Marinha dos Estados Unidos foi agora confirmada como autêntica pelo Pentágono. Enquanto muitas pessoas geralmente se referem a avistamentos misteriosos …

Irão vai aumentar produção de urânio enriquecido em resposta ao “terrorismo nuclear” de Israel

O Irão justificou esta quarta-feira a decisão de enriquecer urânio a 60% como resposta ao “terrorismo nuclear” e à “maldade” israelita, referindo-se ao alegado ataque contra a central de Natanz, no domingo. “A decisão de enriquecer …

Possibilidade de ser reinfetado baixa 84% para quem já teve covid-19

Um novo estudo indica que a infeção prévia por SARS-CoV-2 protege a maioria dos indivíduos contra a reinfecção durante uma média de sete meses As probabilidades de reinfeção não descem até zero, mas um novo estudo, …

Bolsonaro diz que confinamentos transformaram o Brasil num "barril de pólvora"

Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, alertou esta quarta-feira que o país se tornou "um barril de pólvora" devido às medidas restritivas adotadas por governadores e prefeitos para tentar conter a disseminação da covid-19. "O Brasil está …

Valentina poderia ter sobrevivido se socorrida, afirma médico legista

O médico responsável pela autópsia de Valentina, a criança de nove anos que morreu após graves agressões, admitiu hoje ao Tribunal de Leiria que a menina poderia ter sobrevivido, "com sequelas", se tivesse sido socorrida. A …

Marcelo admite confinamentos locais, fala em "reta final" e aponta à "recuperação social"

O Presidente da República afirmou esperar que o estado de emergência esteja a caminhar para o fim, sem dar como certo que esta seja a sua última renovação, e admitiu confinamentos locais para conter a …

Caso Marquês: Distribuição do processo investigado. Recursos só chegam ao Tribunal da Relação em 2022

O Conselho Superior da Magistratura (CSM) vai averiguar se há novos elementos que justifiquem uma alteração do seu entendimento de que não houve irregularidades na distribuição, na fase de investigação da Operação Marquês, ao juiz …