Sindicato e ANTRAM acordam tréguas. Até final de maio não há greve de combustíveis

António Pedro Santos / Lusa

O vice-presidente do Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), Pedro Pardal Henriques,

O sindicato dos motoristas de matérias perigosas e a ANTRAM acordaram um pacto de paz social pelo prazo de 30 dias, anunciou o vice-presidente da Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias.

Paralelamente, patrões e sindicato, que estiveram esta terça-feira reunidos no Ministério das Infraestruturas, em Lisboa, colocaram em cima da mesa uma nova proposta salarial “muito próxima” dos 1.200 euros pretendida pelos motoristas, que carece agora do aval dos associados, afirmou o assessor jurídico do sindicato, Pedro Pardal Henriques.

O vice-presidente da ANTRAM, Pedro Polónio, socorreu-se do “dever de sigilo” para não avançar valores, mas salientou que a proposta é “substancialmente diferente” da que tinha sido apresentada inicialmente, estando agora “apta a ser apresentada” aos associados.

“Esta associação não vai colocar, de forma alguma, em causa a rentabilidade destas empresas (…) e não vão ser tomadas decisões sem que as empresas sejam ouvidas”, garantiu Pedro Polónio. O responsável da associação empresarial notou ainda que, “ao contrário do que se faz passar, estes trabalhadores já têm, de facto, um regime laboral distinto do de grande parte dos trabalhadores”.

Porém, admitiu ser possível ir mais além na valorização destes trabalhadores. “Não há nada decidido. Foi apresentada uma proposta que nada tem a ver com a proposta que tinha sido apresentada (…). Temos um período de 30 dias para falarmos com os nossos associados, percebermos se esta proposta é exequível e depois virmos aqui discutir os pormenores de um quadro geral que nos foi aqui apresentado”, reiterou.

Por sua vez, o antigo vice-presidente do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), Pedro Pardal Henriques, notou que a Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias veio para este encontro “disposta a negociar”, cedendo em vários pontos.

“Chegámos aqui a algumas coisas muito importantes, nomeadamente, relativamente à carga horária que estava sobre estas pessoas, passando a respeitar os horários de trabalho como os de qualquer outro trabalhador”, referiu.

Em declarações ao jornal i, Pedro Pardal Henriques disse que a discussão “correu muito bem” e que “superou as expectativas”. Segundo o antigo vice-presidente do sindicato, os motoristas, “em principio, em janeiro de 2020 estarão a fazer descontos sobre os 1400 euros, em 2021 sobre os 1550 euros, e em 2022 sobre 1790 euros”.

Por outro lado, a ANTRAM comprometeu-se a “verificar as questões relacionadas com o seguro de saúde” e no que diz respeito às questões pecuniárias “foi chegado a um valor que se aproxima muito” do que havia sido pedido, garantiu o sindicato.

Desta forma, ficou, para já, afastado um novo cenário de greve, prometido pelo SNMMP na última reunião com a ANTRAM, caso a associação não se pronunciasse esta terça-feira sobre as reivindicações dos motoristas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

3.800 euros por mês. Genebra aprova o primeiro salário mínimo (e é o mais alto do mundo)

Os habitantes de Genebra, na Suíça, aprovaram, este domingo, a proposta de um salário mínimo de 23 francos suíços por hora (equivalente a cerca de 21,30 euros) para todos os que trabalham na cidade. De acordo …

No day after do debate caótico, Biden pede regras rígidas e Trump queixa-se do moderador

O debate caótico entre Donald Trump e Joe Biden motivou críticas generalizadas que suscitam dúvidas sobre se será de manter os outros dois debates ou se, mantendo-os, será necessário alterar as regras. Um dia após a …

OE2021. Pontas soltas, alguns avanços e uma certeza: se houver entendimento, há acordo por escrito

Se houver entendimento em algumas matérias com o Bloco de Esquerda e o PCP, haverá um "compromisso escrito", adiantou Duarte Cordeiro, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares. Em entrevista ao podcast Política com Palavra, do PS, …

Covid-19. Hospitais da região de Lisboa pedem camas uns aos outros

Os hospitais da região de Lisboa e Vale do Tejo continuam a bater à porta uns dos outros a pedir camas para internar doentes com covid-19. Segundo a edição desta quinta-feira do jornal Público, os …

Vinícius perto do Tottenham de Mourinho

O avançado brasileiro deverá ser confirmado como reforço do Tottenham ainda esta quinta-feira, saindo do Benfica por empréstimo e com opção de compra que ronda os 40 milhões de euros. De acordo com o jornal Record, …

Navalny acusa Putin de estar por trás do seu envenenamento

O líder da oposição russa, que já deixou o hospital alemão onde estava a ser tratado, acusou o Presidente do país de ser a pessoa responsável pelo seu envenenamento. "Afirmo que Vladimir Putin está por trás …

Vírus está fora de controlo no Reino Unido, admitem peritos britânicos

Os especialistas britânicos de saúde pública admitem que o país está a ir na direção errada, à medida que o número de internamentos escala. Esta quarta-feira, os especialistas de saúde pública do Reino Unido admitiram que …

Soares reforça equipa que não venceu qualquer jogo na liga

Avançado brasileiro deixa o campeão português para representar uma equipa que ficou no último lugar do campeonato chinês deste ano. A mudança já era esperada e agora foi confirmada: Soares já não faz parte do plantel …

PJ investiga segunda morte no SEF do aeroporto de Lisboa. Espancamento de Ihor durou 20 minutos

A Polícia Judiciária está a investigar uma eventual segunda morte no Centro de Instalação Temporária além da de Ilhor Homenyuk, o ucraniano que morreu em março após agressões de três inspetores do Serviço de Estrangeiros …

Brexit. Bruxelas abre processo de infração contra Reino Unido por lei polémica

A Comissão Europeia decidiu esta quinta-feira instaurar um procedimento de infração contra o Reino Unido por causa de uma proposta de lei controversa que anula parcialmente o Acordo de Saída do Reino Unido da União …