Afinal, o mítico “motor impossível” é mesmo impossível

NASA

O protótipo da EM Drive de Roger Shawyer

O famoso EM Drive é um fracasso. Esta é a conclusão de uma equipa de físicos que testou o polémico sistema de propulsão sem combustível que cria impulso sem necessidade de expulsão de gases, violando a terceira lei de Newton.

Investigadores da TU Dresden, na Alemanha, criaram a sua própria réplica do EM Drive e analisaram a quantidade de força produzida sob várias condições, tendo descoberto que o dispositivo estava a produzir algo mesmo quando, teoricamente, não deveria. Quando apresentaram os resultados na Associação Aeronáutica e Astronáutica da conferência de Propulsão Espacial, em França, os físicos admitiram que algo estava a afetar o sistema.

Para resolver o mistério, penduraram a réplica do sistema de propulsão no vácuo e mediram o movimento com um laser. Os cientistas descobriram que, mesmo se revertessem o campo ou reduzissem a potência, o motor continuava a comportar-se como se estivesse a produzir aproximadamente a mesma quantidade de força.

O conceito de um propulsor eletromagnético como o EM Drive, inventado pelo cientista britânico Roger Shawyer, é baseado na ideia de converter diretamente micro-ondas eletromagnéticas em energia elétrica propulsora, sem necessidade de expulsão de gases.

Mas, agora, os físicos contam uma história diferente: a história de um pequeno motor que não o deveria ser. Um sistema de propulsão que parece contradizer a própria física que o explica.

O EM Drive não deveria mover-se através do espaço vazio (a menos que algum tipo de massa o estivesse a empurrar). No entanto, já em 2001, os dispositivos baseados neste mesmo conceito pareciam estar a fazer o impossível, produzindo uma força no vácuo.

Ainda assim, a promessa distante de um motor que poderia acelerar lentamente um objeto em direção à velocidade da luz sem sobrecarregá-lo tem sido demasiado convincente para ser ignorada. Aliás, se estes efeitos pudessem ser extrapolados, o sistema podia permitir alcançar planetas próximos numa questão de semanas.

No ano passado, houve rumores de que cientistas estariam a realizar testes no dispositivo, na esperança de que houvesse uma falha nas leis da física que permitisse a revolução nas viagens espaciais. Embora ainda haja mistérios por resolver, a ideia do estranho empurrão parece que não será útil nas futuras viagens espaciais.

Ainda assim, os físicos que realizaram a experiência, cujos resultados foram publicados e apresentados, estão confiantes de que a pequena quantidade de força provém de fora do dispositivo e não do EM Drive.

Os investigadores acreditam que essa força é gerada pelo campo magnético da Terra quando atua no amplificador de micro-ondas. No futuro, haverá certamente mais trabalhos que irão tentar explicar o estranho comportamento do EM Drive.

 

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma brilhante ideia que é queimada por “cientistas” que se agarram a teorias com séculos sem permitirem nenhuma exceção. Em memória de Galileu e muitos outros temos que por em causa estes “cientistas”.

    • Podes muito facilmente pôr em causa estes cientistas quando conseguires pôr o tal motor a funcionar!!…
      Até lá, deixa-te estar caladinho!…

      • Se tivesses lido a noticia, verificavas que os tais “cientistas” não dizem que o motor não funciona.
        Mas obrigado pelo teu, Eu!…

RESPONDER

Bruxelas pede que Portugal e outros 21 países acabem com capturas acidentais de golfinhos

A Comissão Europeia enviou hoje cartas aos ministros do Mar de Portugal e de outros 21 Estados-membros da União Europeia (UE) a pedir solução para as capturas acidentais de golfinhos e outros animais marinhos nas …

Trump vê condenação de Harvey Weinstein como "uma grande vitória"

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse hoje que a condenação por crimes sexuais do ex-produtor Harvey Weinstein constitui uma "mensagem muito forte". "Considero que do ponto de vista das mulheres (...) é uma grande …

Viúva de Kobe Bryant avança para tribunal contra empresa que operava helicóptero

Vanessa Bryant avançou com uma ação por homicídio involuntário contra a empresa que operava o helicóptero que caiu, causando a morte do seu marido, Kobe Bryant, da filha Gianna e de outras sete pessoas. A queixa …

Covid-19: Confirmado primeiro caso de infeção na Catalunha

A Espanha anunciou hoje o primeiro caso de infeção pelo novo coronavírus na Catalunha, subindo assim para quatro o número de infetados em território espanhol. Os pormenores sobre este novo caso agora na comunidade catalã serão …

Traficante perde códigos de contas com 53,6 milhões de euros em bitcoins

Um traficante irlandês, que acumulou uma fortuna de 55 milhões de euros em bitcoins, perdeu os códigos para aceder às contas depois de os esconder no estojo onde estava guardada a sua vara de pescar, …

Morreu Katherine Johnson, a matemática que ajudou a levar o Homem à Lua

A matemática norte-americana Katherine Johnson, que trabalhou para a agência espacial norte-americana (NASA), morreu esta segunda-feira aos 101 anos. A informação foi avançada no fim da tarde desta segunda-feira pelo administrador da NASA, Jim Bridenstine, …

Asia Bibi quer obter asilo político em França

A cristã paquistanesa Asia Bibi, condenada à morte por blasfémia em 2010 e absolvida oito anos depois, antes de se refugiar no Canadá, referiu esta segunda-feira pretender obter asilo político em França. Asia Bibi disse à …

Covid-19. Itália com 50 novos casos e Portugal com novo suspeito

Em Portugal, a DGS confirmou um novo caso suspeito de infeção. Por sua vez, as autoridades italianas anunciaram a existência de 50 novos casos de infetados com Covid-19. A Direção-Geral de Saúde confirmou, esta terça-feira, …

Benfica também está interessado em Rúben Amorim

O Benfica junta-se ao Sporting na corrida pela contratação do treinador do Sporting de Braga, Rúben Amorim. O jovem técnico tem impressionado ao serviço dos bracarenses. Depois de se falar do interesse do Sporting CP em …

15 anos após gravação sem autorização, Estado condenado a indemnizar Sá Fernandes

O Tribunal Europeu dos Direitos do Homem condenou o Estado português a pagar uma indemnização de 3 mil euros ao advogado Ricardo Sá Fernandes. Em causa está um acórdão assinado pelo juiz Rui Rangel em …