Motor da avioneta que matou duas pessoas na praia parou 4 minutos após descolar

André Kosters / Lusa

O motor da avioneta que aterrou de emergência numa praia da Costa de Caparica, em Almada, provocando dois mortos, parou 4 minutos após a descolagem, momento em que a aeronave “foi atingida por uma corrente ascendente muito forte”.

A descrição consta de uma nota informativa do acidente do Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários, a que a Lusa teve  acesso, a qual acrescenta que o instrutor “efetuou várias tentativas de arranque do motor” até à aterragem de emergência, mas “sem sucesso”.

O Cessna 152 descolou do Aeródromo Municipal de Cascais às 15:42 de 02 de agosto, com destino a Évora, para realizar um voo de treino de navegação por instrumentos. A bordo seguiam o instrutor, de 56 anos, e um aluno.

“Às 15:46, durante o cruzamento do Rio Tejo, a aeronave foi atingida por uma corrente de ar ascendente muito forte. Nesse momento o motor falhou e parou de funcionar. O instrutor efetuou várias tentativas de arranque do motor e ao mesmo tempo assumiu a operação da aeronave, reduzindo a velocidade para uma perda de energia potencial baixa e tentou alcançar um ponto possível para uma aterragem de emergência”, refere o GPIAAF.

A nota informativa conta que, “mantendo a velocidade e a razão de descida constante, o instrutor conseguiu voar a aeronave para uma aterragem de emergência na faixa de areia da praia de São João, que, no momento, estava repleta de banhistas“.

“A aeronave aproximou-se silenciosamente e a tripulação, por meio de acionamento das luzes, procurou chamar a atenção das pessoas na praia. O instrutor, até à aterragem de emergência, tentou arrancar o motor sem sucesso“, sublinha a nota informativa.

No momento da aterragem de emergência, o avião ligeiro saltou, “pelo menos, 3 vezes” e “embateu em duas pessoas” que faleceram no local. As vítimas são um homem de 56 anos e uma menina de oito anos. O instrutor e o aluno saíram ilesos e pelos próprios meios do interior da avioneta.

Os dois tripulantes ficaram sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência, depois de ouvidos no dia seguinte ao acidente por uma procuradora do Ministério Público, no tribunal de Almada, na qualidade de arguidos.

Nesse dia a Procuradoria-Geral da República emitiu um comunicado, no qual informava que piloto e aluno “incorrem na eventual prática de crime de homicídio por negligência”, acrescentando que o inquérito judicial se encontra em segredo de justiça.

Na nota informativa, o GPIAAF reitera que a investigação de segurança a seu cargo “visa unicamente identificar os fatores causais e contributivos envolvidos nos acidentes, com vista à eventual emissão de recomendações para prevenção e melhoria da segurança da aviação civil”.

Este organismo sublinha que a sua investigação “é independente e distinta de quaisquer processos judiciais ou administrativos que visem apurar culpas ou imputar responsabilidades”.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Eduardo Cabrita diz que polícias compram equipamento "porque querem"

O ministro da Administração Interna afirmou que os agentes policiais que compram equipamento de proteção do seu próprio bolso fazem-no porque o querem. Numa entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, divulgada este fim-de-semana, o …

Chuva deixa Austrália entre incêndios e cheias. Número de mortos sobe para 29

A chuva trouxe algum alívio aos bombeiros e habitantes do leste da Austrália, mas também causou cheias e novos problemas. As equipas ainda combatem cerca 100 focos de incêndio na região e o número de …

Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira). No final …

Juiz pede escusa do caso dos emails por ser adepto do Benfica

O juiz desembargador apresenta vários motivos para pedir escusa do processo, nomeadamente por ser "sócio do Benfica desde 1968". De acordo com o jornal Público, Eduardo Pires, juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto (TRP), …

Afinal, Irão já não vai pedir ajuda para analisar caixas negras do avião

O Irão recuou na intenção de enviar para análise as gravações da caixa negra do avião ucraniano, que abateu acidentalmente na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais, revelou a agência noticiosa iraniana. Citado …

Bruno Fialho sucede a Marinho e Pinto na liderança do PDR

Bruno Fialho é o novo presidente do Partido Democrático Republicano (PDR), ao obter 75% dos votos na eleição deste sábado para escolher o sucessor de António Marinho e Pinto, que anunciou o abandono do cargo …

Legislador russo culpa "arma climática" dos EUA pelo inverno quente de Moscovo

Alexei Zhuravlyov, membro da câmara baixa do Parlamento da Rússia (Duma), culpou uma alegada "arma climática" secreta dos Estados Unidos pelas anómalas temperaturas que se fizeram sentir este inverno em Moscovo.  Em declarações à estação de …

Nova espécie de louva-a-deus empala as suas presas como se fossem fondue

O Carrikerella simpira, uma nova espécie de louva-a-deus, caça as suas presas perfurando-as de um lado ao outro com as suas patas em forma de tridente. Cientistas descobriram uma nova espécie de louva-a-deus com uma característica …

Astrónomos descobrem que o fósforo foi gerado na formação de estrelas

Astrónomos descobriram que o fósforo, elemento químico essencial à vida, se constituiu durante a formação de estrelas e sugerem que chegou à Terra através de cometas. Uma equipa de astrónomos detetou monóxido de fósforo na região …

Nova máquina repara e mantém fígados vivos fora do corpo humano durante uma semana

Um novo sistema consegue manter um fígado humano vivo fora do corpo durante sete dias, período no qual o órgão danificado pode ser reparado e preparado para o transplante. As tecnologias convencionais conseguem sustentar um fígado …