Mortalidade infantil na Faixa de Gaza subiu pela primeira vez em meio século

aarongilson / Flickr

-

A mortalidade infantil aumentou na Faixa de Gaza pela primeira vez em 50 anos, disse à Efe o diretor de Saúde da Agência da ONU para os Refugiados Palestinianos, para quem o bloqueio israelita pode ser uma das causas.

O número de bebés que morre antes de completar um ano diminuiu em Gaza durante décadas – assim como no resto da região – mas, segundo o último estudo do ACNUR, a taxa aumentou entre 2008 e 2013.

Em 1960 morriam na Faixa de Gaza 127 bebés em cada mil. Em 2008 o valor baixou para 20,2 bebés em cada milhar, mas aumentou para 22,4 no ano de 2013, segundo os dados mais recentes.

A mortalidade neonatal, de bebés que falecem antes de completarem um mês de vida, também aumentou de 12 em cada mil em 2008 para 20,3 por cada mil no passado 2013.

“Estamos muito preocupados com o resultado do estudo. Uma tendência inversa na taxa de mortalidade é algo extremamente pouco comum. Independentemente do motivo, os recém-nascidos não têm culpa, têm direito a viver em paz e prosperidade”, disse Akihiro Seita, ao telefone a partir de Amã.

Este especialista associa o aumento da mortalidade infantil, especialmente a neonatal, com a deterioração dos cuidados hospitalares.

“O maior aumento das mortes foi registado antes do nascimento ou devido a nascimentos prematuros ou malformações congénitas, que necessitam de cuidados especiais”, explica.

Seita garante que a Agência da ONU para os Refugiados Palestinianos “está muito preocupada com o impacto do bloqueio a longo prazo sobre as instalações de saúde, a chegada de medicamentos e de equipamentos médicos a Gaza”, embora admita que “cientificamente é muito difícil demonstrar” a relação do bloqueio com a tendência negativa da taxa de mortalidade infantil.

O que de facto está claro, garante, é que os dados sobre a mortalidade mostram “a deterioração da situação geral de bem-estar na Faixa de Gaza, de que o bloqueio é uma das maiores causas”.

A Agência da ONU para os Refugiados Palestinianos realiza este estudo de cinco em cinco anos, mas devido aos resultados registados, vai repeti-lo no próximo ano em Gaza.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Surtos em lar e infantário fazem 38 infetados nas Caldas da Rainha

Dois surtos de covid-19 foram detetados num lar e num infantário nas Caldas da Rainha, com um total de 38 pessoas infetadas, cinco das quais crianças, confirmou este domingo à agência Lusa o presidente da …

Mais seis mortes e 232 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, nesta segunda-feira, mais seis mortes por covid-19 e mais 232 novos casos, dos quais 195 na região de Lisboa e Vale do Tejo. O boletim epidemiológico desta segunda-feira, divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), …

Quebras no turismo triplicam desemprego no Algarve

O desemprego no Algarve aumentou mais de 200% em maio para quase 28 mil desempregados, atingindo sobretudo o setor da hotelaria, que desespera pela chegada de turistas para atenuar o "golpe" de quase três meses …

Marques Mendes elogia "voz independente" de Medina (e diz que a TAP pode ser um crematório político)

Luís Marques Mendes elogiou neste domingo as críticas que o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, fez ao combate à pandemia, considerando ainda que a resolução da TAP, que culminou na saída de David …

O “Grenadier” já não vai ser português. Fabricante automóvel Ineos desiste de fábrica em Estarreja

A INEOS Automotive, empresa do ramo automóvel, transmitiu à Câmara de Estarreja que vai suspender o investimento de 300 milhões de euros numa fábrica no concelho, revelou este domingo fonte municipal. "A empresa transmitiu à Câmara …

Grécia e Austrália recuam na abertura de fronteiras. Marrocos isola cidade após recorde de casos

Grécia e Austrália anunciaram neste fim-de-semana um recuo na abertura das suas fronteiras, enquanto que Marrocos isolou uma cidade após um número recorde de novas infeções de covid-19 registadas em 24 horas. A Grécia anunciou …

Dinheiro dos pobres usado para "vida de luxo". Presidente, mulher e filha da Mão Amiga acusados

O presidente da Associação Mão Amiga, em Gulpilhares, Vila Nova de Gaia, a mulher e a filha foram acusados pelo Ministério Público (MP) de usarem o dinheiro da instituição para pagarem uma "vida de luxo". …

Fisco tem por cobrar 15 mil milhões de euros em impostos

O Jornal Económico escreve esta segunda-feira que a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) tem por cobrar 14.919 milhões de euros em impostos. De acordo com o diário de economia, mais de metade da dívida dos contribuintes está …

"Armada espanhola" assegura 70% do mercado das obras públicas em Portugal

As empresas espanholas estão a assegurar 70% do mercado das obras públicas em Portugal, escreve esta segunda-feira o jornal Público, citando uma análise ao Portal Base, às obras públicas acima de sete milhões de euros No …

"Oitavos" da Liga dos Campeões não vão ser jogados em Portugal

A UEFA cedeu à pressão dos clubes e decidiu que os encontros da segunda mão dos oitavos-de-final vão ser disputadas nos respetivos estádios dos clubes. Os encontros por jogar relativos aos oitavos-de-final da Liga dos Campeões …