Morreu aos 32 anos Tengarrinha, ex-jogador de FC Porto e Boavista

Boavista Futebol Clube / Facebook

Tengarrinha

Bernardo Tengarrinha, ex-capitão do Boavista.

Bernardo Tengarrinha, ex-futebolista de FC Porto, Boavista e Vitória de Setúbal, morreu, neste sábado, aos 32 anos. O antigo atleta lutava contra um cancro desde 2017.

Tengarrinha “piorou nos últimos meses” e acabou por perder a batalha contra um linfoma de Hodgkin, um cancro do sistema linfático, como apurou o Maisfutebol.

O ex-jogador anunciou a suspensão da carreira desportiva em 2017 depois de ter sido diagnosticado com este tipo de cancro que é semelhante à leucemia. Nessa altura, estava em vias de assinar com um clube romeno.

O seu último jogo foi em 2016, altura em que vestia a camisola do Boavista, onde foi capitão de equipa.

Entre 2018 e 2020, Tengarrinha chegou a trabalhar como treinador adjunto dos sub-23 do Vitória de Setúbal, outro clube onde jogou. Mas acabou por ter que afastar-se devido à doença.

Era, actualmente, embaixador do Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) para a Saúde Mental.

No seu currículo de jogador inclui-se a passagem pelas camadas jovens do Benfica.

O FC Porto contratou-o em 2005 e chegou a jogar pela equipa principal dos dragões na Taça de Portugal.

Tengarrinha também jogou no Estrela da Amadora, no Olhanense, no Santa Clara, no Freamunde e no Desportivo de Chaves. E ainda teve uma aventura no estrangeiro, no CSKA Sofia da Bulgária.

A sua morte chega no dia em que dois dos clubes mais importantes do seu percurso, o Boavista e o FC Porto, se defrontam num dérbi para o campeonato. Os dois emblemas vão prestar-lhe uma homenagem no relvado, mas já o fizeram nas redes sociais.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE