Morreu o pugilista Pernell Whitaker. O campeão olímpico foi vítima de atropelamento

O pugilista norte-americano Pernell Whitaker morreu atropelado este domingo em Virginia Beach, aos 55 anos. O atleta foi atingido mortalmente quando atravessava a estrada num cruzamento, durante a noite.

Num comunicado enviado ao Guardian, o Departamento de Polícia de Virginia Beach explicou que, “quando os agentes chegaram ao local, localizaram uma vítima do sexo masculino, adulta, que havia sido atropelada por um veículo”. A vítima “sucumbiu aos ferimentos no local”, noticiou o Observador na segunda-feira.

Pernell Whitaker ganhou quatro campeonatos do mundo de pugilismo, incluindo uma medalha de ouro olímpica na categoria de peso ligeiro. De pugilista amador passou a atleta profissional reconhecido mundialmente, sobretudo nos anos 80 e anos 90.

Tinha apenas 1,68 metros, era canhoto e para a história ficam as batalhas frente a Julio César Chávez e Oscar de la Hoya, recordou o Marca. Reformou-se em 1999, após uma luta com Felix Trinidad.

A família já confirmou a morte de Pernell Whitaker. A filha Dominique escreveu em comunicado: “Quero informar a todos que hoje perdemos uma lenda, um dos melhores campeões do boxe, o meu pai Pernell ‘Sweet Pea’ Whitaker”.

O filho do atleta também já reagiu: “Era um gajo porreiro. É tudo o que posso dizer sobre ele. Não posso realmente dizer como estou me estou a sentir porque ainda estou em choque. Ainda estou a tentar processar tudo o que está a acontecer. Mas ele era um gajo fixe”, disse ao Virginia Pilot.

  TP, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.