Morreu o líder do Boko Haram. Ter-se-á suicidado para não ser capturado

3

Boko Haram Propaganda / YouTube

Abubakar Shekau,

O líder do Boko Haram ter-se-á suicidado para não ser capturado por combatentes do Estado Islâmico da Província da África Ocidental.

O Estado Islâmico da Província da África Ocidental (ISWAP) avançou num áudio, ao qual a agência Reuters teve acesso no domingo, que Abubakar Shekau, líder do Boko Haram, estava morto, conta a cadeia televisiva CNN.

O líder deste grupo terrorista que atua na Nigéria morreu por volta do dia 18 de maio, depois de detonar um explosivo quando estava a ser perseguido por combatentes da ISWAP após um combate, pode ouvir-se na gravação, que alegadamente foi feita por Abu Musab al-Barnawi, líder da ISWAP.

“Shekau preferiu a humilhação na vida após a morte à humilhação na Terra. Matou-se disparando um explosivo“, disse al-Barnawi.

De acordo com a estação televisiva norte-americana, um relatório da inteligência nigeriana partilhado por um funcionário do Governo e investigadores do Boko Haram também já confirmaram que Shekau morreu.

Segundo analistas políticos, a sua morte poderá levar ao fim da rivalidade entre os dois grupos, permitindo que a ISWAP absorva os combatentes do Boko Haram e consolide o seu domínio no nordeste da Nigéria.

Em 2014, o Boko Haram sequestrou mais de 270 estudantes da cidade de Chibok, o que desencadeou uma campanha global apelidada de #BringBackOurGirls. Atualmente, cerca de 100 raparigas continuam desaparecidas e acredita-se que algumas tenham morrido em cativeiro.

  ZAP //

3 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE