Morreu Haidar, o menino de 9 anos preso num poço no Afeganistão

4

Abdullah Azzam / Twitter

Escavações da missão de resgate a Haidar.

Morreu Haidar, o menino de nove anos que estava, desde terça-feira, preso num poço com 25 metros de profundidade, na província de Zabul, no sudoeste do Afeganistão.

“Infelizmente, o Haidar deixou-nos para sempre”, escreveu Anas Haqqani, conselheiro do Ministério do Interior afegão e membro do governo talibã. “Este é mais um dia de luto e dor para o nosso país”.

Em declarações à AFP, o pai de Haidar conta que o menino caiu no poço quando estava a tentar “ajudar” os adultos a cavar um novo furo para abastecer de água a aldeia, que atravessa um devastador período de seca.

A operação de resgata decorria ainda na manhã desta sexta-feira. Às 7h locais, Haidar estava a “poucos centímetros de distância”.

“Mexeu a a mão há algum tempo, mas agora está sem sentidos. Dois helicópteros estão prontos para o levar rapidamente para Cabul depois de ser retirado.
Orações”, escreveu no Twitter Abdullah Azzam, secretário do vice-primeiro ministro, citado pelo Observador.

Quatro horas depois, o menino de nove anos foi retirado do poço, ainda com vida. No entanto, poucos minutos depois, às 11h02 no Afeganistão, foi anunciada a morte da criança.

“O Haidar já não está entre nós. ‘Pertencemos a Alá e a Ele regressamos’. Haidar deixou-nos com o coração partido”, escreveu Abdullah Azzam.

Este episódio acontece apenas duas semanas depois de, em Marrocos, um menino de cinco anos também ter caído a um poço e ter sido resgatado sem vida. Rayan esteve quatro dias preso num poço de 32 metros.

  Daniel Costa, ZAP //

4 Comments

  1. Não teria dito melhor. Ao que parece esse tipo está sempre muito ocupado…
    Felizmente para ele não tem problemas com os adeptos como os treinadores do Benfica. Por mais que falhe, aos adeptos não lhes diminui a fé! Já os treinadores do glorioso….

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.