Morreu Carmen Franco, filha do antigo ditador espanhol

Jose Huesca / EPA

Carmen Franco, a única filha do ditador espanhol Francisco Franco

A única filha do ditador espanhol Francisco Franco morreu, esta sexta-feira, na sua casa, em Madrid, aos 91 anos de idade, vítima de um cancro em fase terminal.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Carmen Franco y Polo morreu, esta sexta-feira, aos 91 anos de idade, na sua casa, em Madrid. A informação foi anunciada pelo neto, Luis Alfonso de Borbón, nas redes sociais.

“Deus levou Man, mas ela não se foi embora verdadeiramente: estará sempre no meu coração. Viveu durante 91 anos, deixando uma recordação fabulosa a todos os que a conheceram e deixando em mim um vazio enorme”, escreveu.

“Querida Man, serás sempre a minha super avó, a minha segunda mãe, um dos meus pilares e o meu exemplo a seguir (foste uma grande cristã, com muitos valores e muito bondosa, gostavas muitos de viajar e descobrir outros lugares, eras das pessoas mais cultas que conheci, com uma grande memória e sempre informada sobre tudo)”, continua.

“Partilhámos interesses como desfrutar a Natureza e ver a Seleção espanhola ou o Real Madrid a jogar, impressiona-me a grande senhora que sempre foste, com o teu saber estar, elegância, integridade, serenidade, alegria, paciência, sinceridade, força e mente aberta. Se tivesse que definir-te, repetiria aquilo que diz o meu primo: ‘Man é Man’”.

A única filha do antigo ditador espanhol, Francisco Franco, já tinha anunciado numa entrevista, a 18 de novembro, que padecia de um cancro terminal.

Franco foi um dos impulsionadores do movimento militar contra a Segunda República Espanhola, em 1936, e, quando acabou a Guerra Civil (1936-1939), instaurou uma ditadura que durou até 1975, ano da sua morte.

Carmen viveu sempre na sombra do pai, cujo legado procurou sempre proteger. Em 1950, casou com o Marquês de Villaverde, Cristóbal Martínez-Bordiú, com quem teve sete filhos. Era portadora do DNI (cartão de identificação) número 3. O número 1 pertencia ao seu pai e o número 2 era o da mãe, Carmen Polo.

  ZAP // RT

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.