Montenegro tem a máquina montada. O “Centeno de Rio” vai coordenar moção

2

O ex-líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro

Joaquim Miranda Sarmento, presidente do Conselho de Estratégia Nacional e o homem das finanças de Rui Rio, vai coordenar a moção de estratégia global que Luís Montenegro vai levar ao Congresso do PSD.

O presidente do Conselho de Estratégia Nacional (CEN), Joaquim Miranda Sarmento, vai coordenar a moção de estratégia global de Luís Montenegro, avança o Expresso esta sexta-feira.

Aquele a quem Rui Rio chamou “Centeno do PSD” foi uma aposta forte do atual líder social-democrata na campanha para as legislativas de 2019.

A candidatura de Montenegro vai também contar com Carlos Coelho, “formador” de quadros do PSD e ex-eurodeputado que Rio relegou para lugar não elegível, que assumirá o papel de diretor de campanha.

O antigo eurodeputado não apoiou publicamente nenhuma candidatura nos últimos anos. Em 2019, ficou “desapontado” por Rio o ter colocado em sétimo lugar na lista das europeias, tendo falhado a eleição.

Montenegro conta, assim, com duas figuras fortes do rioísmo. “As pessoas já não ouvem Rui Rio, é passado. E, agora que já há Governo e Parlamento, a democracia merece que haja um líder da oposição”, disse uma fonte montenegrista ao semanário.

Na próxima semana, Luís Montenegro deverá dirigir-se aos militantes do PSD através de uma carta, sendo expectável que apresente publicamente a sua candidatura entre quarta e sexta-feira.

O candidato, agora assumido, escolheu a passada terça-feira para tornar público o que há muito se esperava. O calendário coincidiu com a tomada de posse da nova Assembleia da República e não foi um mero acaso: o objetivo era ficar “simbolicamente” associado ao novo ciclo político.

  Liliana Malainho, ZAP //

2 Comments

  1. Oh tempo que está montada… o Rui Rio que o diga…
    Se entretanto aparecer o BigMac (o mafiso de Valongo que chegou a ser o n2 do PSD no tempo do Passos) está tudo dito…

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.