Há quem peça o boicote da nova moeda do Brexit (e tudo por causa de uma vírgula)

(h) Her Majesty's Treasury / EPA

A moeda de 50 pence, cunhada para assinalar o Brexit, está no centro de uma controvérsia: tudo por causa da suposta ausência da vírgula de Oxford.

A discórdia no Reino Unido está lançada e a culpa é da nova moeda de 50 pence (cerca de 60 cêntimos). A moeda que celebra o Brexit, e que entrou em circulação esta sexta-feira, está a ser alvode críticas pela alegada falta de um vírgula.

A frase “Peace, Prosperity and Friendship with all nations” (“Paz, prosperidade e amizade com todas as nações”), presente na coroa da moeda, é o centro da questão.

Muitos criticam a omissão da vírgula a seguir a “Prosperity”. Em inglês, a chamada vírgula de Oxford, ou Oxford comma, coloca-se antes de conjunções (como “e”) em listas. No caso da moeda do Brexit, ela está ausente.

A controvérsia foi lançada pelo escritor Philip Pullman que, no último domingo, escreveu um tweet no qual se lia que faltava “uma vírgula de Oxford na moeda de 50p do Brexit” e, por isso, deveria “ser boicotada por toda a gente alfabetizada”.

Um porta-voz da Royal Mint, a casa da moeda do Reino Unido, disse ao The Telegraph que a instituição respeita “a visão dos que sugerem que devesse constar uma vírgula adicional”, mas que, no caso em questão, foi acordado que “a mensagem na moeda é apropriadamente veiculada conforme foi finalizada”.

No entanto, segundo o Público, este não é o único motivo que leva as pessoas a quererem boicotar a nova moeda: os remainers, aqueles que desejariam continuar na União Europeia, já começaram a expressar o seu desagrado.

Também no Twitter, Alastair Campbell, jornalista e antigo diretor de comunicação do ex-primeiro-ministro Tony Blair, escreveu: “Vou pedir aos lojistas por ‘duas moedas de 20p e uma de 10’ se me oferecerem uma de 50p, a fingir que o Brexit trata de ‘paz, prosperidade e amizade com todas as nações’, quando põe as três em xeque.”

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Pessoas exigentes são assim…
    Percebo que os portugueses não entendam, talvez se fizer uma comparação futebolistica lá cheguem, coisa que não me vou rebaixar a fazer.

RESPONDER

Catorze detidos nos novos protestos em Barcelona a favor de Pablo Hasél

Pelo menos 14 pessoas foram detidas pela polícia catalã, este sábado, durante os distúrbios que se seguiram a mais uma manifestação em Barcelona a reclamar a libertação do rapper Pablo Hasél. Segundo o jornal Público, pelo …

Procuradores avançam para tribunal contra nomeações de chefias

O Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) está envolvido numa nova polémica, depois do concurso que culminou na indigitação de José Guerra para a Procuradoria Europeia. Segundo avança o Jornal de Notícias, este domingo, um concurso para …

A partir de segunda-feira, eletrodomésticos vão ter novas etiquetas energéticas

As organizações não-governamentais ambientalistas saúdam as novas etiquetas energéticas, que entram em vigor esta segunda-feira, mas pedem “mais atenção” ao consumidor e “maior rapidez” na reclassificação de “mais produtos”. Em comunicado, a cooligação Coolproducts, um grupo …

Depois do balde de água fria da pandemia, Israel vai ficar melhor do que nunca. Tudo pelos turistas

Israel está fechado em casa e viajar para este país não faz parte dos planos de muitas pessoas. No entanto, este período de acalmia pode mesmo ser o melhor momento para planear uma viagem - …

Menos 1,3 milhões de consultas nos hospitais e menos 151 mil cirurgias em 2020

No ano em que a pandemia chegou a Portugal, houve menos 151 mil cirurgias e menos 1,3 milhões de consultas nos hospitais públicos. A covid-19, que chegou a Portugal a 2 de março de 2020, obrigou …

Várias escolas de Tóquio pedem "certificados de cabelo real" aos alunos

As escolas japonesas são conhecidas pela sua rigidez relativamente à aparência dos seus alunos, tanto que os estudantes que não seguem o padrão de "cabelo liso e preto" têm de apresentar provas. Dados divulgados, esta semana, …

UE estima normalidade nas vacinas daqui a duas semanas. Orbán recebeu vacina chinesa

A União Europeia (UE) estima que dentro de duas a três semanas "tudo vai funcionar normalmente" na produção e distribuição de vacinas nos Estados-membros. Entretanto, o primeiro-ministro húngaro já foi vacinado (mas com uma vacina …

"Os dados de milhões de pessoas estão em risco", alertam denunciantes da Amazon

Denunciantes da Amazon alertam que os dados de milhões de pessoas estão em risco devido à falta de preocupação da empresa com a cibersegurança. A par da Google, Apple, Microsoft e Facebook, a Amazon é uma …

Mais 41 mortes e 718 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal registou, este domingo, mais 41 mortes e 718 novos novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 718 …

Navalny chega a colónia penal a leste de Moscovo

O principal opositor do Kremlin chegou, este domingo, a uma zona a cerca de 200 quilómetros a leste de Moscovo para ser transferido para uma colónia penal onde vai cumprir a sua pena, informou um …