Passe único abre caminho a “modelo de transporte gratuito”

Eduardo Vítor Rodrigues / Facebook

Eduardo Vítor Rodrigues

Para Eduardo Vítor Rodrigues, presidente da Área Metropolitana do Porto (AMP), o apoio à redução da tarifa conduzirá a um novo modelo de transporte público gratuito que já começou a ser testado noutras cidades europeias.

O presidente da Área Metropolitana do Porto, Eduardo Vítor Rodrigues, manifestou-se esta quarta-feira convicto de que o passe único, medida em que “poucos acreditavam”, abre caminho à introdução de um modelo de transporte gratuito.

Em entrevista à Lusa, o autarca sublinha que o trabalho desenvolvido desde a Cimeira de Sintra colocou a redução da tarifa como ponto de partida para um trabalho de mudança de comportamento que, garante, não se consegue com um simples “estalar de dedos”.

“A preocupação não era apenas a tarifa e não é apenas a tarifa. Estamos no ano de 2019, em que serão lançados os concursos para as novas concessões de transporte e, portanto, havia aqui a possibilidade de juntar uma melhoria da tarifa com uma melhoria da qualidade da frota. Era um trabalho, eu diria, multifacetado que, na altura, muito pouca gente acreditava que pudesse surtir efeito, sobretudo pelo peso financeiro que tudo isto incorporava”, disse o presidente da AMP.

Para Eduardo Vítor Rodrigues, o apoio à redução da tarifa conduzirá a um novo modelo de transporte público gratuito já testado em outras cidades da Europa.

“O Governo entendeu, no Orçamento do Estado, incluir uma verba muito significativa, 105 milhões de euros, para começarmos este trajeto que eu acredito que começa agora, com o apoio à redução da tarifa e vai acabar daqui a 10/15 anos, com as grandes cidades a evoluir para ao transporte gratuito. É aqui que vamos acabar”, defendeu.

O presidente da AMP lembra que o estudo da mobilidade encomendado pelas duas áreas metropolitanas (Lisboa e Porto) ao Instituto Nacional de Estatística (INE) demonstra “cientificamente” que o número de veículos individuais a circular nas cidades tem aumentado de forma exponencial, enquanto a utilização do transporte público tem diminuído de forma “enorme”, muito por conta da falta de qualidade e fiabilidade da rede.

“Garantidamente com preços mais amigáveis e qualidade do transporte, não tenho dúvidas de que as pessoas preferirão usar o transporte público do que passar o inferno, que é o que passam neste momento nas travessias de Gaia para o Porto, do Porto para Gaia ou para Matosinhos. Têm-se transformado, a cada ano, num pesadelo a ponto de hoje ser muito difícil dizer o que é que é hora de ponta na nossa malha central”, explicou.

O também presidente da Câmara de Gaia salienta ainda que esta medida representa por si só um aumento da capacidade financeira das famílias, já que é superior “a qualquer aumento salarial que pudessem ter este ano, ou até somados alguns anos”.

A poucos dias da entrada em vigor do passe único, Eduardo Vítor Rodrigues desvalorizou as críticas de alguns autarcas do interior, considerando-as “injustas”. “Para realidades diferentes temos respostas políticas diferentes e é inquestionável que a questão dos transportes é, não diria uma exclusividade, mas pelo menos uma grande especificidade das áreas metropolitanas”, defendeu.

O passe único entra em vigor no dia 1 de abril. Nesta fase, a Área Metropolitana do Porto irá avançar apenas com o passe municipal de 30 euros, para viagens dentro do concelho ou até 3 zonas contíguas, e o passe metropolitano de 40 euros. O passe gratuito para crianças até aos 12 anos estará disponível a partir de setembro.

No âmbito do PART – Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos, a Área Metropolitana de Lisboa, que tem mais de 464 mil utilizadores dos transportes públicos, irá receber a verba maior, 74,8 milhões de euros, enquanto a Área Metropolitana do Porto, com 177,5 mil utilizadores, vai receber 15,4 milhões de compensação financeira.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Onde estão as provas?". Advogado de Brueckner diz que o seu cliente "nunca" irá a julgamento no caso de Maddie McCann

Friedrich Fulscher, advogado de Christian Brueckner, disse este domingo estar "certo" de que o seu cliente, suspeito do desaparecimento da menina britânica Madeleine McCann no Algarve, "nunca" chegará a julgamento. "Onde estão as provas? Porque que …

Detido proprietário de jornal de Hong Kong ao abrigo da lei de segurança nacional

A polícia de Hong Kong fez buscas, esta segunda-feira, ao grupo de comunicação social Next Media, considerado pró-democracia, pouco depois da detenção do seu proprietário, ao abrigo da lei de segurança nacional. Dezenas de agentes das …

Detetado surto de covid-19 em lar do Barreiro. Há pelo menos 47 infetados

Um surto de covid-19 no Lar São José, no Barreiro, contabiliza 47 casos positivos e dois internamentos de idosos, mas a "situação está controlada", disse, este domingo, o delegado de saúde adjunto regional de Lisboa …

Índia regista recorde diário de mortes. Reino Unido atinge marca negra

O novo coronavírus continua a alastrar-se um pouco por todo o mundo. Enquanto alguns países estão a conseguir lidar com a pandemia de covid-19, outros estão a fracassar nessa tarefa. Este domingo, no total, registaram-se 6.106 …

"Um disparate". Presidente nega envolvimento na vinda de Juan Carlos para Cascais

O Presidente da República afirmou que “qualquer pessoa minimamente inteligente e sensata” perceberia que o chefe de Estado não se poderia envolver na questão do rei emérito de Espanha, classificando essa ideia como um "disparate". Em …

Plano do hidrogénio vai sair "muito caro" aos portugueses

Os fundadores da Tertúlia Energia defendem que o plano do hidrogénio do Governo tem várias lacunas e vai custar "muito caro" aos consumidores portugueses. Num artigo publicado no jonal ECO, os fundadores da Tertúlia Energia, Abel …

Governo vai lançar plano para salvar empresas viáveis em dificuldades (e perdoar juros ao Fisco)

O Governo vai lançar um plano para salvar empresas viáveis que será um novo mecanismo temporário para ajudar empresas que se encontrem em situação económica difícil ou em insolvência devido à pandemia. O plano, que se …

Fábio Silva a prazo no Dragão. Avançado deverá sair por 40 milhões

Fábio Silva deverá abandonar o FC Porto dentro dos próximos dias. O jovem avançado permitirá um encaixe de 40 milhões de euros para os cofres portistas. A saída de Fábio Silva do FC Porto parece praticamente …

"Há filhos e enteados?". Marques Mendes arrasa decisão "inacreditável" de realizar festa do Avante

Luís Marques Mendes criticou este domingo a realização da festa do Avante, considerando "inacreditável" que a habitual festa comunista seja realizada no atual contexto da pandemia de covid-19 em Portugal. No seu habitual espaço de …

Varandas só tem espaço para 24 jogadores. Metade será de Alcochete

Com o intuito de reduzir custos, o presidente sportinguista, Frederico Varandas, diz que quer um plantel com 24 jogadores para a próxima época. Cerca de metade são produtos de Alcochete. Frederico Varandas pretende encurtar o plantel …