O mistério dos ovos de dinossauro desaparecidos pode ter sido desvendado

(dr) M. Ellison / AMNH

Ninho de Protoceratops com embriões dentro de ovos de casca mole

Os cientistas já fizeram várias descobertas sobre dinossauros, criaturas que habitaram o nosso planeta há cerca de 245 milhões de anos. No entanto, pouco se sabe sobre os seus ovos.

Mark Norell, paleontólogo e geneticista norte-americano, encontrou um ninho no deserto de Gobi, na Mongólia, que suscitou uma dúvida que permaneceu sem resposta durante 15 anos: todos os ovos de dinossauro tinham casca dura?

O ninho de Protoceratops (da mesma família dos Triceratops) continha seis embriões envoltos por uma fina película, sem que tivessem sido encontradas cascas fossilizadas.

“Nos últimos 20 anos, encontramos ovos de dinossauro em todo o mundo, que representam apenas três grupos. Encontramos também milhares de restos de dinossauros de outros grupos, mas nenhum resto de ovos. Porquê? Porque os ovos tinham casca mole, e acabamos de provar isso mesmo com este estudo”, disse Norell, citado pela Science.

Tal como as tartarugas, as cobras e os lagartos, os ovos de alguns dinossauros (como os Protoceratops e os Mosassauros) também tinham uma casca mole que não fossiliza, oferecendo pouca proteção contra predadores e contra o próprio clima.

Para provar esta teoria, Jasmina Wiemann, da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, analisou quimicamente a película que envolvia os embriões fossilizados de Protoceratops e descobriu que continha restos degradados de proteínas do ovo.

O uso de um banco de dados sobre ovos de 112 répteis e pássaros, tanto vivos como extintos, provou que ovos de casca dura e de casca mole têm proteínas que fossilizam de forma diferente. “As proteínas encontradas nos fósseis bebés de ProtoceratopsMosassauros combinavam com a de ovos de casca mole.”

O estudo, publicado recentemente na Nature, prova o motivo de muitos destes registos fósseis de ovos estarem “desaparecidos”: os primeiros dinossauros colocavam ovos moles. Segundo os cientistas, os ovos das primeiras gerações de dinossauros passavam pela decomposição antes sequer de fossilizarem.

Um segundo estudo, também publicado na Nature, relata que o primeiro fóssil de ovo de um Mosassauro, que uma equipa de paleontólogos encontrou na Antártida em 2011, foi agora definido como um ovo de casca mole e descrito como “uma bola de futebol murcha”.

O réptil pré-histórico, que viveu no final do período Cretáceo, não era classificado como um animal ovíparo. Por ser mole, a casca deste ovo, de quase 30 centímetros, sobreviveu quase sem se degradar.

Esta descoberta mostra que as forças da natureza podem ter conduzido a evolução da reprodução dos dinossauros, levando a que estas criaturas evoluíssem para uma nova forma de colocar ovos de casca mole, 10 milhões de anos depois do seu aparecimento.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Vacina deve ser um bem global de saúde pública". OMS critica "nacionalismo de vacinas"

A Organização Mundial de Saúde (OMS) criticou na quinta-feira o "nacionalismo de vacinas" para a covid-19, afirmando que qualquer país terá benefícios económicos e de saúde se o resto do mundo recuperar da pandemia. "O nacionalismo …

Depois da explosão, os protestos em Beirute. Manifestantes anti-Governo pedem mudança política urgente

Esta quinta-feira, dezenas de manifestantes foram dispersos com gás lacrimogéneo quando protestavam na sequência da explosão em Beirute, capital do Líbano, que provocou pelo menos 149 mortos, cinco mil feridos e a destruição de casas …

Em vez de flores, família de Fernanda Lapa pede donativos por Bruno Candé

A família da atriz, que faleceu esta quinta-feira, apela a que quem queira oferecer flores para o funeral faça antes um donativo para os herdeiros do ator Bruno Candé, que foi assassinado, em Lisboa. "A Família …

Orbán diz que todos os migrantes ilegais são potenciais "bombas biológicas"

O primeiro-ministro da Hungria, o ultranacionalista Viktor Orbán, defendeu esta sexta-feira que se deve impedir a chegada de imigrantes ilegais ao país porque estes são potenciais "bombas biológicas" devido à covid-19. Conhecido pelos seus discursos contra …

Donald Trump proíbe transações com empresa chinesa detentora do TikTok

Donald Trump assinou uma ordem executiva que proíbe as transações com a ByteDance no prazo de 45 dias e o Senado já aprovou o projeto de lei que proíbe o descarregamento e utilização da aplicação. …

Preocupado com os incêndios, Marcelo admite interromper férias. Ontem foi o pior dia

O Presidente da Repúblic disse esta quinta-feira que está a acompanhar a vaga de incêndios que assola o território continental e admitiu a possibilidade de interromper as férias no Porto Santo se a situação piorar. "É …

Portugal foi o "patinho feio", mas volta a estar em contraciclo com a Europa (por bons motivos)

Portugal destaca-se agora por apresentar uma tendência de redução de novos casos de infeção pelo novo coronavírus, ao contrário de outros países europeus. Quando o novo coronavírus começou a ganhar terreno no continente europeu, Portugal foi …

Kim Jong-un insiste que a Coreia do Norte travou o vírus, mas intensifica combate à covid-19

Kim Jong-un tem repetido várias vezes que a Coreia do norte "travou o vírus maligno", mas o reforço das medidas de combate à covid-19 e a canalização urgente de material médico e alimentos para Kaesong …

Novo Banco tinha autorização de Bruxelas para financiar venda de imóveis

A DG Comp da Comissão Europeia autorizou o Novo Banco a conceder crédito aos compradores do imobiliário vendido pela instituição. Quando o Novo Banco foi constituído, o acordo assinado entre a Direção Geral da Concorrência europeia …

Quase cinco meses depois, a Champions está de volta

A Liga dos Campeões é retomada esta sexta-feira, quase cinco meses depois da suspensão devido à pandemia de covid-19. Suspensa logo depois do jogo Leipzig-Tottenham, disputado a 11 de março, a prova milionária está de regresso …