Mistério da cor azul dos olhos dos Husky siberianos desvendado

Foter.com

Cientistas norte-americanos divulgaram um estudo que revela o mistério da cor dos olhos dos Huskey siberianos: o segredo pode estar no cromossoma 18.

O primeiro contacto que temos com uma pessoa são os olhos, e quando são azuis tendem a chamar mais a nossa atenção. É o caso dos olhos azuis dos Husky siberianos, que são uma característica muito particular desta raça, que muito dificilmente se encontram noutra.

Os cientistas Adam Broyke e Aaron Sams desenvolveram recentemente um estudo, publicado na revista PLOS Genetics, no qual conseguiram identificar várias características genéticas capazes de explicar a predominância desta cor nos olhos destes animais.

No caso desta investigação, destaca o El Mundo, o papel da Internet foi crucial, na medida em que os cientistas conseguiram consultar e confirmar as características genéticas de vários cães. Tudo se deveu ao facto de os seus donos terem disponibilizados imagens dos animais online.

“Milhares de utilizadores ofereceram de bom grado esta informação e assim tivemos a possibilidade de complementar as nossas pesquisas com mais informação e descobrir novas associações genéticas. O estudo ficou mais completo graças à Internet”, adiantou Adam Broyke.

Desta forma, os investigadores norte-americanos recolheram informações relativas a um total de seis mil cães, apesar de só terem usado três mil para analisar aprofundadamente e servirem de objeto de estudo.

Esta investigação está a causar reboliço entre a comunidade científica, dado que põe em causa o estudo das características genéticas de milhares de cães. Isto permitirá mapear os antecedentes da raça entender melhor o seu genoma, em particular como se manifestam as características que dão a tonalidade azul aos olhos dos Husky.

“Termos examinado as características de três mil cães do banco de dados, revelou que a resposta se encontra na existência de uma duplicação do cromossoma 18”, afirmou Boyke.

“No nosso estudo propomos que é devido à duplicação que ocorre numa região reguladora que pode resultar no manifestar de características como os olhos azuis. O aumento da expressão do gene ALX4, leva a uma redução da melanina na íris”, conclui o investigador.

Até ao momento, a duplicação genómica como uma justificação para a cor azul dos olhos destes cães foi apenas validada em casos caninos. “Seria interessante ver se existem mutações semelhantes em humanos.”

Como esta não é uma das regiões do genoma humano que tem sido associada à cor dos olhos, não é claro se esta é uma região do genoma que é negligenciada ou se os cães têm mesmo uma característica única. No entanto, os cientistas destacam que esta não seria a primeira vez que o cão como objeto de estudo revelaria dados genéticos humanos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Este casaco foi desenhado para nos ajudar a dormir em qualquer lado

A britânica Vollebak lançou um casaco, inspirado nos astronautas, que facilita a ideia de poder dormir, literalmente, em qualquer lado. A pensar em todas aquelas pessoas que gostam de fazer uma sesta ou outra, independentemente do …

DJ Juice WRLD morre aos 21 anos

A estrela do hip-hop norte-americano Juice WRLD faleceu este domingo (8), depois de sofrer convulsões no Aeroporto de Midway, em Chicago, avança o TMZ. O rapper tinha feito 21 anos a 2 de dezembro. De acordo …

"A Favorita" arrebata prémios do cinema europeu

O filme "A Favorita", do realizador grego Yorgos Lanthimos, arrecadou oito prémios da Academia de Cinema Europeu, numa cerimónia realizada em Berlim. "A Favorita" conquistou, entre outros, os prémios de Melhor Filme Europeu, Melhor Comédia, Realização …

Belenenses 1-1 Porto | "Dragão" escorrega e deixa fugir líder

O FC Porto não foi além de um empate na visita ao Jamor, ante o Belenenses. André Santos abriu as “hostilidades” e Alex Telles, na marcação de uma grande penalidade, fixou o resultado final. Com esta …

Caligrafia desleixada de Isabel I denuncia-a como a tradutora anónima de um livro romano

A rainha Isabel I de Inglaterra foi identificada como a tradutora anónima do livro "Anais" de Tácito. As idiossincrasias da sua caligrafia acabaram por ser fundamentais para a descoberta. Na análise a uma tradução de século …

Hashtags políticas como #MeToo tornam as pessoas menos propensas a acreditar em notícias

Tendem a passarem despercebidas, mas as hashtags são mais importantes do que julgamos. A questão que se impõe é: serão benéficas para a saúde democrática da Internet? Uma hashtag (#) é uma marca funcional, amplamente usada …

Sporting 1-0 Moreirense | "Leão" resolve à cabeçada

O Sporting regressou às vitórias na Liga NOS, embora não sem sentir algumas dificuldades, em especial no ataque. Os "leões" bateram o Moreirense por 1-0, numa partida em que remataram muito (28, máximo na Liga até …

Orçamento do Estado. "Sentido de voto do BE está completamente em aberto"

A coordenadora do BE afirmou, este domingo, que o sentido de voto do partido sobre o Orçamento do Estado para 2020 está "completamente em aberto", desejando que o Governo socialista atenda às reivindicações bloquistas. "Fizemos uma …

João Cotrim Figueiredo eleito presidente da Iniciativa Liberal com 96% dos votos

João Cotrim Figueiredo foi eleito, este domingo, presidente da Comissão Executiva da Iniciativa Liberal, uma candidatura única que recolheu 96% dos votos na III Convenção Nacional do partido. A III Convenção Nacional do partido decorre hoje …

Inteligência artificial decifra manuscrito que pode mudar história da Austrália

A Terra Australis Incognita, hoje conhecida como Austrália, foi descrita por um jesuíta espanhol quase cem anos antes da descoberta em 1770 pelo marinheiro britânico James Cook, segundo um manuscrito decifrado através de inteligência artificial. A …