Ministro polaco sugere que os refugiados formem um exército e voltem para libertar o país

pism_thinkthank_poland / Flickr

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Polónia, Witold Waszczykowski

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Polónia, Witold Waszczykowski

O ministro dos Negócios Estrangeiros polaco defendeu este domingo que as centenas de milhares de refugiados sírios que entram diariamente na Europa podem ser treinados para formar um exército e regressar para libertarem a sua terra Natal.

Em declarações à televisão pública polaca, Witold Waszczykowski disse ainda que esta seria uma maneira de terem um trabalho remunerado, em vez de ficarem a “beber café na  avenida Unter den Linden, de Berlim, ou de outras cidades europeias”.

“Centenas de milhares de sírios chegaram recentemente à Europa”, afirmou o ministro dos Negócios Estrangeiros polaco, “podemos ajudá-los a formar um exército“.

Witold Waszczykowski referiu também que “dezenas de milhares de homens jovens desembarcaram de barcos de borracha com um iPad na mão e em vez de pedirem comida ou bebida, perguntam onde podem carregar os telemóveis”.

Eles podem ir lutar para libertarem o seu país com a nossa ajuda”, disse o ministro, que toma posse na segunda-feira.

Estados Unidos mantém plano de acolher 10 mil refugiados

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, mantém o plano de acolher 10 mil refugiados sírios no país em 2016 apesar dos ataques terroristas perpetrados na sexta-feira em Paris, assegurou hoje um assessor.

Mantemos o plano de aceitar os refugiados sírios“, afirmou o assessor adjunto do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, Ben Rhodes, em declarações à cadeia de televisão norte-americana Fox News.

Rhodes acrescentou que os Estados Unidos dispõem de “procedimentos de seleção muito rigorosos para esses refugiados”

Há mulheres e crianças, órfãos desta guerra na Síria, e creio que temos de contribuir, junto dos nossos aliados, para dar-lhes refúgio”, justificou.

Segundo os media, um dos suspeitos dos ataques em Paris – que causaram 129 mortos e 352 feridos – poderá ter chegado à capital depois de ter atravessa a Sérvia e a Croácia como refugiado.

Vários candidatos da oposição republicana criticaram o Governo de Obama por permitir a chegada de refugiados que fogem da guerra na Síria.

O magnata Donald Trump, que está na corrida para a candidatura presidencial republicana, também advertiu que expulsará os refugiados sírios do país, caso chegue à Casa Branca.

A 10 de setembro, o presidente Obama ordenou ao seu Governo que inicie os preparativos para poder acolher pelo menos 10 mil refugiados sírios durante o novo ano fiscal, que começou a 01 de outubro e termina a 30 de setembro de 2016.

Esta decisão visa ajudar a atenuar a crise migratória de refugiados que a Europa enfrenta atualmente.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Quatro mortos em manifestações na Bolívia. São 23 desde o final de outubro

Comissão Interamericana de Direitos Humanos registou pelo menos 122 feridos desde sexta-feira. Já houve 23 vítimas mortais desde o final de Outubro, início da crise social e política na Bolívia. Quatro pessoas morreram no sábado em …

UE acusada de pagar aos próprios traficantes para travar imigração

A União Europeia conta com um processo no Tribunal Penal Internacional interposto por Omer Shatz e Juan Branco. A UE é acusado de pagar aos próprios traficantes para parar a imigração. Omer Shatz, advogado e professor …

Governo quer ter a primeira refinaria de lítio da Europa

O Governo quer abrir a primeira refinaria de lítio no continente europeu. No entanto, João Galamba refere que tudo depende dos resultados do estudo de impacto ambiental das minas. Sem confirmar que venha a haver minas …

Cientistas desvendam novas pistas sobre o maior macaco que já existiu

O mítico "Bigfoot" é uma criatura lendária mas, durante milhões de anos, o verdadeiro — um símio com o dobro do tamanho de um ser humano adulto — percorreu as florestas do Sudeste Asiático, antes …

Preço do tabaco pode aumentar. Decisão cabe ao Governo

Os responsáveis do Programa Nacional para a Prevenção do Tabagismo propuseram um aumento do preço do tabaco, e a decisão depende agora do Governo. Os responsáveis do Programa Nacional para a Prevenção do Tabagismo propuseram um …

Derrocada em Borba. Um ano depois, ainda é uma ferida aberta e problemas continuam

Um ano depois do acidente na pedreira de Borba, o sindicato que representa os trabalhadores garante que os perigos persistem, enquanto a associação Assimagra salienta que foi um caso “isolado” e está a avançar com …

Caracóis estão a ficar amarelos para se adaptarem às alterações climáticas

Nas áreas urbanas, os caracóis estão a ficar com as cascas amarelas para se adaptarem às alterações climáticas. Os cientistas vão agora analisar os padrões das penas dos pássaros, para perceberem se também há uma …

Os terrenos contaminados de Fukushima vão tornar-se num centro de "energia verde"

Fukushima, local que sofreu um dos maiores desastres nuclear do mundo, vai reinventar-se e tornar-se num centro de energia renovável. Depois de ser atingido por um terramoto e um tsunami de 15 metros em 2011, três …

Cientistas identificaram neurónios específicos que mapeiam memórias

Neurocientistas descobriram um aspeto curioso de como a nossa memória funciona: Quando o cérebro precisa de recuperar informação relacionada com um lugar específico, neurónios individuais podem atingir memórias específicas. De acordo com o estudo publicado na …

Grande tempestade de areia pode ter ditado o fim de um império da Mesopotâmia

O Império Acádio da Mesopotâmia entrou em colapso devido a uma enorme tempestade de areia, sugeriu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Hokkaido, no Japão. Em comunicado, os especialistas explicam …