Ministério Público investiga câmaras que cederam transporte para protesto da CGTP

José Goulão / Wikimedia

-

Ministério Público está a investigar três câmaras municipais, após as denúncias que alegam que as autarquias cederam autocarros para que os seus funcionários fossem a uma manifestação da CGTP.

A notícia, avançada pelo Observador, dá conta que as câmaras de Évora, Montemor-o-Novo e Vila Viçosa estão neste momento a ser investigadas pelo Ministério Público.

Em causa estão várias denúncias que acusam as três autarquias comunistas de peculato, uma vez que terão dispensado os funcionários para que estes pudessem participar numa manifestação da CGTP e de até terem cedido o transporte.

O protesto, no dia 10 de novembro do ano passado, aconteceu às portas da Assembleia da República, onde milhares de pessoas se manifestaram contra o Governo PSD/CDS.

Fonte ligada ao grupo que fez a denúncia, liderado pela sociedade de advogados Barros Sales & Associados, classifica o episódio de “repugnante”.

“As manifestações são completamente legítimas. Mas os bens públicos não podem estar ao serviço de interesses partidários”, condena a mesma fonte, em declarações ao jornal online.

Os processos estão agora em fase de inquérito e o MP terá de analisar as várias denúncias para perceber se pode, ou não, constituir arguidos e dar continuação ao processo.

Na altura em que o caso se tornou público, os três responsáveis das autarquias confirmaram essa mesma situação, a começar pela Câmara de Évora.

“Têm sido isentos de taxas diversas associações culturais, sociais, desportivas e religiosas, entre outras, e o custo correspondente ao valor da taxa que foi isento”, justificou Carlos Pinto Sá numa troca de correspondência com a sociedade de advogados, a que o jornal teve acesso.

Já a Câmara Municipal de Montemor-o-Novo divulgou um comunicado no qual explica que “foram cedidas pela câmara municipal duas viaturas para o transporte de trabalhadores” mas que não pertencem ao transporte escolar, como tinha sido referido.

“[As duas viaturas] não fazem parte da frota de transportes escolares”, explicou a autarquia, liderada por Hortênsia Menino.

No caso de Vila Viçosa, o presidente da Câmara Manuel Condenado afirmou à Lusa que “o executivo cedeu e continuará a ceder viaturas do município, sempre que estejam disponíveis, à estrutura sindical dos trabalhadores” para que estes se desloquem “a manifestações ou outras iniciativas a fim de defenderem os seus direitos laborais”.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. o PC nesta matéria tem muito a aprender com o psd. Não se disponibilizam viaturas da autarquia para estes e outros fins identicos, alugam-se viaturas privadas e paga-se com o dinheiro dos contribuintes.

RESPONDER

O monumento mais alto do cemitério de Nova Orleães conta uma história de vingança e mesquinhez

Com 24 metros de altura, o Monumento Moriarty é o mais alto no cemitério Metairie de Nova Orleães, nos Estados Unidos. A sua construção conta uma história de mesquinhez: o memorial foi uma desculpa para …

FBI detém membro de um dos mais perigosos e lucrativos grupos de hackers

O FBI deteve recentemente um alegado membro de um dos mais temidos grupos de piratas informáticos do mundo, conhecido como Fin7. O grupo é suspeito de ataques informáticos que levaram a uma receita ilícita estimada em …

Artista gráfico faz reconstrução facial de Henrique VII de Inglaterra

Um artista gráfico fez uma reconstrução ultrarrealista de Henrique VII, Rei de Inglaterra entre 1485 e 1509. De acordo com o site Live Science, Matt Loughrey produziu a imagem de Henrique VII a partir da sua …

Marcelo promulga diploma que permite festa do Avante! (mas deixa recados ao Governo)

O Presidente da República promulgou, esta terça-feira, o diploma do parlamento sobre proibição de festivais e espetáculos de natureza análoga até 30 de setembro devido à covid-19, mas com reparos sobre "a garantia do princípio …

Governo italiano vai contratar 60 mil pessoas para vigiar distanciamento social

O Governo italiano vai contratar "assistentes cívicos" para garantir que os cidadãos cumprem o distanciamento social. Depois de mais de dois meses confinados nas suas casas para conter a propagação do coronavírus, os italianos começaram a …

Rio volta a admitir que PSD viabilize Orçamento Suplementar do Governo

O presidente do PSD afirmou hoje que viabilizará ao Governo uma proposta de Orçamento Suplementar, "como tudo indica que é", que proceda à adaptação de medidas a tomar até ao final do ano para o …

J.K. Rowling anuncia novo livro infantil a ser publicado gratuitamente online

A escritora britânica J.K. Rowling, autora da saga "Harry Potter", vai publicar um novo livro infantil, intitulado "The Ickabog", um conto de fadas que será disponibilizado 'online', gratuitamente e em formato de série, a partir …

Empresa portuguesa cria cabine que faz desinfeção total em 25 segundos

A Starmodular, uma empresa com sede em Belmonte, distrito de Castelo Branco, criou um sistema destinado a espaços abertos ao público que permite a desinfeção total em 25 segundos para evitar a propagação da Covid-19, …

TAP duramente criticada por marginalização do Norte. Rio fala em "empresa regional"

Rui Rio foi apenas uma das várias vozes que criticaram o novo plano de voo da TAP, em que a maioria das ligações repostas são de Lisboa. Marcelo Rebelo de Sousa também demonstrou a sua …

Teatros e cinemas podem reabrir, mas com um lugar de intervalo

Teatros, salas de espetáculos e cinemas podem reabrir com todas as filas ocupadas e um lugar de intervalo entre os espetadores, que serão obrigados a usar máscara. Teatros, salas de espetáculos e cinemas podem reabrir, a …