Ministério Público abre inquérito ao surto de covid-19 em Mora

Mário Cruz / Lusa

A Procuradoria-Geral da República (PGR) confirmou que foi aberto um inquérito sobre o surto de covid-19 em Mora, que já resultou em 54 pessoas infetadas com o novo coronavírus.

O Ministério Público (MP) instaurou um inquérito sobre o surto de covid-19 na vila de Mora, no distrito de Évora, que já infetou 54 pessoas, revelou a Procuradoria-Geral da República (PGR). Questionada pela Lusa, a PGR indicou que, no âmbito do inquérito, “não deixarão de ser investigados todos os factos que chegarem ao conhecimento do Ministério Público e que sejam suscetíveis de integrarem a prática de crime“.

O inquérito é dirigido pelo MP do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Évora. Segundo a PGR, o inquérito instaurado tem por objeto “uma situação concreta“, que não especifica, relacionada com o surto em Mora.

O surto surgiu no dia 9 deste mês, quando foram confirmados os primeiros três casos positivos na comunidade, número que tem vindo a subir, todos os dias, à medida que vão sendo testados os contactos de pessoas infetadas.

A meio desta semana, o presidente da Câmara de Mora, Luís Simão, disse à Lusa ter “conhecimento” de “investigações em curso pelas autoridades policiais” sobre o surto de covid-19 na vila, que admitiu poder resultar da “incúria de alguém“.

O surto da doença provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 pode dever-se a “alguém que não se terá comportado como devia, no sentido de se ter percebido mais cedo a origem do surto”, declarou o autarca. “Espero que não se confirme isso, naturalmente. As autoridades estão a investigar”, mas, “se se apurar responsabilidade de alguém, essas pessoas devem ser severamente responsabilizadas”, defendeu.

A GNR disse à Lusa, também a meio desta semana, que “continua a efetuar diligências no sentido de apurar pessoas que eventualmente possam ter desrespeitado ou estejam a desrespeitar as normas em vigor estabelecidas pela Direção-Geral da Saúde”.

O número de pessoas infetadas com covid-19 na vila de Mora subiu, esta sexta-feira, para 54, mais quatro do que na quinta-feira, segundo disse à Lusa o presidente da câmara. No Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) permanecem internados cinco doentes, quatro deles nos cuidados intensivos e um em enfermaria.

Presidente da câmara desconhece inquérito do MP

O autarca Luís Simão disse desconhecer a instauração de um inquérito por parte do Ministério Público ao surto de covid-19 nesta vila do distrito de Évora, mas exortou ao apuramento de responsabilidades.

“Se abriu [um inquérito] e se houver alguém que se tenha comportado menos bem, que seja responsabilizado e sofra as consequências de um ato que não foi o mais adequado no momento em que vivemos. Se assim foi, que se apurem responsabilidades”, afirmou Luís Simão em declarações à Lusa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Abrir inquérito para que? Ja chega de controlo e preciso Plano de contensao, Procedimentos internos rigorosos. Nao basta explorar esta gente idosa, sacar dinheiro e oferecer porcaria de servico. A entidade reguladora tem de ver problemas reais nao teorias e papel.

RESPONDER

Cientistas medem temperatura a 4 mil borboletas (e revelam a influência do clima no seu habitat)

Um grupo de cientistas do Reino Unido recolheu 4 mil borboletas selvagens para medir a sua temperaturas, alertando que algumas das espécies mais reconhecidas do país estão em ameaça de colapso, e em risco de …

Teia da morte. Cientistas desenvolvem nova forma de matar células cancerígenas

Um novo estudo sugere que, através de uma interrupção direcionada e localizada da estrutura das células cancerígenas, o seu mecanismo de autodestruição pode ser ativado. As células cancerígenas multiplicam-se de forma incontrolável, levando a um crescimento …

Boavista 2-0 Porto | “Manita” em 45 minutos demolidores

Goleada do “dragão” no Bessa. No dérbi portuense entre Boavista e FC Porto, os campeões nacionais sentiram dificuldades na primeira parte, não conseguiram sequer enquadrar qualquer um dos seus remates, mas na segunda parte tudo …

Magawa, o rato que deteta minas, ganhou uma medalha de ouro

Magawa, um rato gigante africano, foi treinado para descobrir minas terrestres e tem estado ao serviço no Camboja. O animal foi agora proclamado herói e premiado por salvar vidas naquele país. A instituição de caridade britânica …

Cientistas descobrem nova espécie de crustáceo no lugar mais quente da Terra

Uma equipa de cientistas descobriu uma nova espécie de crustáceo de água doce durante uma expedição ao deserto de Lute, no Irão, também conhecido como o lugar mais quente do planeta. Hossein Rajaei, do Museu Estadual …

Furacão Sally fragmentou parte de uma ilha da Florida em três

A passagem do furacão Sally fragmentou parte de uma ilha na costa da Florida, no Estados Unidos, criando assim três pequenas porções de terra. Na prática, tal como explica o portal USA Today, o furação abriu …

Benfica 2-0 Moreirense | “Águia” vence e convence cónegos

Após ter perdido e empatado nas duas últimas recepções ao Moreirense, o Benfica voltou a vencer o emblema de Moreira de Cónegos na Luz. Este sábado, em duelo relativo à segunda jornada do campeonato, as “águias” …

"Surpreendente e fascinante". Descoberta pela primeira vez uma aurora sobre um cometa

A nave Rosetta da Agência Espacial Europeia (ESA) detetou uma aurora boreal sobre o cometa 67P / Churyumov-Gerasimenko (67P / C-G). Em comunicado, os cientistas envolvidos na deteção frisam que esta é a primeira vez quem …

Austrália não quer que turistas caminhem na famosa rocha sagrada Uluru (nem no Google Maps)

A Austrália pediu ao Google que remova do seu serviço Maps fotografias tiradas do topo de Uluru, o monólito aborígine sagrado que os visitantes estão proibidos de escalar desde o ano passado. De acordo com a …

NASA vai procurar aquíferos nos desertos com tecnologia já usada em Marte

Uma parceria entre a NASA e a Fundação Qatar tem como objetivo procurar as cada vez mais escassas águas que estão enterradas nos desertos do Saara e da Península Arábica. Este processo deverá ser desenvolvido …