Ministério já pagou 300 milhões de dívida dos hospitais e critica “lei cega”

PSD / Flickr

O ministro da Saúde, Paulo Macedo (foto: PSD)

O ministro da Saúde, Paulo Macedo (foto: PSD)

O Ministério da Saúde defendeu esta terça feira que “não pode ser uma lei cega” aquela que proíbe os hospitais de gastar caso não tenham como pagar, lembrando que entretanto já foram saldados 300 milhões de euros de dívida atrasada.

Esta posição do Ministério surge na sequência do segundo o relatório do Fundo Monetário Internacional (FMI) sobre a oitava e nona avaliações ao Programa de Ajustamento Económico e Financeiro (PAEF), hoje divulgado, segundo o qual os pagamento em atraso [há mais de 90 dias] continuaram a acumular-se durante o primeiro semestre deste ano.

O FMI aponta o setor da Saúde como o principal responsável por falhar este critério de avaliação, considerando que houve insuficiente orçamentação, fraquezas no controlo da despesa e atrasos nos pagamentos feitos pelos hospitais EPE às farmacêuticas, defendendo, por isso, que os responsáveis hospitalares devem ser sancionados.

Em reação às posições do FMI, o gabinete do Ministério da Saúde lembrou que “nos dois últimos meses foram efetuados pagamentos de 300 milhões de euros de dívida atrasada, permitindo a obtenção de notas de crédito dos principais fornecedores do Serviço Nacional de Saúde (SNS), aumentando desta forma a probabilidade de atingir aquele objetivo”.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o Ministério da Saúde (MS) recordou ainda que “a dívida do SNS estimada para o final deste ano será a mais baixa dos últimos anos”.

Segundo uma estimativa do MS, o EBITDA (lucros expurgando impostos, juros e amortizações) dos Hospitais EPE “será melhor do que o registado no ano passado e isto apesar dos novos encargos em matéria de remunerações a que os hospitais tiveram de fazer face”.

Sobre o diploma que proíbe gastos sem que haja capacidade para pagar a 90 dias, o MS recordou a interpretação da regra feita pelo Tribunal de Contas, concluindo que “o cumprimento estrito da lei tem de ser visto à luz do contexto, como procedimento geral, excetuando-se a Saúde. Por outras palavras, a Lei dos Compromissos aplicada aos hospitais deve ter o devido enquadramento, não pode ser uma lei cega”.

Perante a posição do FMI, que defendeu a sanção dos funcionários que não cumpram a lei dos compromissos, o MS opôe-se, afirmando que “os gestores da Saúde não podem nem devem ser responsabilizados por uma situação de desequilíbrio financeiro estrutural de todo o setor da Saúde, que será eliminado progressivamente”.

No final de julho, o valor total de pagamentos em atraso rondava os 2,9 mil milhões de euros, segundo a carta de intenções assinada pelo vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, pela ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, e pelo governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, com data de 24 de outubro passado.

Comparando com o montante existente antes do programa, o valor dos pagamentos em atraso caiu em 700 milhões de euros no último trimestre de 2012, mas voltou a aumentar na primeira metade de 2013 em 400 milhões de euros.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Coreia do Sul retira oficialmente o Japão da lista preferencial de comércio

A Coreia do Sul retirou esta quarta-feira oficialmente o Japão da sua lista de parceiros comerciais preferenciais, após a mesma medida ter sido aplicada por Tóquio, num agravamento de tensões diplomáticas entre os dois países. A …

Vaticano pede julgamento de dois padres por alegados abusos sexuais

A Santa Sé anunciou na terça-feira que enviou para a justiça os casos de dois padres italianos suspeitos de abuso sexual, que alegadamente ocorreram num seminário no Vaticano. "O procurador de justiça do Vaticano [equivalente ao …

Donald Trump nomeia Robert C. O’Brien como novo conselheiro de Segurança Nacional

Donald Trump nomeou esta quarta-feira Robert C. O’Brien, que servia até agora como negociador de reféns para o governo, como novo conselheiro de Segurança Nacional dos EUA. Assim, O’Brien vai substituir John Bolton, que foi despedido …

Galamba avisa: não vai haver cabo submarino se centrais a carvão de Marrocos não forem penalizadas

O estudo sobre a interligação entre Portugal e Marrocos está atrasado, não havendo nenhuma data prevista para a sua conclusão, de acordo com o Governo. O cabo submarino tem um custo estimado de 700 milhões de …

Presidente do maior sindicato da PSP acusado de ter agredido adepto do Boavista

O presidente da direção da Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP), Paulo Rodrigues, está entre os 11 polícias que vão a julgamento esta quarta-feira acusados de agressão a um adepto do Boavista. O julgamento terá …

PAN propôs medidas ambientais que já estão em vigor

No capítulo do programa eleitoral do PAN dedicado ao Ambiente, o partido faz propostas que já estão implementadas, como os sistemas de certificação do pescado e restrição do tráfego aéreo em período noturno. Na área "Crise …

Madeira. Sondagem da RTP indica que PSD perde maioria absoluta

De acordo com uma nova sondagem da Universidade Católica para a RTP, o PSD pode perder a maioria absoluta na Madeira, enquanto que o PS pode aumentar o número de assentos no parlamento regional. Uma nova …

Secretário de Estado da Proteção Civil constituído arguido e demite-se

Artur Neves, secretário de Estado da Proteção Civil, apresentou o pedido de demissão ao Ministro de Administração Interna esta quarta-feira. "Na sequência do pedido de exoneração, por motivos pessoais, do Secretário de Estado da Proteção Civil, …

Câmara de Lisboa volta a dar isenção de taxas ao Rock in Rio

A Assembleia Municipal de Lisboa aprovou, esta terça-feira, que a organização do Rock in Rio fica novamente isenta do pagamento de taxas, no valor de três milhões de euros, pela realização das edições de 2020 …

Pelo menos 23 crianças morreram em incêndio em escola na Libéria

Um incêndio deflagrou nesta quarta-feira num colégio interno nos subúrbios da capital da Libéria, Monróvia. Dezenas de crianças morreram - 23 segundo a BBC, 27 de acordo com a Reuters. “As crianças estavam a aprender o …