Cientistas encontraram a “Millennium Falcon dos mares”

A criatura marinha com 500 milhões de anos, encontrada no Folhelho Burgess, nas Montanhas Rochosas Canadianas, tem semelhanças com a famosa nave da Guerra das Estrelas.

Trata-se de uma criatura marinha carnívora, que usava as suas garras como um ancinho para apanhar as suas presas e que estava protegida por uma enorme concha com pontas afiadas.

“O corpo é um bocadinho ridículo. Tem uma cabeça gigantesca, com uma concha gigantesca e minúsculas barbatanas por baixo. Portanto, há alguma coisa que parece disfuncional na sua capacidade de nadar de forma eficiente”, afirma o co-investigador do estudo Jean-Bernard Caron, curador de paleontologia de invertebrados no Royal Ontario Museum, no Canadá, citado pelo Live Science.

Os investigadores batizaram esta criatura com 506 milhões de anos de Cambroraster falcatus. O nome que identifica o género – Cambroraster – faz referência ao período Cambriano e à palavra em latim “rastrum”, que significa “ancinho”. O nome da espécie – falcatus – é uma homenagem à Millennium Falcon, mítica nave da Guerra das Estrelas.

Caron e a restante equipa encontraram os fósseis do C. falcatus pela primeira vez em 2012, durante uma escavação no Folhelho Burgess, nas Montanhas Rochosas Canadianas, um local famoso pelos tesouros de fósseis cambrianos.

Jean-Bernard Caron / Royal Ontario Museum

Cambroraster falcatus

Porém, foi apenas em 2018 que encontraram um local com muitos destes “animais nave”, assim apelidados pelos paleontólogos. O grande grupo indicou que “não eram predadores isolados”, mas sim que “viviam em grandes grupos”, explica Caron.

O agora extinto C. falcatus era um tipo de artrópode primitivo conhecido como radiodonte, um parente distante das aranhas, crustáceos e insetos modernos. Dos 140 espécimes descobertos pelos paleontólogos, a maioria em idade adulta era do tamanho da mão de uma pessoa, embora o maior tenha medido cerca de 30 centímetros de comprimento.

“Este tamanho devia ser ainda mais impressionante na altura em que foi vivo, uma vez que a maioria dos animais durante o período Cambriano eram mais pequenos do que o nosso mindinho”, declara Joe Moysiuk, estudante de doutoramento em ecologia e biologia evolutiva na Universidade de Toronto, que tem a sua sede no Royal Ontario Museum.

De acordo com Caron e Moysiuk, este animal usou provavelmente as suas garras em forma de ancinho para para peneirar os sedimentos do fundo do mar. Também é possível que tenha usado a carapaça para atravessar a lama e descobrir alimento.

O estudo foi publicado, esta quarta-feira, na revista Proceedings of the Royal Society B.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Vídeo de criança vítima de bullying gera onda de apoio global

Internautas de todo o mundo, inclusive celebridades, uniram-se para dar apoio ao menino australiano, de nove anos, que sofre de bullying por causa da sua aparência. De acordo com a BBC, Yarraka Bayles partilhou o vídeo …

Descoberta nova quasipartícula: o π-ton

Foi descoberta uma nova quasipartícula no Instituto de Tecnologia de Viena. Os cientistas batizaram-na de π-ton, uma quasipartícula que contém dois eletrões e duas lacunas. Existem diferentes tipos de partículas. Um deles, as quasipartículas, são excitações …

É oficial. Friends está de volta para um episódio especial

As preces dos fãs foram finalmente ouvidas. O elenco de Friends vai reunir-se para um episódio especial exclusivo na HBO Max. Jennifer Aniston, Courteney Cox, Lisa Kudrow, Matt LeBlanc, Matthew Perry e David Schwimmer voltarão ao …

Dieta ocidental está a deixar as pessoas menos inteligentes

Uma dieta pouco saudável, à base de hambúrgueres e doces está literalmente a deixar as pessoas menos inteligentes apenas no espaço de uma semana. Esta foi a conclusão de um estudo de investigadores da Universidade …

Pedro Proença: Sociedade deve atuar no combate ao racismo

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse, esta sexta-feira, que a sociedade portuguesa deve atuar no combate ao racismo, violência, xenofobia e intolerância. A Liga vai lançar, durante este fim-de-semana, uma campanha com …

Na última década, Coreia do Norte gastou mais de meio milhão de dólares em cavalos russos

A Coreia do Norte gastou recentemente dezenas de milhares de dólares na aquisição de 12 cavalos provenientes da Rússia, de acordo com os dados alfandegários. A Coreia do Norte gastou quase meio milhão de dólares (584.302 …

O caranguejo "supervilão" do Canadá vai ser transformado em plástico biodegradável

Uma equipa de cientistas no Canadá desenvolveu um plano para transformar uma espécie invasora de crustáceo - conhecida como como caranguejo supervilão - em copos e talheres  de "plástico", usando as suas carapaças para criar …

Covid-19. Tripulante de navio japonês pode ser o primeiro português infetado

Um português que é tripulante do navio Princess Cruises, atracado no porto de Yokohama, no Japão, pode ter sido diagnosticado "positivo" com o novo coronavírus. Contactada pela agência Lusa, a diretora-geral de Saúde, Graça Freitas, afirma …

Harry e Meghan vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal

O duque e a duquesa de Sussex vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal, anunciou, esta sexta-feira, um porta-voz da casa real. "Estando o duque e a duquesa focados nos seus planos de estabelecer …

Messi marca quatro e embala Barcelona para o topo da La Liga

Um póquer de Lionel Messi embalou o FC Barcelona, este sábado, para a liderança da Liga espanhola, com uma "mão cheia" de golos na receção ao Eibar (5-0). Os catalães subiram ao topo de La Liga …