Os milkshakes são a nova arma de arremesso político no Reino Unido

Os milkshakes, embora pareçam inofensivos, já não o são. No Reino Unido, configuram a nova arma de arremesso político. Independentemente do sabor, nunca uma bebida de leite foi tão política.

Os ovos, antigos reis do protesto, foram ultrapassados pela bebida de leite em voga: os batidos. Pelo menos no Reino Unido.

Este mês, Tommy Robinson, fundador do movimento de extrema-direita Liga de Defesa Inglesa (EDL) e candidato independente​ pelo noroeste da Inglaterra nas eleições europeias, foi atingido por um milkshake de morango duas vezes em dois dias, enquanto fazia campanha. Mas não foi o único.

O YouTuber e candidato do UKIP pelo sudoeste de Inglaterra, Carl Benjamin, também foi atingido três vezes em três dias por batidos, depois de ter feito comentários considerados sexistas sobre a trabalhista Jess Phillipse e de se ter recusado a pedir desculpa.

No Reino Unido, o uso desta bebida é uma novidade no que diz respeito ao arremesso de objetos como arma de protesto. Segundo o Sapo 24, em Inglaterra os ovos eram presença assídua em protestos políticos, quer crus, quer podres. Aliás, ex-primeiro-ministro David Cameron e o ex-vice-primeiro-ministro John Prescott foram alguns dos visados.

Mas a tradição parece estar a mudar. Este sábado, dia 18 de maio, em Edimburgo, na Escócia, as autoridades pediram ao McDonald’s perto do local onde discursava o ex-líder do UKIP Nigel Farage, que encabeça agora a lista do Partido do Brexit, para não vender milkshakes.

Na montra da famosa cadeia de fast food, podia ler-se um aviso: “Não estamos a vender milkshakes ou gelados hoje à noite. Isso deve-se a um pedido da polícia, devido a eventos recentes.”

O Burguer King aproveitou a deixa e, no Twitter, informou que continuava a vender as bebidas, referindo posteriormente que não incitavam à violência – nem ao desperdício dos seus “deliciosos milkshakes”.

No entanto, apesar das prevenções, Farage não escapou à famosa bebida de leite e foi atingido por um milkshake. O batido foi arremessado por Paul Crowther, um britânico de 32 anos, que contou ao The Guardian que considerava do seu direito protestar contra “pessoas como Farage”.

O manifestante adiantou ainda que arremessou um milkshake de banana e caramelo salteado da cadeia Five Guys. O momento foi captado em vídeo e publicado nas redes sociais.

No Twitter, Nigel Farage reagiu: “Infelizmente, alguns ‘remainers’ [cidadãos que defendem a permanência do Reino Unido na União Europeia] têm-se tornado radicais, ao ponto de a campanha normal estar a ser impossível de realizar”,.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Caríssima equipa do ZAP. Corrijam logo na entrada a negrito
    “…Independentemente do sabor, numa uma bebida de leite foi tão política.”
    Para “…Independentemente do sabor, NUNCA uma bebida de leite foi tão política.

Documentos de vacinas roubados por hackers também foram "manipulados"

A Agência Europeia do Medicamento, entidade reguladora da União Europeia (UE), informou este sábado que os documentos da vacina contra a covid-19 roubados e colocados na Internet por hackers foram também "manipulados". A manipulação aconteceu depois …

Há 11 anos que não se consumia tanta eletricidade num só dia. A culpa é do frio

O país está a bater recordes de energia, tanto em termos de pico como de consumo diário. A culpa é da vaga de frio que assolou Portugal neste Inverno. O consumo de eletricidade bateu, na quarta-feira, …

Dymka, a gata que perdeu as patas e recebeu próteses de titânio impressas em 3D

Dymka, uma gata russa, ganhou um novo estímulo na sua vida depois de um grupo de veterinários realizar uma cirurgia para substituir as suas patas por próteses feitas de titânio impressas em 3D. A universidade revelou …

Hélder Amaral: "O meu partido de sempre está a morrer"

Em declarações ao semanário Expresso, o antigo deputado do CDS-PP, Hélder Amaral, diz-se desiludido com o seu partido. O ex-deputado centrista Hélder Amaral, que foi também presidente da distrital de Viseu, não está feliz com o …

EDP antecipa pagamento a mais de mil fornecedores em Portugal e Espanha

A EDP vai antecipar o pagamento a mais de mil fornecedores, uma iniciativa que, à semelhança do que já aconteceu no último ano, irá manter-se para todos os pagamentos a fornecedores ao longo do primeiro …

Há centenas de pessoas em busca de tesouros que não existem na Índia (e a culpa é de um boato)

Moradores de pelo menos três vilas no distrito de Rajgarh, no estado indiano de Madhya Pradesh (MP), passaram a última semana à procura de um tesouro antigo que provavemente não existe. Centenas de aldeões estão a …

João Ferreira diz que Marcelo deixou jovens em situação de "vulnerabilidade" (e elogia lay-off a 100%)

João Ferreira criticou este sábado o atual Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa por deixar os jovens em situação de "vulnerabilidade". O candidato presidencial João Ferreira afirmou, este sábado, que o Presidente da República, Marcelo …

Marisa Matias critica que apenas 1% do orçamentado seja gasto com cuidadores informais

Marisa Matias, candidata presidencial apoiada pelo Bloco de Esquerda, criticou este sábado que apenas tenha sido executado 1% da verba prevista no Orçamento do Estado para 2020 para os projetos-piloto dos cuidadores informais. Os atrasos e …

Ana Gomes considera "elucidativo" que Sócrates a ataque e elogie Marcelo

Ana Gomes, candidata às eleições presidenciais, considerou “elucidativo” que o antigo primeiro-ministro José Sócrates a tenha atacado e elogiado Marcelo Rebelo de Sousa. Questionada pelos jornalistas sobre o artigo de José Sócrates divulgado na sexta-feira, em …

Só pela profissão, professores "não são grupo de risco"

Graça Freitas reconheceu a importância dos professores "para o funcionamento do país", mas rejeitou considerá-los um grupo de risco esta sexta-feira. Os professores não são considerados um grupo de risco que deva ser integrado entre as …