Milhares de réplicas de um terramoto de 1959 espalharam-se por Yellowstone 60 anos depois

Um enxame de milhares de minúsculos terramotos que se espalharam por baixo do Parque Nacional de Yellowstone em 2017 e 2018 podem ser os muito aguardados tremores secundários de um terramoto muito maior – que atingiu há 60 anos.

Num artigo publicado em 30 de abril na revista Geophysical Research Letters, os investigadores examinaram a sismicidade de cerca de 3.345 terramotos que ocorreram perto de Maple Creek em Yellowstone, no canto noroeste do parque, entre junho de 2017 e março de 2018.

Os cientistas descobriram que, por cerca de metade destes terramotos menores, as ondas sísmicas abaixo do parque ondularam ao longo da mesma linha de falha, e na mesma direção exata, como as ondas do chamado evento Lago Hebgen – um terramoto gigantesco de magnitude 7,2 que ocorreu em 1959 e matou 28 pessoas.

A equipa não viu nenhum sinal de que este grupo de terramotos tivesse sido causado pelo movimento do magma sob o parque, levando-os a concluir que os terramotos eram, na verdade, um conjunto de tremores sísmicos que aconteceram há seis décadas.

“Este tipos de terramotos em Yellowstone são muito comuns”, disse o coautor do estudo, Keith Koper, diretor das Estações Sismográficas da Universidade de Utah, em comunicado. No entanto, este enxame “foi um pouco mais longo e teve mais eventos do que o normal”.

Segundo os autores do estudo, este evento não é inédito e casos semelhantes surgiram nas proximidades na América do Norte. O terramoto de magnitude 6,9 ​​que atingiu Borah Peak, Idaho, em 1983, ainda produzia tremores secundários em 2017, segundo os investigadores. A hipótese é que, sob certas condições, os tremores secundários podem durar centenas de anos.

Ao contrário das inundações, furacões e outros desastres naturais, os terramotos “não acontecem como um único evento no tempo”, disse Koper, mas podem evoluir ao longo de décadas ou séculos.

Enquanto cerca de metade dos mini-terramotos de Maple Creek pareciam ser ondas do desastre de 1959, a outra metade, que ocorreu um pouco mais ao sul, parecia ligada à atividade natural no poço de magma abaixo do parque.

Yellowstone continua a ser um viveiro de atividade sísmica e vulcânica. Grande parte do parque fica sobre uma grande caldeira vulcânica, que é responsável pelas erupções de rotina de amados géiseres como o Old Faithful. O gigantesco vulcão sob o parque entrou em erupção três vezes nos últimos 2,1 milhões de anos e alguns cientistas especulam que uma quarta erupção pode estar para acontecer.

Segundo os autores do novo estudo, os tremores secundários do terramoto no Lago Hebgen estão localizados fora da caldeira de Yellowstone e provavelmente têm pouca ou nenhuma relação com a sua atividade vulcânica.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Como é que a erupção de um único vulcão pode originar o fim do mundo? É o fim do mundo para os que vivem nas imediações, como já aconteceu com alguns vulcões. Só isso!

    • E fácil, não se trata de um vulcão normal mas sim de um super vulcão que a sua erupção tem o poder de centenas de bombas nucleares.

      • Nem o Krakatoa nem o Santorini conseguiram isso, mesmo com a ajuda do vapor que se criou com a queda de água do mar para dentro das suas crateras. Um vulcão é uma válvula de alívio do magma interno. O que é um super vulcão? Como é que ele pode espoletar tanta energia?

    • Pode sim, basta que ele jogue poeira na atmosfera o suficiente para impedir a penetração dos raios solares, matando as plantas e consequentemente os animais…

      • Isso foi o que eu referi – o Krakatoa no século XIX (Indonésia) e o Santorini (Mediterrâneo) relatado indirectamente no Velho Testamento ( uma das pragas do Egipto). Mas isso não teve nenhum efeito catastrófico global.

  2. Um supervulcão refere-se a um vulcão que produz os maiores e mais volumosos tipos de erupções na Terra; são vulcões com potencial de gerar catástrofes globais e extinção em massa; entretanto o volume total de magma expelido dessas erupções variam.

RESPONDER

Descoberta parede feita de ossos humanos debaixo de uma catedral

Foi descoberta uma parede feita de ossos humanos debaixo da Catedral de Saint-Bavo, na Bélgica. Acredita-se que o objetivo era libertar espaço num cemitério próximo. Uma equipa de construção civil descobriu acidentalmente uma parede feita de …

Estados Unidos filtram imigrantes que possam ser um "fardo" para o país

Os imigrantes que optem por residir permanentemente nos EUA, mas que o Governo considere que são um encargo para as finanças públicas, podem ver negado o seu visto, de acordo com uma lei que entra …

"A solução única é apoiar a minha candidatura". CDS e Chega reúnem-se para falar sobre as presidenciais

O presidente do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, vai reunir-se na quinta-feira com o deputado e líder do Chega, André Ventura, na Assembleia da República. A reunião "de cortesia" foi pedida pelo CDS, para "apresentação de …

Gordura à volta dos vasos sanguíneos pode ajudar a mantê-los saudáveis

A gordura encontrada à volta das artérias pode ajudar a manter os vasos sanguíneos saudáveis, ajudando a reduzir a tensão deles quando esticam. A gordura à volta das artérias, conhecida como tecido adiposo perivascular, pode …

Sporting disposto a pagar 5 milhões ao Sp. Braga por Rúben Amorim

O Sporting estará decidido a "roubar" o treinador Rúben Amorim ao Sporting de Braga. E para isso poderá pagar cinco milhões de euros, incluindo jogadores nas negociações, segundo a CMTV. O percurso vitorioso do Sp. Braga …

Rui Pinto apresenta queixa contra Portugal na União Europeia

A defesa de Rui Pinto, criador do Football Leaks, anunciou esta segunda-feira que vai apresentar uma queixa contra Portugal na União Europeia, alegando que as regras europeias de extradição do seu constituinte não foram respeitadas. “Houve …

Português infetado com coronavírus no Japão já foi transferido para o hospital

O português infetado com o coronavírus Covid-19 num navio de cruzeiros no Japão foi esta terça-feira transferido para um hospital na cidade de Okazaki. A mulher de Adriano Maranhão afirmou à agência Lusa que tinha acabado …

Cientistas descobrem novo estado eletrónico da matéria

Uma equipa de cientistas norte-americanos observou um novo estado da matéria, que mostra que os eletrões podem unir-se de maneira semelhante à forma como os quarks se combinam para formar neutrões e protões. Normalmente, os eletrões …

"Célula de combustível reversa" converte resíduos de carbono em produtos valiosos

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Toronto, no Canadá, anunciou o desenvolvimento de um eletrolisador capaz de produzir produtos químicos valiosos a partir de CO2 e eletricidade limpa com uma velocidade 10 vezes superior …

Descobertas da missão Juno alimentam mistério da água em Júpiter

A missão Juno da NASA forneceu os seus primeiros resultados científicos sobre a quantidade de água na atmosfera de Júpiter. Publicados recentemente na revista científica especializada Nature Astronomy, os resultados da Juno estimam que, no …