Migrante que resgatou 31 pessoas no mar condenado a 142 anos de prisão

A Grécia está a processar migrantes sob a acusação de tráfico de pessoas, impondo-lhes pesadas penas de prisão. É o caso do somali Hanad Abdi Mohammad, que utilizou um barco de contrabando naufragado na ilha de Lesbos, em dezembro de 2020, salvando-se a si próprio e a 31 migrantes.

Seis meses depois do ocorrido, Mohammad, de 28 anos, está preso na ilha de Chios, após receber uma sentença de 142 anos por tráfico de pessoas. Sobre a travessia da Turquia, na qual dois passageiros morreram, afirmou que não se arrependia. “Se eu não o tivesse feito, estaríamos todos mortos”, indicou, citado pelo New York Times.

Uma cópia da decisão do tribunal criminal de Lesbos, datada de 13 de maio e vista pelo New York Times, informava que Mohammad foi condenado a 142 anos e 10 dias de prisão por tráfico de migrantes sem documentos para a Grécia. O documento acrescentava que o homem cumpriria 20 anos, o máximo permitido pelo código penal grego.

Segundo grupos de direitos humanos, Mohammad é um dos vários requerentes de asilo que recebeu penas de prisão por tráfico ou facilitação de entrada ilegal, apesar de argumentar que estava apenas em busca de segurança.

De acordo com especialistas jurídicos, a prática de levar os migrantes a julgamento por tráfico começou durante a crise migratória de 2015-2016, quando mais de um milhão de refugiados chegaram à Grécia. A prática intensificou-se à medida que o país endureceu as suas políticas de migração.

“Na Grécia, como nos Estados Unidos [EUA] e em todo o mundo ocidental, a justiça é forte e independente, julgando com base nos fatos apresentados durante as audiências”, disse o ministro da Migração, Notis Mitarachi, em comunicado. “A Grécia continuará a proteger as suas fronteiras terrestres e marítimas, que também são fronteiras da Europa, como seu dever, respeitando o direito internacional e europeu”, acrescentou.

Na mesma prisão de Chios encontram-se dois afegãos, de 24 e 26 anos, ambos com sentenças de 50 anos por facilitarem a entrada ilegal na Grécia. Um deles havia viajado com a esposa grávida e o filho. Um sírio, de 28 anos, está preso em Atenas após receber uma pena de 52 anos, depois de viajar da Turquia com a esposa e três filhos.

Os advogados disseram que não existiam evidências de que os homens estivessem a conduzir os barcos, sendo a única testemunha um oficial da Guarda Costeira grega. A sentença de Mohammad foi mais pesada porque duas mulheres morreram afogadas durante a travessia.

“A criminalização de migrantes como meio de dissuasão é uma estratégia antiga”, disse François Crépeau, especialista em direito internacional e ex-alto funcionário das Nações Unidas para os direitos dos migrantes. “A última etapa (…) são os números obscenos de anos de prisão para pessoas que estão basicamente a tentar salvar as suas vidas e a proteger as suas famílias”.

“Sentenças de prisão ultrajantes e rebuscadas são um método de intimidação”, indicou Ioannis Ioannidis, presidente da Liga Grega pelos Direitos Humanos e ex-funcionário do governo, comparando à prática ilegal de devolver os migrantes de volta para o mar.

Embora não se saiba o número de migrantes nas prisões gregas condenados injustamente por tráfico de pessoas ou facilitação de entrada ilegal, um relatório de novembro da Border Monitoring, uma instituição de caridade alemã, mostrou que pelo menos 48 casos foram identificados em Chios e Lesbos.

A polícia grega disse em comunicado que todos os casos foram investigados de forma justa sob a supervisão de um promotor e os crimes julgados ​​de acordo com a lei grega. Contudo, Alexandros Konstantinou, do Conselho Grego para Refugiados, disse que condenar refugiados como traficantes era parte de uma estratégia para impedir mais entradas.

Taísa Pagno //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

    • Salva vidas!!’ Então cobra-lhes para os trazer para a Europa e depois conduze-os em segurança por terem tido problemas em alto mar e já é herói, ele à tugas que andam nisto como bebés inocentes

  1. Até admira publicarem uma fotografia da realidade da imigração para a Europa. Só publicam grandes planos de crianças ou a mulher com os filhos ao colo, ou a criança estendida na areia, quando na realidade, ditam as estatísticas que mais de 80% dos imigrantes são homens em idade activa que viajam sozinhos. No entanto, aproveitam-se da compaixão natural para com crianças e mulheres para vender mais, nas bancas e na agenda globalista de destruir a Europa. A realidade é essa foto.

  2. Emigração ilegal é crime.
    Quem a favorece é cúmplice. Como tal há muitas ONG’s cujos membros igualmente deveriam ser punidos com penas de prisão de pelo menos 10 anos.
    Os povos ocidentais não têm que levar com supostos refugiados que não passam de migrantes económicos e que acabam por ser terroristas. Os franceses que o digam.

    • Caro Fernando Fernandes, será que não tens nos teus antepassados, ninguém que tenha dado o salto, para fugir às misérias que por cá se viviam?????
      Abraço amigo, e agradeça a deus ter nascido por aqui.

  3. Esse problema é inevitável e até aqueles que aqui pagam de bonzinhos seriam contra a imigração se ela os prejudicasse seriamente. Simplesmente não há solução.

  4. Milhões de Portugueses ao longo dos tempos entraram ilegalmente noutros países e aí se fixaram e melhoraram a sua condição de vida, tendo certamente ainda ligações familiares com alguns dos que aqui vem opinar contra a entrada na UE dos migrantes que fogem da miséria………Ingratidão!!

RESPONDER

Macron e Modi manifestam vontade de "agir em conjunto" após disputa submarina

O Presidente Emmanuel Macron discutiu a cooperação na região Indo-Pacífico com o primeiro-ministro indiano Narendra Modi, esta terça-feira. O Presidente francês, Emmanuel Macron, e o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, conversaram esta terça-feira, em plena crise dos …

Académica treme: salários, último lugar e treinador de saída

Clube de Coimbra, tal como o Boavista, terá de comprovar que tem cumprido no pagamento dos salários. Em campo, mais uma derrota complicou a situação de Rui Borges. Ainda não há muitos anos, a Académica apareceu …

Marcelo discursou na ONU, lembrou Sampaio e mostrou total sintonia com Guterres

Marcelo Rebelo de Sousa lembrou nas Nações Unidas o antigo Presidente da República Jorge Sampaio, que morreu no dia 10 deste mês, aos 81 anos, pela sua atividade no acolhimento de refugiados. O chefe de …

Governo promete que preço da luz não vai aumentar (e anuncia pacote de 430 milhões)

Esta terça-feira, João Pedro Matos Fernandes, ministro do Ambiente e Ação Climática, anunciou um pacote de medidas no valor de 430 milhões de euros que visam travar a subida do preço da eletricidade no mercado …

"Alguma vez foi fácil?" Catarina Martins diz que Governo "tem pouca vontade" de discutir temas concretos

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, defendeu esta terça-feira que o Governo socialista “tem pouca vontade” de discutir questões concretas nas negociações do Orçamento do Estado para 2022, insistindo na necessidade de debater …

Fisco vai devolver 82 milhões no IVAucher

O programa IVAucher irá devolver aos contribuintes 82 milhões de euros, anunciou, esta terça-feira, António Mendonça Mendes. O secretário de Estado Adjunto e dos Assuntos Fiscais, António Mendonça Mendes, anunciou esta terça-feira que os contribuintes acumularam …

Creches passam a ser gratuitas para todas as crianças do 2.º escalão

Esta terça-feira, o Governo anunciou o alargamento da gratuitidade das creches a todas as crianças dos agregados do 2.º escalão de rendimentos da comparticipação familiar.  A creche passa a ser gratuita para todas as crianças de …

Bissouma disse que é o melhor médio na Premier League. O que dizem os números?

O jogador do Brighton & Hove Albion apresenta dados importantes, numa equipa que está no quarto lugar da Premier League. As declarações causaram algum impacto e também foram reproduzidas pelo ZAP: “Não quero ser arrogante, mas …

Governo britânico expôs acidentalmente identidade de mais de 250 tradutores afegãos

Os endereços eletrónicos de mais de 250 afegãos que colaboraram com as forças britânicas e procuram realocação no Reino Unido foram divulgados por engano pelo Ministério da defesa britânico. O Ministério da Defesa britânico expôs as …

Etna volta a entrar em erupção. É a segunda vez em menos de um mês

O vulcão Etna, em Itália, voltou a entrar erupção, espalhando rapidamente uma nuvem de fumo na parte oriental da ilha italiana da Sicília. O vulcão mais ativo da Europa entrou em erupção esta terça-feira. Segundo o …