Dentro de um microondas, as uvas cospem plasma (e os cientistas já sabem porquê)

Um dos vídeos mais intrigantes presenteou a Internet com uma uva, cortada ao meio, a arder dentro de um microondas. Agora, três físicos desmistificaram este fenómeno.

O estudo, recentemente publicado na PNAS, contradiz a teoria popular que afirma que as uvas criam plasma porque a energia no microondas carrega eletrólitos com muita água. Esta hipótese, entretanto confrontada, apontava que era criado um fluxo de energia entre os pedaços de fruta.

Na prática, era criada uma ponte de força que viajava através da casca, como um fio elétrico. Quando se acumulava energia suficiente, o plasma – gás ionizado que emite luz – era gerado entre as uvas.

No entanto, nesta nova investigação, os físicos chegaram à conclusão que, afinal, essa ponte não é necessária, uma vez que se as uvas não estivessem separadas por mais de três milímetros, era igualmente criada uma erupção muito semelhante.

Aliás, nem mesmo a casca, que (supostamente) carrega toda essa energia, é indispensável. Se a fruta for substituída por duas esferas de hidrogel sem pele, o mesmo fenómeno de faíscas reluzentes é observado.



Mas, afinal, por que cospem as uvas plasma quando entram no misterioso mundo encantado do microondas? Não é magia, é física. Na verdade, referem os cientistas, este fenómeno acontece com praticamente qualquer substituição esférica, ainda para mais se esta for aguada – tal como as metades de uva.

“Observar um pedaço de fruta a explodir em chamas no microondas é emocionante e memorável. No entanto, concentramos demasiada atenção no plasma e não na fonte da fagulha”, explicaram os cientistas envolvidos neste estudo.

Os especialistas decidiram então combinar imagens térmicas com simulações de computador, fazendo com que a nova pesquisa centrasse as atenção naquilo que os olhos humanos não conseguem observar.

Desta forma, as descobertas acabaram por revelar que, quando duas uvas inteiras estão próximas dentro de um microondas, é criado um tipo de vínculo que, por sua vez, resulta num ponto de energia em que ambas se ligam. No momento exato em que isso acontece, os cientistas conseguem registar maiores temperaturas e distribuições energéticas.

Khattak et al. / PNAS

Análise da temperatura das uvas no microondas

Isto significa que a energia do microondas não se acumula dentro da uva. Em vez disso, a energia é direcionada de ambos os pedaços para o mesmo local, formando assim um campo eletromagnético entre eles.

Uma vez que este campo eletromagnético se baseia inteiramente em energia, ele sobrecarrega os eletrólitos próximos, fazendo com que um jato de plasma seja projetado para o ar. “A absorção de microondas pela água serve para suprimir mecanismos internos e permitir que pontos quentes se formem numa determinada faixa“, explicaram os cientistas, citados pelo Live Science.

As fagulhas que emergem da uva, que durante duas décadas foram tratadas como uma brincadeira mal explicada da Internet, têm agora uma explicação. Mas, para bem do seu microondas, não tente esta experiência em casa.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

A linguagem de Benoit está a morrer. O senegalês quer salvá-la através da música

O senegalês Benoit Fader Keita está a usar o poder da música para salvar a sua linguagem, ménik, que tem apenas 3 mil falantes e está em risco de extinção. Benoit Fader Keita nasceu no Senegal …

Doença cerebral misteriosa intriga médicos no Canadá

 A doença misteriosa foi identificada, pela primeira vez, em 2015, num doente considerado um "caso isolado e atípico". Há quase dois anos, Roger Ellis desmaiou depois de ter tido uma convulsão durante o 40.º aniversário de …

Estudo sugere que há quatro tipos de Alzheimer

Uma equipa de investigadores sugere que há quatro tipos da doença de Alzheimer, que atacam diferentes zonas do cérebro e têm sintomas distintos. Um novo estudo sugere que o Alzheimer é uma doença bem mais complexa …

Jovens tentam salvar vidas na Índia através do Youtube. Plataforma elimina vídeos por serem "perigosos"

A Índia continua a debater-se com a grave crise sanitária desencadeada pela covid-19. Jovens indianos publicaram no Youtube vídeos a produzir oxigénio em casa, usando processos químicos ensinados nas escolas. A plataforma eliminou-os. De acordo com …

Shuvuuia era um dinossauro do tamanho de uma galinha, que caçava às escuras

Os investigadores descobriram que Shuvuuia, um pequeno dinossauro do tamanho de uma galinha, tinha uma excelente audição e visão noturna, que lhe permitiam caçar de noite. São poucas as aves que têm aquilo que é preciso …

Na China, é ilegal pedir comida em excesso nos restaurantes

A China aprovou uma lei anti-desperdício de alimentos que proíbe clientes de restaurantes de pedirem mais do que precisam, uma legislação abrangente pode prejudicar a experiência de comer fora de casa. A lei, que entrou em …

Sindicato de pilotos denuncia pedidos da TAP para voos em folga

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) denunciou pedidos da Transportadora Aérea Portuguesa (TAP) para que alguns trabalhadores efetuem voos em dias de folga, ao mesmo tempo que afirma ter pilotos em excesso. Num email …

Bayern Munique 'festeja' nono título consecutivo com goleada

O Bayern Munique coroou este sábado o seu nono título consecutivo na Liga alemã de futebol com uma goleada no triunfo diante do Borussia Moenchengladbach (6-0), num jogo com um hat-trick de Lewandowski. Antes de pisar …

A piscina infinita mais alta do mundo fica no Dubai

Haverá poucas coisas tão libertadoras como dar um mergulho numa piscina infinita com vista para o oceano. Agora, quem visitar o Dubai poderá fazê-lo numa piscina a quase 300 metros acima do nível do mar. Segundo …

"Polskie Babcie", as avós que lutam pela democracia na Polónia

Um grupo de idosas polacas organiza protestos, todas as semanas, para lutar pela democracia no país, governado pelo partido de direita nacional-conservador e democrata-cristão Lei e Justiça (PiS). É hora de ponta em Varsóvia, capital da …