Micróbio está a espalhar a sua resistência a antibióticos a outras bactérias

A resistência a antibióticos está a espalhar-se rapidamente em todo o mundo. Quando bactérias infeciosas sofrem certas mutações e depois se multiplicam, podem tornar-se resistentes até às drogas mais poderosas. 

Um novo estudo revela uma nova maneira alternativa preocupante pela qual a resistência aos antibióticos se pode espalhar: um organismo que transmite a sua resistência a outras bactérias vivas.

Em junho de 2012, um homem de 35 anos de São Paulo, no Brasil, viu-se no hospital com uma infinidade de problemas. Juntamente com um diagnóstico de cancro de pele, foi informado de que tinha uma infecção bacteriana potencialmente letal. Os médicos colocaram-no num curso de quimioterapia e antibióticos. O tratamento que matava bactérias parecia estar a fazer o seu trabalho. Porém, um mês depois, a febre causada por micróbios regressou.

O paciente tinha contraído a superbactéria MRSA (Staphylococcus aureus resistente à meticilina). A equipa médica procurou um dos antibióticos da “última linha de defesa”, o poderoso composto vancomicina. Essa estirpe de MRSA originalmente não tinha defesa natural contra a vancomicina mas, em agosto daquele ano, tinha-se tornado resistente, tornando o tratamento ineficaz.

Mais tarde, os cientistas descobriram que, em vez de adquirir resistência através de uma simples mutação, o MRSA tinha recebido um pedaço enorme de novo ADN. Dentro dessa cadeia de códigos genéticos doados estavam as instruções para proteínas que manteriam as bactérias protegidas do trabalho destrutivo do antibiótico.

O Enterococcus faecalis é normalmente descrito como um bactéria comensal – uma das nossas “boas bactérias- , que vive sem causar danos aos humanos. Os nossos tratos digestivos são uma colmeia de atividade microbiana, hospedando organismos unicelulares. O microbioma é importante para manter um intestino humano saudável, mas também ajuda a suprimir o lado sinistro de bactérias como o faecalis.

Quando pacientes com sistema imunológico enfraquecido passam por tratamentos com antibióticos, o lado indesejável pode florescer. Quando recebemos antibióticos, eliminam indiscriminadamente todas as bactérias que não têm defesas naturais, limpando o microbioma intestinal de muitos dos seus habitantes amigos. Mas o faecalis está intrinsecamente equipado com um arsenal de mecanismos de resistência natural dentro do seu ADN, permitindo que sobreviva.

Sem vizinhos opressivos ou um sistema imunológico capaz de mantê-los sob controlo, faecalis e os seus pares resistentes proliferam e prosperam, dividindo-se para se mudarem para o novo espaço disponível no intestino. Em pouco tempo, entram em contacto com os seus vizinhos resistentes e potencialmente causadores de doenças.

Quando as bactérias se juntam, podem trocar informações através de instruções codificadas em ADN. Isso é conhecido como transferência horizontal de genes, onde cópias do ADN se movem de uma célula para outra. E. faecalis tem as melhores informações para partilhar, informações que lhe permite sobreviver a antibióticos.

O faecalis tornou-se mesmo um dos principais responsáveis ​​pela resistência aos antibióticos. Um mecanismo de defesa usado pelas bactérias para se proteger contra códigos genéticos indesejados é o sistema CRISPR-cas9, que os cientistas também estão a usar agora como forma de editar o ADN. O sistema originou-se como um meio para as bactérias cortarem o ADN viral e outro código genético potencialmente perigoso em pedaços antes de causar danos.

E. faecalis já abrigou o sistema CRISPR-cas9, mas sacrificou o mecanismo de defesa para que todo o tipo de ADN pudesse entrar e permanecer dentro das paredes da célula. Essa era uma estratégia arriscada, mas acabou por ser útil, revelando meios para os faecalis adquirirem e transmitirem faixas de conhecimento genético. Foi através desse projeto de ganho e troca que o faecalis concedeu resistência à vancomicina ao MRSA.

Antibióticos desempenham um papel crítico na medicina moderna. São usados ​​rotineiramente no tratamento de doenças infeciosas, administrados preventivamente após a cirurgia e contribuíram para aumentar a expetativa de vida média em 20 anos em todo o mundo. Isso faz do combate à resistência a antibióticos um dos problemas mais urgentes enfrentados pela nossa espécie.

 

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Pontos quentes de radiação" detetados perto da zona olímpica de Fukushima

A Greenpeace disse esta quarta-feira que detetou "pontos quentes" de radiação perto do local partida do próximo lançamento da chama olímpica pelo Japão, escreve o jornal britânico The Guardian. A organização ambientalista diz que detetou …

Tubarões reúnem-se todos os anos em Israel (e não se sabe porquê)

Um grupo de investigadores iniciou a quinta temporada de um estudo de um fenómeno incomum: uma concentração de tubarões num lugar na costa mediterrânea de Israel. Os funcionários da Estação de Investigação Mrina Morris Kahn, da …

Casa Pia 0-3 FC Porto | Jogo desbloqueado na segunda parte

O FC Porto venceu hoje o Casa Pia por 3-0, na segunda jornada do Grupo D da Taça da Liga, mas precisou de 50 minutos para fazer o primeiro golo ao penúltimo classificado da II …

Quanto vale a vida do seu cão (e a importância que isso tem)

Quanto vale a vida do seu cão? A resposta a esta pergunta pode ser mais importante do que aquilo que pensa e pode mudar drasticamente o preço que pagamos pela sua saúde e bem-estar. Os norte-americanos …

Asteróide passará esta sexta-feira pela Terra a 27.000 km/hora

Um asteróide de grandes dimensões passará pela Terra, atingindo o seu ponto mais próximo do nosso planeta esta sexta-feira, dia 6 de dezembro. O corpo celeste, importa frisar, não representa qualquer perigo para o Homem. …

Banco de França vai testar moeda digital em 2020

O governador do Banco de França anunciou na quarta-feira o lançamento de testes no próximo ano para uma moeda digital, que pode servir de precedente para uma iniciativa do mesmo tipo à escala da zona …

Atlético de Madrid na corrida por Gabigol

O Atlético de Madrid entrou na corrida pela contratação de Gabigol, o artilheiro que está ao serviço do Flamengo por empréstimo do Inter de Milão. A notícia é avançada pelo jornal italiano Gazzetta Dello Sport, …

Australiana condenada a prisão por ter mentido no currículo

Uma australiana de 45 anos foi condenada a um ano de prisão efetiva por ter mentido no seu currículo para conseguir uma vaga no Governo regional, conta esta quinta-feira a ABC Australia. Veronica Hilda Theriault foi …

Homem da comunicação de Rui Rio pertence à maçonaria

João Tocha, o homem que o líder do PSD escolheu para fazer parte da sua comunicação, é maçon, avança a revista Visão esta quinta-feira. Em declarações à Visão, João Tocha, iniciado no Grande Oriente Lusitano …

Marco Silva despedido do Everton

O treinador português Marco Silva foi hoje despedido pelo Everton, clube da Primeira Liga inglesa de futebol, um dia depois do desaire por 5-2 no reduto do rival da cidade, o campeão europeu Liverpool. “O Everton …