Micróbio está a espalhar a sua resistência a antibióticos a outras bactérias

A resistência a antibióticos está a espalhar-se rapidamente em todo o mundo. Quando bactérias infeciosas sofrem certas mutações e depois se multiplicam, podem tornar-se resistentes até às drogas mais poderosas. 

Um novo estudo revela uma nova maneira alternativa preocupante pela qual a resistência aos antibióticos se pode espalhar: um organismo que transmite a sua resistência a outras bactérias vivas.

Em junho de 2012, um homem de 35 anos de São Paulo, no Brasil, viu-se no hospital com uma infinidade de problemas. Juntamente com um diagnóstico de cancro de pele, foi informado de que tinha uma infecção bacteriana potencialmente letal. Os médicos colocaram-no num curso de quimioterapia e antibióticos. O tratamento que matava bactérias parecia estar a fazer o seu trabalho. Porém, um mês depois, a febre causada por micróbios regressou.

O paciente tinha contraído a superbactéria MRSA (Staphylococcus aureus resistente à meticilina). A equipa médica procurou um dos antibióticos da “última linha de defesa”, o poderoso composto vancomicina. Essa estirpe de MRSA originalmente não tinha defesa natural contra a vancomicina mas, em agosto daquele ano, tinha-se tornado resistente, tornando o tratamento ineficaz.

Mais tarde, os cientistas descobriram que, em vez de adquirir resistência através de uma simples mutação, o MRSA tinha recebido um pedaço enorme de novo ADN. Dentro dessa cadeia de códigos genéticos doados estavam as instruções para proteínas que manteriam as bactérias protegidas do trabalho destrutivo do antibiótico.

O Enterococcus faecalis é normalmente descrito como um bactéria comensal – uma das nossas “boas bactérias- , que vive sem causar danos aos humanos. Os nossos tratos digestivos são uma colmeia de atividade microbiana, hospedando organismos unicelulares. O microbioma é importante para manter um intestino humano saudável, mas também ajuda a suprimir o lado sinistro de bactérias como o faecalis.

Quando pacientes com sistema imunológico enfraquecido passam por tratamentos com antibióticos, o lado indesejável pode florescer. Quando recebemos antibióticos, eliminam indiscriminadamente todas as bactérias que não têm defesas naturais, limpando o microbioma intestinal de muitos dos seus habitantes amigos. Mas o faecalis está intrinsecamente equipado com um arsenal de mecanismos de resistência natural dentro do seu ADN, permitindo que sobreviva.

Sem vizinhos opressivos ou um sistema imunológico capaz de mantê-los sob controlo, faecalis e os seus pares resistentes proliferam e prosperam, dividindo-se para se mudarem para o novo espaço disponível no intestino. Em pouco tempo, entram em contacto com os seus vizinhos resistentes e potencialmente causadores de doenças.

Quando as bactérias se juntam, podem trocar informações através de instruções codificadas em ADN. Isso é conhecido como transferência horizontal de genes, onde cópias do ADN se movem de uma célula para outra. E. faecalis tem as melhores informações para partilhar, informações que lhe permite sobreviver a antibióticos.

O faecalis tornou-se mesmo um dos principais responsáveis ​​pela resistência aos antibióticos. Um mecanismo de defesa usado pelas bactérias para se proteger contra códigos genéticos indesejados é o sistema CRISPR-cas9, que os cientistas também estão a usar agora como forma de editar o ADN. O sistema originou-se como um meio para as bactérias cortarem o ADN viral e outro código genético potencialmente perigoso em pedaços antes de causar danos.

E. faecalis já abrigou o sistema CRISPR-cas9, mas sacrificou o mecanismo de defesa para que todo o tipo de ADN pudesse entrar e permanecer dentro das paredes da célula. Essa era uma estratégia arriscada, mas acabou por ser útil, revelando meios para os faecalis adquirirem e transmitirem faixas de conhecimento genético. Foi através desse projeto de ganho e troca que o faecalis concedeu resistência à vancomicina ao MRSA.

Antibióticos desempenham um papel crítico na medicina moderna. São usados ​​rotineiramente no tratamento de doenças infeciosas, administrados preventivamente após a cirurgia e contribuíram para aumentar a expetativa de vida média em 20 anos em todo o mundo. Isso faz do combate à resistência a antibióticos um dos problemas mais urgentes enfrentados pela nossa espécie.

 

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Rio tentado a recandidatar-se por temer pelo futuro do PSD

O atual líder do PSD, Rui Rio, pondera uma recandidatura ao cargo por temer pelo futuro do partido, escreve o jornal Público esta sexta-feira. Rui Rio pouco ou nada tem revelado sobre a decisão: desde as …

Adiamento do Brexit ainda em cima da mesa. Juncker fala em situação "extremamente complicada"

Apesar de Londres ter chegado a acordo com Bruxelas, o acordo ainda não passou pelo Parlamento britânico. Em cima da mesa continua o adiamento do Brexit. Os líderes mundiais mostram-se agradados e, acima de tudo, aliviados …

O adeus dos campeões. Alverca provoca hecatombe "leonina" na Taça de Portugal

O Sporting deixou-se surpreender pelo Alverca na terceira eliminatória da Taça de Portugal. Os ribatejanos bateram os 'leões' por 2-0, num jogo em que Varandas admitiu ter ficado envergonhado. A caminhada do Sporting na Taça de …

Rui Pinto encriptou dez discos externos. PJ não consegue descodificá-los

A Polícia Judiciária não consegue aceder a dez discos externos encriptados pelo hacker Rui Pinto. Desta forma, as autoridades podem estar a não conseguir obter provas essenciais à investigação. Em janeiro, as autoridades apreenderam doze discos …

Caso do bebé sem rosto. Médico que fez ecografias já teve pelo menos oito queixas na Ordem

O médico obstetra que fez as ecografias a Rodrigo, o bebé de dez dias que nasceu no Hospital de São Bernardo, em Setúbal, sem rosto, foi alvo de pelo menos oito queixas na Ordem dos …

Todos os europeus são descendentes de uma mesma pessoa (e é da realeza)

Todos temos um pai e uma mãe biológicos que, por sua vez, tiveram os seus pais biológicos, por isso todos temos dois avôs e duas avós. Se seguirmos a sequência - oito bisavós, dezasseis trisavós, etc …

Miguel Pinto Luz é candidato à liderança do PSD

O vice-presidente da Câmara de Cascais anunciou, esta sexta-feira, que se vai candidatar à liderança do PSD para suceder a Rui Rio. Foi através de um vídeo publicado no YouTube que Miguel Pinto Luz, vice-presidente da …

Roubo de dinheiro pode ser deduzido no IRC em casos excepcionais

O roubo de valores em dinheiro pode ser usado pela empresa afetada como uma dedução ao lucro tributável desde que este tenha ocorrido em condições muito excecionais, como o envolvimento de armas de fogo, esclarece …

Baleias usam "redes de bolhas" para caçar as suas presas (e um vídeo raro prova-o)

https://vimeo.com/367029392 Alguns cetáceos, como as baleias jubarte, usam "redes" para caçar as suas presas. Os animais mergulham e nadam em forma de anel em redor das suas presas, soprando bolhas à medida que avançam. O anel ascendente …

Assunção Cristas vai deixar o Parlamento

A líder demissionária do CDS-PP, Assunção Cristas, vai renunciar ao mandato de deputada, mas ficará na Assembleia da República até ao próximo congresso, em 25 e 26 de janeiro de 2020. O anúncio foi feito esta …