Trinta anos depois, MI6 pede desculpa por ter banido espiões gays

(cv)

Richard Moore, chefe do MI6.

Richard Moore pediu desculpa ” pela forma como colegas e concidadãos LGBT+ foram tratados”, tendo-lhes sido negada a oportunidade de servir o país no MI6.

O chefe do MI6, o serviço secreto de inteligência do Reino Unido, pediu desculpas pelo banimento “equivocado, injusto e discriminatório” de espiões gays, 30 anos depois de a restrição ter sido suspensa. Richard Moore fez o pedido público de desculpas, na semana passada, através da sua conta no Twitter.

“Marcando o aniversário de 30 anos da suspensão da proibição de funcionários LGBT+ em agências de inteligência em 1991, peço desculpas em nome do MI6 pela forma como colegas e concidadãos LGBT+ foram tratados e expresso o meu pesar por todos cujas vidas foram afetadas”, lê-se na publicação divulgada.

Embora as relações entre pessoas do mesmo sexo tenham sido descriminalizadas no Reino Unido em 1967, só em 1991 é que o MI6 pôs um fim à proibição de agentes LGBT.

“Por causa dessa política […] pessoas leais e patrióticas viram os seus sonhos de servir o seu país no MI6 destruídos”, disse Moore, citado pelo The Telegraph.

Nas entrevistas de verificação de segurança para funcionários do MI6 ainda são questionadas as preferências sexuais. No entanto, estas informações são apenas usadas para entender melhor os relacionamentos íntimos do indivíduo, assegura o jornal britânico.

Especialistas em segurança reconhecem que as práticas sexuais não têm mais o potencial de chantagem nos países ocidentais que tinham no passado.

O mais conhecido caso de um agente afetado pela proibição de espiões gays foi o caso de Alan Turing. O matemático britânico é amplamente considerado o pai da ciência da computação teórica e da Inteligência Artificial. Foi responsável pela criação da Máquina de Turing, um modelo abstrato de um computador.

Turing também se envolveu na construção de máquinas físicas para quebrar os códigos secretos das comunicações alemãs durante a Segunda Guerra Mundial. Estima-se que o seu trabalho encurtou a guerra na Europa em mais de dois anos e salvou mais de 14 milhões de vidas.

Apesar disso, Turing nunca foi totalmente reconhecido em seu país de origem durante sua vida por ser homossexual. Acabaria por cometer suicídio em 1954 e apenas recebeu um perdão real em 2009.

A sua história é retratada no filme “O Jogo da Imitação”, de 2014, que recebeu o Óscar para Melhor Guião Adaptado e foi indicado para o Óscar de Melhor Filme. Alan Turing é interpretado pelo ator Benedict Cumberbatch, que esteve nomeado para o Óscar de Melhor Ator.

Daniel Costa Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Já pode "adotar" um pedaço de Notre-Dame para ajudar na sua reconstrução

Uma organização está a dar a oportunidade de o público ajudar na reconstrução de artefactos específicos da catedral de Notre-Dame, em França, que foi parcialmente destruída por um incêndio em 2019. De acordo com a cadeia …

Proporção divina identificada na gerbera

Descobrir como se formam os padrões distintos e omnipresentes das cabeças das flores tem intrigado os cientistas há séculos. Quando se pede a alguém que desenhe um girassol, quase todas as pessoas desenham um grande círculo …

Audi apresenta o novo Q4 e-tron que traz uma autonomia até 520 km

Ainda antes do verão, a Audi vai colocar no mercado o seu primeiro SUV elétrico concebido de raiz e não adaptado a partir de uma plataforma concebida para motores a combustão. O Q4 e-tron destaca-se pela …

Vanuatu em alerta depois de um corpo com covid-19 ter dado à costa

Vanuatu proibiu viagens de e para a sua principal ilha três dias depois de ter dado à costa um corpo de um pescador filipino, que testou positivo à covid-19. De acordo com a Radio New Zealand, …

Cientistas russos querem criar a primeira vacina comestível contra a covid-19

O Instituto de Medicina Experimental de São Petersburgo, na Rússia, anunciou o seu plano de concluir dentro de um ano os testes pré-clínicos da primeira vacina comestível do mundo contra o novo coronavírus. Em entrevista à …

Em plena crise política, o país mais pobre das Américas ainda não recebeu nenhuma vacina

Numa altura em que a maior parte dos países já têm o processo de vacinação a decorrer, o governo do Haiti ainda não garantiu uma única dose da vacina contra o coronavírus. O país mais pobre …

Afinal, Leonardo da Vinci não esculpiu o busto de Flora

Está terminada a controvérsia que durou mais de cem anos após a aquisição do Busto de Flora em 1909, por Wilhelm von Bode. A datação por radiocarbono revelou, recentemente, que a obra não foi …

Crise climática "implacável" intensificou-se em 2020, diz relatório da ONU

Houve uma intensificação "implacável" da crise climática em 2020, com a queda temporária nas emissões de carbono devido ao confinamento a ter um impacto pouco significativo nas concentrações de gases de efeito de estufa, revelou …

Já se sabe o que causou a misteriosa "tempestade de asma", que vitimou dez pessoas em 2016

Em 2016, na cidade de Melbourne, aconteceu o evento de "tempestade de asma" mais grave do mundo. Os cientistas descobriram agora o culpado. No dia 21 de novembro de 2016, as urgências de um hospital em …

Carlos César reivindica papel do PS na construção da democracia e no combate à corrupção

O presidente do PS defendeu, esta segunda-feira, que se deveu ao seu partido o aprofundamento da democracia e os avanços no combate à corrupção, embora admitindo desvios", "erros" e "omissões num ou outro momento da …