Mexicana rapta mãe de sequestrador para trocar pelo marido raptado

“Troco a vida do meu marido pela sua mãe”. Foi a exigência de Yadira Guillermo, mulher de um engenheiro sequestrado no Estado de Guerrero, que elevou a um novo patamar a insegurança sentida pelos cidadãos no sul do México.

Guerrero é o Estado mais violento do México, onde a pobreza é algo comum e o narcotráfico controla plantações de papoila para a produção de heroína nas regiões montanhosas.

Ao contrário de outros casos no país, em que os cidadãos se organizam e formam as chamadas patrulhas de autodefesa ou milícias, neste caso foi tomada uma atitude bem mais radical.

A mãe de Raybel Jacobo de Almonte, chefe de uma fação criminosa conhecida como “Los Tequileros”, foi feita refém pela milícia de San Miguel Totolapan com o objetivo de negociar a libertação de Isauro de Paz, que teria sido sequestrado uns dias antes.

O grupo “Los Tequileros” surgiu de uma cisão do cartel La Familia Michoacana, que controlava a região conhecida como Tierra Caliente de Guerrero.

“Assim que entregarem meu marido, devolvo a sua mãe. Mas quero que ele volte são e salvo”, afirmou Yadira Guillermo, num vídeo divulgado na imprensa e na Internet.

Num outro vídeo publicado no YouTube, a mãe de Raybel Jacobo de Almonte apela aos narcotraficantes que entreguem o engenheiro sequestrado.

“Olha, filho, se tens o engenheiro, entrega-o por favor. Se o tens, confio que o vais entregar”, disse.

Esta quarta-feira, o engenheiro foi libertado, juntamente com outras 19 pessoas que teriam sido sequestradas. No mesmo dia, Yadira Guillermo cumpriu o prometido e entregou a refém, mas à polícia do Estado.

Agora, os criminosos do grupo “Los Tequileros” prometeram vingança e ameaçam atacar a cidade.

Cidade em pé de guerra

Guerrero é o terceiro Estado mais pobre do México. Segundo as autoridades locais, nos primeiros 10 meses deste ano foram registados 1.832 homicídios, 62 sequestros e 178 casos de extorsão.

“Já não estamos dispostos a continuar como espetadores e indiferentes a tanto sangue derramado”, disse num vídeo um homem com o rosto coberto, que se apresentou como porta-voz do Movimento Totolapense pela Paz.

“Cansados de tanta insegurança, de tanto medo, de tantas injustiças e humilhações, sequestros, extorsões e tantas mortes injustas, de familiares, vizinhos, irmãos, decidimos levantar a voz e dizer às pessoas que já chega”.

A situação é tensa em San Miguel Totolapan, pois os cidadãos temem que os narcotraficantes cumpram as ameaças e haja represálias.

Diante da possibilidade de um conflito armado entre as brigadas populares e os criminosos, foram enviados para a cidade 220 homens das forças de segurança pelo Grupo de Coordenação Guerrero (GCG), um conselho de segurança formado por representantes do governos federal e estatal.

Negociações tensas

“É um processo muito delicado. Quando se trata de um sequestro é sempre assim, cada minuto conta”, disse o porta-voz do GCG, Roberto Álvarez, à BBC.

Além da mãe do traficante, a milícia raptou 23 pessoas, que acusou de ter ligações com os Tequileros. Uma negociação, mediada pelas autoridades de Guerrero, permitiu que cinco pessoas fossem libertadas.

O governador de Guerrero, Héctor Astudillo, considera a situação “preocupante” e diz que as autoridades querem evitar um “confronto”.

“Vamos tentar resolver esta situação com cautela, com inteligência, mas este é um assunto que deve ser encerrado. Não é possível que cada vez que alguém queira realizar um sequestro, simplesmente o faça”, afirmou o governador.

Governo estadual admite falhas

As autoridades mexicanas asseguram que os 120 militares, 60 policiais federais e 40 policiais do Estado enviados para a região montanhosa de San Miguel Totolapan estão prestes a prender o líder dos Tequileros.

Segundo as autoridades, em San Miguel Totolapan “há um grande cultivo de psicoativos, especialmente papoila e marijuana”, o que provoca uma disputa por territórios entre as fações de narcotraficantes.

“Os grupos criminosos precisam de dinheiro e recorrem ao sequestro e à extorsão“, disse o porta-voz do GCG.

O governador do Estado admite que “lamentavelmente a situação degenerou-se para um conflito que foi crescendo” e que provoca “uma sensação justificada” da população que está indefesa diante dos criminosos.

Yadira Guillermo foi a única pessoa que se atreveu a mostrar a cara nos vídeos divulgados pela comunidade.

“Por tudo o que a minha família passou ao longo destes dias, e por todo o grupo que aqui está, eu responsabilizo-o, senhor Héctor Astudillo, já que nunca fez nada por esta gente. Já estamos cansados”, disse Yadira Guillermo, falando acerca do governador de Guerrero.

ZAP / BBC

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Bem, começo por dizer que é uma mulher “de armas”.
    Fez o “trabalho de casa” muito bem e provou que ama o marido.
    Poucas mulheres teriam os “tomates” desta. Valente. Adorei a notícia mas sobretudo, a genica, criatividade, atitude, organização e empenhamento que revelou. Só espero que a justiça mexicana agora não a penalize a ela e safe o jagunço que lhe raptou o marido.

  2. Podemos ir ao cerne da questão?
    Se fossem legalizados o consumo e venda de drogas, e fosse liberada a possibilidade de plantação de papoila e de marijuana ou cannabis em qualquer lugar, deixaria de haver “disputa de território”? Logo, aumentada a oferta generalizada, a procura baixa consideravelmente. E deixaria de haver “monopólio”? Todos teriam acesso à sua “planta”? Para quê pagar pela “maconha” do México, se a tiver perto de casa? E muito mais barata? E legal?

RESPONDER

Gestor de ativos norte-americano diz que o ouro é o "verdadeiro bitcoin" (e explica porquê)

Um gestor de ativos norte-americano disse, em entrevista à CNBC, que acredita que o outro é o "verdadeiro bitcoin" - e explicou porquê. O preço do ouro, "investimento-refúgio" racional para investidores em tempos de crise …

Fortuna de Jeff Bezos não pára de engordar. Acabou de atingir um novo recorde

A fortuna do fundador e CEO da Amazon, Jeff Bezzos, acaba de quebrar um novo recorde ao atingir os 182,6 mi milhões de dólares. Os números foram avançados esta semana pela revista Forbes, que detalha que …

Portugal não pode chegar ao inverno com a situação atual, alerta epidemiologista

Portugal corre o risco de não conseguir responder a um ressurgimento de casos de covid-19 no inverno, afirmou este sábado o médico de Saúde Pública Ricardo Mexia, considerando que o país não pode chegar a …

Pela primeira vez, nasceu um raro par de elefantes gémeos no Sri Lanka

Um raro par de elefantes gémeos foi encontrado num parque nacional no Sri Lanka. É a primeira vez que o país regista crias gémeas, que são extremamente raros em elefantes. Os dois animais, que terão entre …

Teste aos forcados e lotação reduzida. Publicadas as novas regras para as touradas

A temporada taurina retoma com praças com lotação de 50%, uma reivindicação do sector que viu este sábado ser publicada pela Inspeção-Geral das Atividades Culturais (IGAC) uma acualização às normas discutidas com a DGS. “O que …

Trump propôs "vender" Porto Rico após a passagem do furacão Maria, revela ex-funcionária

Elaine Duke, ex-secretária adjunta de Segurança Interna do presidente dos EUA disse que Donald Trump propôs "alienar" ou "vender" a Comunidade de Porto Rico depois de a ilha ser atingida pelo furação Maria, em 2017. "As …

Catarina Martins atira-se a Rio. Líder do PSD está a fazer "um favor" a Costa no fim dos debates

A coordenadora do Bloco de Esquerda fez este sábado um duro ataque ao líder do PSD, que acusou de fazer um favor ao primeiro-ministro. Catarina Martins considerou “extraordinário” que o líder do maior partido da oposição …

Fraudes em subsídios europeus atingem 2,3 mil milhões. Dava para salvar a TAP (duas vezes)

Uma investigação levada a cabo pela Polícia Judiciária (PJ) concluiu que os casos de fraude na obtenção e desvio de fundos públicos, nos últimos dez anos, ascendem a cerca de 2,3 mil milhões de euros. Os …

Sem ganho económico e muitas mortes. O que dizem os dados da controversa estratégia sueca

A estratégia relaxada da Suécia contra a covid-19 gerou várias críticas. Os números mostram que tanto a nível sanitário como económico, o país saiu a perder. O Governo sueco não impôs um confinamento à população e, …

Irão diz que avião ucraniano foi abatido devido a erro humano

Um erro humano relacionado com um mau ajuste do radar militar foi a causa do acidente com o boeing ucraniano abatido em 8 de janeiro perto de Teerão, Irão, provocando 176 mortos, concluiu o relatório …