Novo método não-invasivo permite diagnosticar cancro cerebral sem fazer incisões

Diagnosticar tumores cerebrais pode ser difícil e muito invasivo. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu um método para detetar cancro no cérebro sem ser necessária qualquer incisão.

Os tumores cerebrais são normalmente diagnosticados através de imagens de ressonância magnética, uma vez que a colheita de uma amostra para uma biópsia do tecido é arriscada e pode não ser possível devido à localização do tumor ou às más condições de saúde do paciente.

Investigadores da Universidade de Washington, em St. Louis, estão a desenvolver um método para diagnosticar tumores cerebrais sem ser necessária qualquer incisão.

O método é desenvolvido por uma equipa liderada por Hong Chen, professora assistente de engenharia biomédica na McKelvey School of Engineering e de radiação oncológica na School of Medicine, e usa energia ultrassónica para atingir tumores nas profundezas do cérebro.

Quando o tumor é localizado, os investigadores injetam microbolhas no sangue que viajam para o tecido visado pela ecografia e estouram, causando pequenas ruturas na barreira hematoencefálica. As ruturas permitem que biomarcadores, como ADN, ARN e proteínas, do tumor atravessem essa barreira e sejam libertados no sangue, que pode ser testado com uma colheita de sangue, chamada biópsia líquida.

Chen e a sua equipa têm trabalhado no seu método de biópsia líquida habilitada por ecografia (FUS-LBx) durante vários anos, conduzindo um estudo de viabilidade em camundongos, seguido por um estudo de avaliação de segurança em camundongos e, mais recentemente, outro estudo em porcos jovens, que têm uma espessura de crânio semelhante à dos humanos.

A equipa teve sucesso na medição de dois biomarcadores específicos do cérebro usando FUS-LBx em sete dos oito porcos que usaram e não encontraram danos nos tecidos cerebrais após o procedimento.

Embora a biópsia líquida à base de sangue tenha sido usada em pacientes humanos com outros tipos de cancro para medicina personalizada, estender o método ao cancro cerebral em humanos continua a ser um desafio.

“A ressonância magnética fornece apenas informações anatómicas sobre o tumor cerebral”, disse Chris Pacia, estudante de doutorado em engenharia biomédica e autor do estudo, em comunicado. “O FUS-LBx pode ser integrado na prática clínica futura como um complemento à ressonância magnética e biópsias de tecido para fornecer informações moleculares do tumor.”

“O impacto potencial desta técnica pode ser enorme – e não só para o diagnóstico de tumor cerebral. Este método pode ser aplicado ao diagnóstico de outras doenças cerebrais”, explicou Chen.

Agora, a equipa de Chen quer fazer mais estudos para entender melhor e otimizar a tecnologia enquanto se prepara para testes clínicos em humanos.

Este estudo foi publicado em maio na revista científica Nature.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Avião da TAP retido na Venezuela regressa a Lisboa hoje

O avião da TAP que ficou retido na Venezuela por causa de uma carga de cocaína regressa nesta quinta-feira a Lisboa, assim como a tripulação, disse à agência Lusa fonte oficial da empresa aérea portuguesa. Segundo …

Marcelo convida Ramalho Eanes para presidir comemorações dos 50 anos do 25 de Abril

O presidente da República em funções, Marcelo Rebelo de Sousa, convidou o ex-presidente da República Ramalho Eanes para presidir as comemorações dos 50 anos do 25 de Abril. O convite dirigido ao general Ramalho Eanes, um …

Vacinas contra a covid-19 para menores de 16 anos podem ser aprovadas em breve

Vacinas contra a covid-19 para menores de 16 anos podem ser aprovadas em breve. Contudo, os especialistas têm dúvidas em relação à necessidade de vacinar os mais jovens. Atualmente há apenas uma vacina contra a covid-19, …

Netanyahu não conseguiu formar Governo em Israel. Segue-se Lapid

Esta quarta-feira, Reuven Rivlin, Presidente de Israel, chamou Yair Lapid, líder do partido Yesh Atid, para lhe entregar a responsabilidade de formar um Governo que consiga o apoio do Knesset (Parlamento). O partido de Yair Lapid, …

Almofada de prevenção contra a pandemia. Câmara de Lisboa quer pedir 20 milhões à banca

A Câmara Municipal de Lisboa quer contrair um empréstimo de 20 milhões de euros junto do BPI, uma almofada de prevenção para fazer face às despesas correntes emergentes do combate à pandemia de covid-19. O Público …

Resort Zmar

BES, falência e um fundo abutre. Resort Zmar "deve 60 milhões de euros ao Estado"

Os proprietários das casas privadas do empreendimento turístico Zmar, na Zambujeira do Mar, em Odemira, continuam a protestar contra o alojamento de imigrantes por causa da covid-19. Isto numa altura em que se revela que …

Há estranhas rádios-fantasma na Rússia (e exploradores entraram numa delas)

Aos 14 anos, um jovem comprou um rádio de ondas curtas e estava a testá-lo quando encontrou a transmissão errada - uma rádio fantasma. Imagine que é um entusiasta da rádio, sozinho à noite, a trabalhar …

Deputado do Bloco acusado de violência doméstica avança com queixa em tribunal

Catarina Alves, ex-namorada do deputado Luís Monteiro, acusa-o de violência doméstica. O bloquista nega as acusações e diz que vai apresentar queixa no tribunal. Luís Monteiro vai apresentar queixa contra a ex-namorada que o acusou de …

Gestão do Novo Banco vai receber bónus de 3,9 milhões em 2022

A equipa de administração do Novo Banco tem à sua espera um bónus de 3,9 milhões de euros no próximo ano. O banco registou prejuízos de 1.329 milhões de euros no ano passado. O Novo Banco …

Ainda não há planos para vacinar voluntários com AstraZeneca e J&J (nem dados sobre combinação de vacinas)

A vacinação de voluntários com menos de 60 ou 50 anos que aceitem receber as vacinas da AstraZeneca ou da Johnson & Johnson ainda não tem planos ou datas para arrancar. A Comissão de vacinação …