Messi admite que pensou deixar o Barcelona

Quique Garcia / EPA

Lionel Messi, do FC Barcelona, admitiu esta quarta-feira, numa entrevista à rádio catalã RAC1, que admitiu sair de Espanha, após um problema com o fisco, que envolveu outros jogadores, como Cristiano Ronaldo, porque se sentiu maltratado.

“Foi uma época em que eu e a minha família passámos muito mal. Fui o primeiro [visado pelo fisco] e foi por isso que foi tão difícil. Mostraram que, começando por mim, podiam chegar a qualquer jogador e assim foi”, afirmou Lionel Messi.

Na altura, durante as acusações de fuga ao fisco de que era alvo pela agência tributária espanhola, Messi chegou a equacionar jogar noutro país, não por pretender deixar o FC Barcelona, mas por não se sentir bem em Espanha.

“Senti-me muito maltratado e não queria estar aqui. Tive muitas portas abertas, mas nunca uma proposta oficial porque todos sabiam do meu desejo de continuar [no FC Barcelona]”, disse Messi, que tem já a sua situação fiscal resolvida.

Neste momento, o argentino diz não se imaginar a jogar noutro clube ou a morar noutro lugar que não seja a capital catalã e admite mesmo terminar a carreira no FC Barcelona. “Hoje, está cada vez mais claro que a minha ideia e a da minha família é a de terminar aqui. Primeiro, pelo modo como estou no clube e pelo que sinto por ele. Segundo, pelo aspeto familiar, por nos sentirmos bem na cidade”, disse o argentino.

Messi recordou que os seus filhos “são catalães” e que a sua vida e os seus amigos estão na Catalunha. Esta é a principal razão pela qual não há mudança de ar: “Quando criança, eu vivi isso e não gostaria que eles passassem pela mesma coisa”.

O argentino natural de Rosário admitiu que jogar no Newell’S Old Boys, o clube em que jogou antes de assinar pelo FC Barcelona aos 12 anos, é “um sonho” que tem desde muito jovem, mas certamente não se realizará.

Messi, que aos 32 anos não sabe quantos mais continuará a jogar, gostaria de “viver a aventura” de experimentar o futebol argentino como profissional, mas defende que, quando pensa nisso, coloca a família em primeiro.

“Eu pondero todos os anos [a continuação]. Já entrei numa idade em que começa a custar. É normal e lógico. Mas não direi que jogarei até os 35 ou 36 anos e depois descubro que já não me mexo. Quero jogar, mas bem”, disse o argentino.

Debelada a lesão que o limitou no início da época, Lionel Messi tranquilizou os adeptos catalães, garantindo que estará brevemente ao mais alto nível, e assegura que o FC Barcelona tem um plantel que pode ganhar todas as competições em que está envolvido.

Questionado se não se sentiria desiludido se não tivesse vencido este ano a sua sexta Bola de Ouro, um prémio para o qual também concorria Cristiano Ronaldo, Messi relativizou as distinções individuais, que “são um lindo reconhecimento, mas não uma prioridade”. “Deceção seria passar mais um ano sem ganhar a Liga dos Campeões. Este é o objetivo de todos: voltar a conquistar este troféu, que há quatro ou cinco anos não erguemos, e trazê-lo novamente para Barcelona”, rematou.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas descobrem um novo benefício de tomar chá

https://vimeo.com/366605754 Se já se sabia que beber chá era bom para a nossa saúde, uma nova investigação vem confirmar ainda mais essa ideia. Cientistas encontraram no chá um novo benefício para o nosso cérebro. Várias investigações apontam …

Governo da Escócia quer novo referendo sobre independência em 2020

A ministra principal da Escócia e líder do Partido Nacionalista Escocês (SNP), Nicola Sturgeon, afirmou esta terça-feira que quer um novo referendo sobre a independência em 2020 e abrir negociações com Londres até ao fim …

As bactérias contradizem Darwin: a mais apta não sobrevive

Uma recente investigação levada a cabo pela Universidade de Copenhaga, na Dinamarca, revela que, no que diz respeito às bactérias, a "sobrevivência das mais cooperativas" excede a "sobrevivência das mais fortes". As bactérias são capazes de …

A Via Láctea roubou minúsculas galáxias à sua vizinha

Utilizando dados obtidos pelo Telescópio Gaia, os cientistas chegaram à conclusão que a Via Láctea "sequestrou" galáxias da Grande Nuvem de Magalhães, uma outra galáxia que a orbita. No nosso Universo, a regra é orbitar: a …

Pode ter sido encontrada (e ignorada) vida em Marte em 1976, defende antigo cientista da NASA

O antigo cientista da agência espacial norte-americana Gilbert V. Levin afirma que foram encontradas evidências de vida em Marte na década de 70. No entender do especialista, deviam ter sido levado a cabo mais investigações …

Era marketing. Fortnite voltou (e está diferente)

Depois de 10 temporadas, um buraco negro engoliu a ilha na qual diariamente milhões de jogadores tentavam sobreviver, matando-se uns aos outros. Durante um dia e meio, ninguém podia jogar. O susto acabou esta terça-feira, …

Cientistas determinam o que diminui a fertilidade das mulheres com o avanço da idade

Investigadores da Universidade de Copenhaga mapearam alguns dos mecanismos que podem afetar a fertilidade das mulheres desde a adolescência até a menopausa. A fertilidade natural das mulheres flutua entre altos e baixos na forma de uma …

Dono do Paris Saint-Germain quer comprar o Leeds (e torná-lo no novo Manchester City)

A Qatar Sports Investments (QSI), empresa que é detida por Nasser Al Khelaifi, quer dar o salto para o mercado inglês e adquirir o Leeds United, emblema que milita atualmente no segundo escalão. Na semana em …

Município italiano proíbe Google Maps. App faz com que muitas pessoas se "percam"

O autarca do município italiano de Baunei, na Sardenha, proibiu o uso do Google Maps na região, argumentando que "muitas" pessoas se perderam por causa de "sugestões enganosas" do serviço de localização. A informação é …

Pedalar mais dá direito a prémios. Tecnologia portuguesa desperta interesse de Copenhaga

Depois de se ter estreado em Matosinhos e de ter despertado interesse em Nova Iorque, um programa português que premeia comportamentos de mobilidade ambientalmente sustentáveis chamou a atenção em Copenhaga. O AYR, desenvolvido pela empresa CEiiA …