Ter sempre o mesmo médico reduz o risco de morte

Um estudo publicado recentemente concluiu que ser sempre acompanhado pelo mesmo médico reduz a taxa de mortalidade.

Investigadores da Universidade de Exeter e da Universidade de Manchester, no Reino Unido, concluíram que ser sempre acompanhado pelo mesmo médico reduz o risco de morte.

Até agora, sabia-se que as pessoas que veem sempre o mesmo médico são mais propensas a seguirem as suas indicações, a ter as vacinas em dia e a irem menos vezes aos serviços de urgência. Este novo estudo, publicado na quinta-feira na BMJ Open, mostra que há ainda uma relação com a taxa de mortalidade.

Denis Pereira Gray disse ao Guardian que este artigo “mostra que ainda há um lado muito humano na medicina que é muito importante e pode até ser uma questão de vida ou de morte”, nomeadamente num momento em que a ênfase está nas máquinas e nas novas tecnologias.

Esta recente investigação baseou-se em vários documentos científicos, assim como em outros estudos já publicados, que tinham dados relevantes no que diz respeito à taxa de mortalidade e ao número de pacientes que eram, de facto, acompanhados pelo mesmo médico.

De acordo com o Público, foram analisados 22 estudos publicados depois de 2010, britânicos mas também do Canadá, Estados Unidos, Croácia, Holanda, França, Israel, Taiwan e Coreia do Sul.

A equipa descobriu que 18 dos estudos mostraram uma ligação entre o aumento da continuidade dos cuidados médicos e a redução das taxas de mortalidade. Um paciente de cirurgia colorretal, por exemplo, tinha o dobro do risco de morrer dentro de um ano se tivesse um cirurgião diferente do que se fosse tratado pelo mesmo.

Os dados analisados mostram assim que existe mesmo uma redução da taxa de mortalidade das pessoas que eram acompanhadas sempre pelo mesmo profissional de saúde, independentemente de se tratar de médicos generalistas ou especialistas.

O investigador afirma que esta pesquisa apoia trabalhos anteriores que sugerem que a continuidade dos cuidados médicos pelo mesmo profissional significa que os pacientes se sentem mais à vontade para discutir problemas com o seu médico, permitindo, por sua vez, que o profissional acumule conhecimento sobre o doente em questão.

Além disso, Gray conclui ainda que os investigadores acreditam mesmo “que se trata de um efeito humano transversal à medicina“.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cabify deixa de operar em Portugal a partir de 30 de novembro

A Cabify, que estava no mercado português desde 2016, vai deixar de operar em Portugal a partir do próximo dia 30 de novembro. "Queremos partilhar consigo que o próximo dia 30 de novembro será o nosso …

Presidente da federação russa de atletismo suspenso por obstruir investigação

O presidente da federação de atletismo da Rússia e outros seis elementos da federação foram, esta quinta-feira, suspensos, devido a irregularidades relacionadas com uma investigação antidoping. O presidente da federação de atletismo da Rússia, Dmitri Shliajtin, foi …

Avó e tios do bebé deixado no lixo estão a tentar a guarda da criança

O embaixador de Cabo Verde em Portugal explicou, esta sexta-feira, que a mãe e os irmãos da cabo-verdiana suspeita de abandonar o filho num ecoponto estão a tentar obter a guarda da criança por acreditarem …

Esta tecnologia de edição de genoma pode mudar o mundo (mas o seu criador tem receio disso)

A inovação de Kevin Esvelt tem potencial para ser usada tanto para o bem como para o mal. Os perigos que pode advir dela, deixam o biólogo reticente em relação a esta tecnologia, que também …

Governo quer "conciliação" entre tribunais criminais e de família em casos de violência doméstica

O Governo quer que os juízes de instrução possam determinar simultaneamente as medidas de coação a um agressor em contexto de violência doméstica e as medidas provisórias relativas às crianças, seja de promoção e proteção …

Sp. Braga critica autarquia por transmitir jogo do Flamengo em ecrã gigante

O Sporting de Braga acusou a Câmara Municipal de Braga de desrespeitar o clube e os seus adeptos por colaborar na organização da transmissão da final da Taça dos Libertadores de futebol, entre Flamengo e …

Hermínio Loureiro pede suspensão de mandatos na FPF e COP

Hermínio Loureiro pediu a suspensão dos mandatos de vice-presidente da FPF e do COP, esta sexta-feira, na sequência da acusação do Ministério Público na operação Ajuste Secreto. Numa carta enviada à FPF, a que a agência …

Oxford escolhe "emergência climática" para Palavra do Ano 2019

A Palavra do Ano 2019 escolhida pelos Dicionários de Oxford foi "emergência climática", "situação na qual é requerida uma ação urgente", revelou na quinta-feira esta componente da editora da Universidade homóloga. A Palavra Oxford do Ano …

Erro no IRS de 2015. Contribuintes podem contestar nova liquidação

O novo apuramento do imposto abrange cerca de dez mil declarações no valor de 3,5 milhões de euros. A Autoridade Tributária e Aduaneira já enviou uma carta aos contribuintes cuja liquidação do IRS relativo a 2015 …

Jesus vai receber título de cidadão honorário do Rio de Janeiro

O técnico português do Flamengo será condecorado, na próxima segunda-feira, com o título de cidadão honorário do Rio de Janeiro. A distinção a ser entregue pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro foi anunciada num cartaz …