Menina morreu na triagem após ter alta com “gotas para a constipação”. Hospital culpa “virose gripal”

(dr) Hospital de São João

A morte de uma menina de 8 anos no Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, após ter alta numa primeira ida à unidade, está a ser investigada. A família da criança suspeita de negligência médica e critica o atendimento prestado. O irmão da criança falecida está a ser medicado para a Gripe B, uma vez que o Hospital suspeita que na base da morte estará uma “virose gripal”.

O Serviço de Saúde da Madeira (SESARAM) já abriu um inquérito para investigar as circunstâncias da morte de uma menina de 8 anos, no último domingo à tarde.

A criança foi uma primeira vez ao Hospital Dr. Nélio Mendonça no sábado, apresentando um quadro de febre alta e desmaios. “Receitaram umas gotas para a constipação e perguntaram se tinham Ben-u-ron em casa, quando a febre era altíssima”, lamenta um elemento da família da criança em declarações ao Jornal da Madeira (JM).

A menina teve alta, mas no domingo, uma vez que não melhorou, voltou a ser levada pelos pais às urgências mais próximas da residência da família, o Centro de Saúde de Machico. “Devido à sua situação inspirar cuidados mais diferenciados, (foi) transferida em ambulância, acompanhada por um profissional de saúde para o Serviço de Urgência Hospitalar no Funchal, onde, lamentavelmente, viria a falecer”, explica uma nota do SESARAM divulgada pela comunicação social.

A criança terá tido “uma paragem cardio-respiratória” à chegada ao Hospital do Funchal, como explicou o director do serviço de Urgência Pediátrica da unidade, Manuel Pedro Freitas, em declarações recolhidas pela RTP1.

Este profissional descarta a hipótese de erro médico e frisa que tudo indica que “seja uma situação viral que poderá, eventualmente, ter atingido outros órgãos”. “A criança foi correctamente observada e a medicação foi feita de acordo com a observação”, salienta o médico.

Nesse sentido, e para evitar um novo desfecho trágico, o irmão da menina falecida estará a ser medicado para a Gripe B, como avança o JM.

A gripe B é um dos sub-tipos mais comuns do vírus da influenza, apresentando grande potencial de transmissão. Habitualmente, não apresenta complicações, assemelhando-se a uma qualquer gripe comum, mas pode resultar num quadro mais grave. Sem tratamento adequado, pode levar a complicações como pneumonia e Síndrome Respiratória Aguda Grave.

A autópsia à criança vai ser realizada nesta terça-feira. “Só a autópsia poderá dar um diagnóstico mais correcto” do que de facto aconteceu, como nota o médico Manuel Pedro Freitas.

A família da menina promete “lutar até às últimas consequências pelo apuramento da verdade e de eventuais responsabilidades médicas a assacar a alguém”, considerando que os pais “estão indignados com a falta de resposta no primeiro atendimento que tiveram no hospital”, como frisa um familiar ao JM.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Estou convicto que houve negligencia Medica. Uma criança de 8 Anos com um quadro Clínico e um Diagnostico desta gravidade, deveria no mínimo ser hospitalizada em S.O, e não enviada para casa, havendo ocorrido notoriamente crises convulsivas. Cada vez mais vem a Publico casos de negligencia Medica com desfechos trágicos para os Utentes. É importante para não dizer “Vital” por um termo a tais falhas. A Vida e a Saúde não tem preço . Há bons e maus Profissionais em todas as áreas profissionais, assim que bons e maus Ministros (as) da Saúde. Mas no que diz respeito a Saúde de cada um de nós, é inadmissível haver incompetências e negligencias !…Responsabilidades, exigem-se !

RESPONDER

Governo vai monitorizar discurso de ódio na Internet

O Governo vai monitorizar o discurso de ódio nas plataformas online, estando "em vias" de dar início à contratação pública de um projeto que deverá traduzir-se num barómetro mensal de acompanhamento e identificação de sites. Segundo …

Tribunal britânico decide que é Guaidó (e não Maduro) quem manda nas reservas de ouro da Venezuela

A justiça britânica decidiu esta quinta-feira que é o líder da oposição venezuelana Juan Guaidó e não o Presidente Nicolás Maduro quem tem autoridade sobre as reservas de ouro da Venezuela depositadas no Banco de …

Mistério resolvido. Cientistas descobriram como é que as cobras "voam"

Nem todas as cobras se movem arrastando-se discretamente pelo chão. Há uma cobra do género Chrysopelea que parece voar de árvore em árvore. Agora, os cientistas descobriram como é que estes animais se movem pelo …

Mais de 80 mil pessoas registaram-se na Segurança Social desde janeiro

O programa “Segurança Social na Hora”, criado em janeiro deste ano, abrangeu até ao momento 80.700 pessoas, de acordo com os dados divulgados pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (MTSSS). Ana Mendes Godinho avançou …

Douro. Poluição regressa a valores anteriores ao estado de emergência

Os valores de contaminação do estuário do rio Douro, que durante o estado de emergência baixaram a níveis só vistos há mais de 30 anos, já regressaram aos valores pré-pandemia. As boas notícias "rapidamente se esfumaram". …

Reino Unido deixa cair pontes aéreas e prepara levantamento da quarentena para dezenas de países

O Reino Unido vai deixar cair o plano para a criação de pontes aéreas e prepara-se para substituir a medida pela isenção de quarentena para dezenas de países. Dezenas de países vão ficar isentos de restrições …

Medina clarifica críticas em público: eram para chefias regionais (e não para Temido)

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Media, veio esta quarta-feira a público esclarecer as duras críticas que vez relativamente à atuação das autoridades de saúde no combate à pandemia de covid-19. No seu habitual espaço …

Fraude nas viagens entre ilhas e continente. PJ desmantela mais uma rede criminosa

Esta quarta-feira, foi desmantelada mais uma rede criminosa que se aproveitava de forma fraudulenta do subsídio que financia as deslocações dos habitantes dos Açores e da Madeira ao continente. Existem fraudes nos subsídios das viagens entre …

Nova reviravolta. Livro polémico da sobrinha de Trump com luz verde para publicação

Um juiz do Tribunal de Recurso de Nova Iorque levantou na noite de quarta-feira uma proibição temporária de publicação de um livro escrito pela sobrinha do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, contendo revelações polémicas. Segundo …

Epidemiologista chefe da DGS abandona cargo. Saída foi "programada"

A chefe da divisão de Epidemiologia e Estatística da Direção-Geral da Saúde, Rita Sá Machado, vai integrar a equipa da Missão Permanente de Portugal junto dos Organismos e Organizações Internacionais das Nações Unidas, em Genebra. A …