Menina morreu na triagem após ter alta com “gotas para a constipação”. Hospital culpa “virose gripal”

(dr) Hospital de São João

A morte de uma menina de 8 anos no Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, após ter alta numa primeira ida à unidade, está a ser investigada. A família da criança suspeita de negligência médica e critica o atendimento prestado. O irmão da criança falecida está a ser medicado para a Gripe B, uma vez que o Hospital suspeita que na base da morte estará uma “virose gripal”.

O Serviço de Saúde da Madeira (SESARAM) já abriu um inquérito para investigar as circunstâncias da morte de uma menina de 8 anos, no último domingo à tarde.

A criança foi uma primeira vez ao Hospital Dr. Nélio Mendonça no sábado, apresentando um quadro de febre alta e desmaios. “Receitaram umas gotas para a constipação e perguntaram se tinham Ben-u-ron em casa, quando a febre era altíssima”, lamenta um elemento da família da criança em declarações ao Jornal da Madeira (JM).

A menina teve alta, mas no domingo, uma vez que não melhorou, voltou a ser levada pelos pais às urgências mais próximas da residência da família, o Centro de Saúde de Machico. “Devido à sua situação inspirar cuidados mais diferenciados, (foi) transferida em ambulância, acompanhada por um profissional de saúde para o Serviço de Urgência Hospitalar no Funchal, onde, lamentavelmente, viria a falecer”, explica uma nota do SESARAM divulgada pela comunicação social.

A criança terá tido “uma paragem cardio-respiratória” à chegada ao Hospital do Funchal, como explicou o director do serviço de Urgência Pediátrica da unidade, Manuel Pedro Freitas, em declarações recolhidas pela RTP1.

Este profissional descarta a hipótese de erro médico e frisa que tudo indica que “seja uma situação viral que poderá, eventualmente, ter atingido outros órgãos”. “A criança foi correctamente observada e a medicação foi feita de acordo com a observação”, salienta o médico.

Nesse sentido, e para evitar um novo desfecho trágico, o irmão da menina falecida estará a ser medicado para a Gripe B, como avança o JM.

A gripe B é um dos sub-tipos mais comuns do vírus da influenza, apresentando grande potencial de transmissão. Habitualmente, não apresenta complicações, assemelhando-se a uma qualquer gripe comum, mas pode resultar num quadro mais grave. Sem tratamento adequado, pode levar a complicações como pneumonia e Síndrome Respiratória Aguda Grave.

A autópsia à criança vai ser realizada nesta terça-feira. “Só a autópsia poderá dar um diagnóstico mais correcto” do que de facto aconteceu, como nota o médico Manuel Pedro Freitas.

A família da menina promete “lutar até às últimas consequências pelo apuramento da verdade e de eventuais responsabilidades médicas a assacar a alguém”, considerando que os pais “estão indignados com a falta de resposta no primeiro atendimento que tiveram no hospital”, como frisa um familiar ao JM.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Estou convicto que houve negligencia Medica. Uma criança de 8 Anos com um quadro Clínico e um Diagnostico desta gravidade, deveria no mínimo ser hospitalizada em S.O, e não enviada para casa, havendo ocorrido notoriamente crises convulsivas. Cada vez mais vem a Publico casos de negligencia Medica com desfechos trágicos para os Utentes. É importante para não dizer “Vital” por um termo a tais falhas. A Vida e a Saúde não tem preço . Há bons e maus Profissionais em todas as áreas profissionais, assim que bons e maus Ministros (as) da Saúde. Mas no que diz respeito a Saúde de cada um de nós, é inadmissível haver incompetências e negligencias !…Responsabilidades, exigem-se !

Estado de emergência devido a novo derrame de combustível no Círculo Polar Ártico

As autoridades russas declararam o estado de emergência na localidade de Tukhard, na Sibéria, devido ao derramamento de 44,5 toneladas de combustível num lago, naquele que é o segundo desastre ecológico no Círculo Polar Ártico …

Bélgica inclui Alentejo e Algarve na zona laranja com "maior vigilância"

Os viajantes que entrem na Bélgica oriundos do Alentejo e do Algarve serão sujeitos a “maior vigilância” devido à pandemia da covid-19, segundo o site do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) belga, que não especifica …

Infetado detido em Miranda do Douro por desrespeitar confinamento obrigatório

A GNR deteve em Miranda do Douro um homem, de 26 anos, por não respeitar o confinamento obrigatório que lhe foi decretado pela autoridade de saúde pública naquele concelho do distrito de Bragança. "O homem encontrava-se …

Sudão aprova criminalização da mutilação genital feminina

O Conselho Soberano, a mais alta autoridade do Sudão, aprovou a criminalização da mutilação genital feminina (MGF), uma prática muito antiga que continua generalizada no país, anunciou o Ministério da Justiça. O Conselho Soberano, composto por …

Andrzej Duda reeleito Presidente da Polónia

O chefe de Estado polaco venceu a segunda volta das eleições Presidenciais com 51,21% dos votos, derrotando o liberal Rafal Trzaskowski, anunciou, esta segunda-feira, a Comissão Eleitoral. Segundo a Comissão Eleitoral, Andrzej Duda conseguiu a reeleição …

Manifestantes criticam escolha de Macron para o Ministério do Interior. Ministro é acusado de violação

Ativistas dos direitos das mulheres protestaram, em França e no estrangeiro, contra a nomeação do novo ministro do Interior, acusado de violação, e do ministro da Justiça, que ridicularizou o movimento #MeToo. Ativistas dos direitos das …

Cinco meses depois, chefes de diplomacia da UE voltam a reunir-se em Bruxelas

A reunião contempla temas como o impacto da pandemia, a situação na Líbia, Hong Kong e na Venezuela, as relação da União Europeia com a Índia e África e o Processo de Paz do Médio …

Há 12 países que conseguiram escapar à pandemia

Tendo em conta os casos registados e comunicados oficialmente pelas autoridades, há 12 países no mundo que não registam qualquer caso de infeção. Segundo a universidade norte-americana Johns Hopkins, a covid-19 chegou a 188 países, mas, …

"Prisioneira em casa" há 4 meses. Algarvia já fez 14 testes e não se livra do coronavírus

A algarvia Tânia Poço está infectada com o novo coronavírus há quatro meses. Nesta altura, já não tem sintomas de covid-19, mas os testes que tem feito continuam a assinalar a presença do vírus naquele …

Mais duas mortes e 306 novos casos em Portugal

Portugal regista, esta segunda-feira, mais duas mortes e 306 novos casos de infeção por covid-19 em relação a domingo. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos 306 novos casos (aumento de 0,7%), 254 são …