“Menina Mogli” encontrada na Índia “não estava a viver com macacos”

Menina Mogli de 8 anos foi resgatada da selva na Índia

Muitas pessoas na Índia e no mundo acompanharam com interesse o caso de uma menina encontrada na floresta e que aparentemente estava a viver com um grupo de macacos.

Mas, segundo o jornal India Times, há bastante menos mistério do que se imagina: as autoridades trabalham com a possibilidade de que a criança, que tem entre 8 a 10 anos, tenha uma deficiência mental e possa ter sido abandonada pelos pais na floresta em que foi encontrada, há algumas semanas, no estado de Uttar Pradesh, no norte do país.

Inicialmente, o agente da polícia indiana Suresh Yadav tinha contado à BBC que a menina tinha sido encontrada a brincar com macacos, e que imitava o comportamento dos primatas. A criança teria sido encontrada por moradores de uma aldeia na reserva natural de Katarniaghat, próximo da fronteira com o Nepal.

Mas as autoridades indianas desmentiram entretanto os relatos e afirmam que o mais provável é que a menina tenha sido abandonada pelos pais, e que não tenha passado muito tempo na floresta.

Não é possível que uma menina passe anos num bosque e que os guardas florestais ou mesmo as centenas de cameras instaladas para vigiar os animais não a tenham notado”, disse Gyan Praksh Singh, responsável pela floresta onde a menina foi encontrada.

“O mais provável é que ela tenha sido abandonada aqui pouco antes de ser encontrada.”

Alguns relatos citavam macacos a atacar a equipa de resgate e que a menina estava desnutrida, tinha cabelos e unhas longos e apresentava ferimentos e arranhões pelo corpo. Mas a nova versão é que a garota foi encontrada próximo da estrada, não nas profundezas da floresta.

“Os pais sabiam que ela não poderia falar e abandonaram-na. Há macacos nesta região, mas ela não estava a viver com eles”, disse JP Singh, director do departamento florestal do Estado. “Quem vê a menina percebe logo que ela tem problemas mentais e físicos.”

A segurança social indiana oferece pouca ajuda a famílias com crianças deficientes, num país em que centenas de milhões de pessoas vivem em pobreza absoluta.

Segundo as autoridades, a menina foi enviada a um albergue infantil. A garota recebeu visita de autoridades no hospital.

A criança tinha sido comparada a Mogli, o personagem de O Livro da Selva (1894), de Rudyard Kipling. Na história, adaptada pela Disney para o cinema, um menino indiano é criado na natureza por lobos.

// BBC

RESPONDER

May promete facilitar permanência de cidadãos europeus no Reino Unido

A primeira-ministra britânica prometeu, esta quinta-feira, "facilitar" a estadia dos cidadãos europeus no Reino Unido depois do Brexit, ao mesmo tempo que garantiu que o consenso com a União Europeia nesta matéria está "muito perto". Theresa …

Bruxelas deve considerar despesas dos incêndios como “excecionais”

O comissário europeu dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, defendeu esta quinta-feira que as despesas públicas resultantes dos devastadores incêndios em Portugal sejam consideradas como "circunstâncias excecionais", sem consequências na avaliação orçamental a fazer por Bruxelas. "Parece-me …

Creme anticelulite tem ingrediente proibido

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (DECO) pediu ao Infarmed a retirada do mercado do creme 'Depuralina Celulite', por conter um ingrediente proibido em cosméticos, na União Europeia, desde 2015. De acordo com um …

Benfica recebe o V. Setúbal, FC Porto o Portimonense e Sporting o Famalicão

O sorteio realizado, esta quinta-feira, na Cidade do Futebol, em Oeiras, ditou que os três grandes vão jogar em casa. Benfica e FC Porto jogam com outras duas equipas da I Liga, enquanto que o …

Líder neonazi britânico declara-se homossexual, revela ser judeu e abandona movimento

Um proeminente líder neonazi da Frente Nacional (NF) britânica deixou o movimento depois de se declarar homossexual e revelar a sua herança judaica. O líder fez as revelações sobre o seu passado violento enquanto renunciava …

Costa pediu finalmente desculpas (contrariado e só como cidadão)

"Se me quer ouvir pedir desculpas, eu peço desculpas". Eis como António Costa fez um mea culpa contrariado pelos trágicos incêndios que mataram mais de 100 pessoas, nos últimos meses, num debate parlamentar onde confessou …

Material de Tancos abre guerra entre o Ministério Público e militares

A Polícia Judiciária Militar não informou o Ministério Público nem os procuradores da Unidade Nacional de Contraterrorismo da PJ de que tinha encontrado o material de guerra roubado, em junho passado, em Tancos. Segundo o Diário …

Sócrates "usou" ministros em benefício próprio

A actual ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, e os antigos ministros Mário Lino, António Mendonça e Carlos Fonseca foram "instrumentalizados" por José Sócrates para favorecerem os seus interesses e os Grupos Lena e Espírito …

Benfica alvo de buscas por suspeitas de corrupção passiva e ativa

Elementos da Polícia Judiciária (PJ) estão a fazer buscas em instalações do Benfica, no âmbito do caso dos emails, numa investigação que se centra em suspeitas de corrupção passiva e activa. Fonte oficial do Benfica confirmou …

Ex-Comandante Nacional desviou meios do grande incêndio de Mação

A fita do tempo veio confirmar as suspeitas que o presidente da câmara de Mação, Vasco Estrela, que falava num desvio de meios e equipas no primeiro incêndio que tomou conta do concelho. No início de …