Um dos membros de “La Manada” foi reintegrado no Exército

Kai Foersterling / EPA

Milhares de pessoas protestaram em várias cidades espanholas contra a sentença do caso “La Manada”

Um dos cinco membros do grupo “La Manada”, condenado por abuso sexual, foi agora reintegrado no Exército, enquanto aguarda decisão do Supremo Tribunal.

Alfonso Jesús Cabezuelo, um dos cinco membros do grupo “La Manada” e condenado a nove anos de prisão por abuso sexual a uma jovem nas festas de San Fermín, em Pamplona, em 2016, foi reintegrado no Exército esta terça-feira.

Segundo o Boletim Oficial de Defesa, o agressor foi reintegrado depois de cumprir seis meses de suspensão de funções. Cabezuelo estava destacado numa Unidade Militar de Emergências na província de Cádiz e fica agora a aguardar informações sobre o seu destacamento.

De acordo com a TVI24, o Ministério da Defesa Espanhol não irá colocar Cabezuelo num posto até que o Supremo Tribunal tome uma decisão. O militar está, desde o dia 22 de junho, em liberdade condicional.

A legislação espanhola dita que a suspensão de funções de um militar do Exército é uma medida temporária de precaução que só pode durar, no máximo, seis meses. Depois desse período, é obrigatoriamente levantada. Assim sendo, o militar regressa ao serviço e recupera todo o seu salário base. Até à data, o Exército pagava-lhe apenas 75% do salário, sem complementos.

Além do caso ocorrido em Pamplona, Cabezuelo aguarda ainda o encerramento de uma investigação a uma ocorrência semelhante em Pozoblanco, na Andaluzia, na qual responde juntamente com outros três membros do grupo “La Manada”.

Um membro do observatório da vida militar, Mariano Casado, pediu para que o militar não fosse reintegrado devido à situação incómoda que o seu regresso geraria. No entanto, segundo o Correio da Manhã, adiar ou evitar o seu regresso não era possível, visto que Cabezuelo se encontra em liberdade.

Antonio Manuel Guerrero, agente da Guardia Civil, está numa situação semelhante de “ativo sem serviço atribuído”, recebendo o salário base enquanto espera pela decisão final.

O advogado Agustín Martínez Becerra revela, no entanto, que nenhum dos outros membros condenados do “La Manada” pretende procurar emprego ou regressar aos que já tinham.

Os cinco membros do grupo foram condenados a nove anos de prisão pelo abuso sexual em grupo a uma jovem durante as festas de San Fermín, em Pamplona. Contudo, dois anos depois de terem sido detidos foram libertados.

A decisão polémica levou a várias manifestações. Além disso, cerca de 750 magistrados espanhóis apresentaram agora uma queixa ao Conselho Consultivo de Juízes Europeus. Segundo o El Mundo, os magistrados apontam a “grave ameaça que foi levantada contra a independência judicial em Espanha”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Comprar móveis mata relacionamentos

Os números não mentem e está comprovado: comprar móveis com a sua cara-metade é a arma fatal do seu relacionamento. A marca online de móveis Article conduziu recentemente uma pesquisa com cerca de 2.000 norte-americanos, em …

Marisa Matias critica Centeno por “encabeçar ameaças” a Itália

A eurodeputada Marisa Matias, do Bloco de Esquerda, disse a Mário Centeno, num debate no Parlamento Europeu, que é “desconcertante” vê-lo, enquanto presidente do Eurogrupo, a “encabeçar as ameaças” a Itália, questionando-o se não "há …

Moscovici quer voltar a "tweeetar" com Costa (mas deixa avisos)

O comissário europeu dos Assuntos Económicos, Pierre Moscovici, diz que ficará "encantado" se o primeiro-ministro e seu "bom amigo" António Costa tiver o prazer de voltar a "tweetar". Isto para sublinhar que espera que Portugal …

Não há acordo. Greve dos enfermeiros começa quinta-feira e só acaba no fim do ano

Os enfermeiros mantêm a greve que começa na quinta-feira nos blocos operatórios de cinco hospitais, por falta de acordo com o Governo sobre a estrutura da carreira. A informação foi prestada à Lusa pelos presidentes da …

Próximas eleições portuguesas podem ser marcadas por fake news

A difusão de notícias falsas durante as eleições brasileiras atingiu níveis sem precedentes e o fenómeno chegou também a Portugal, onde se pode estar a preparar uma ação semelhante para as próximas eleições nacionais, alertou …

Proposta de Orçamento mostra um "profundo desconhecimento" do país

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, considerou esta terça-feira que a proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) mostra um "profundo desconhecimento" e está de "costas voltadas" para o país. "É um Orçamento que mostra …

Caso Khashoggi: Trump mantém-se ao lado da Arábia Saudita

Donald Trump emitiu um comunicado em que se pronunciou sobre o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, revelando que embora condene veemente o crime, a relação dos Estados Unidos é com Reino da Arábia Saudita, "parceiros …

Visita de João Lourenço pode deixar “irritante” entre Portugal e Angola para trás

A primeira viagem de Estado de João Lourenço a Portugal é uma demonstração de que Portugal e Angola "pretendem enterrar o irritante e avançar com os temas da cooperação direta", avança Jornal de Angola. No editorial …

Documento de 2014 previu colapso e aconselhava encerramento da estrada de Borba

Há novos dados que apontam que a tragédia da estrada de Borba, que desmoronou, provocando a morte de 2 pessoas e mais 3 desaparecidas, poderia ter sido evitada. Um memorando de 2014 já previa a …

Noiva adolescente leiloada no Facebook. Rede social só reparou depois do casamento

Uma jovem de 16 anos do Sudão do Sul foi leiloada para casamento no Facebook. Quando a rede social reparou, a jovem já tinha sido comprada e estava casada. De acordo com a organização pelos Direitos …