//

O melhor de dois mundos. O AirYacht tanto sabe voar como nadar

Guillaume Hoddé / AirYacht

A inovação criada por uma empresa suíça junta um dirigível e um iate com um motor híbrido que inclui uma sauna, uma piscina e um heliporto.

O que é que voa e também anda na água? Desta vez, a resposta não é um pato ou uma gaivota, mas sim o AirYacht, uma inovação tecnológica que combina um iate com um dirigível.

A ideia está a ser desenvolvida pela empresa suíça do mesmo nome, que foi fundada pelos engenheiros Guillaume Hoddé e Matthieu Ozanne, e a criação é da autoria do designer de iates Franck Darnet.

O AirYacht divide-se em duas partes — um dirigível alimentado com hélio e um iate simplificado que está acoplado à sua parte inferior, relata o New Atlas. Quando está a voar, o iate serve como a gôndola do dirigível, podendo acolher a tripulação e até 12 passageiros. Se o dono quiser navegar nas águas, o iate pode ser separado do dirigível e trazido até à agua com cabos.

Para isto ser possível, o dirigível tem de estar a voar a uma altitude baixa, para que os cabos cheguem à superfície. Desta forma, a empresa incluiu um sistema de controlo da flutuabilidade no ar para evitar que o dirigível dispare pelo ar acima quando liberta o peso do iate. Ainda não se sabe como o dirigível vai manter a sua posição quando os passageiros o abandonam para irem para o iate.

Dependendo de fatores como a velocidade de deslocação e o número de passageiros e de tripulantes, o AirYacht pode ser auto-suficiente durante, no máximo, uma semana. O motor é híbrido e o iate pode deslocar-se a uma velocidade máxima de 93 quilómetros. O iate tem tem três andares, 52 metros de comprimento e 13 metros de largura e inclui entre cinco e seis cabines.

O componente do iate também pode acolher 12 passageiros e três membros da tripulação, sendo também capaz de acomodar um “grupo de hospitalidade” de 12 pessoas. Outras características incluem solários dianteiros e traseiros, um jacuzzi, uma sauna e uma piscina, um heliporto e uma garagem.

O AirYacht está a ser desenvolvido desde 2017. Os preços não estão estipulados, estando dependentes das negociações em entrevistas privadas com os clientes interessados, que devem contactar a empresa pelo seu site.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.