Cientistas mediram a velocidade da morte

(dr) Universidade de Northwestern

Pela primeira vez, cientistas foram capazes de observar a velocidade com que a morte se propaga através de uma célula: cerca de 30 micrométros por minuto.

Biólogos de sistemas da Universidade de Standford, na Califórnia, foram capazes de determinar pela primeira vez a velocidade com que a morte celular se propaga, descobrindo que o processo é uma autêntica “onda de gatilho”.

O estudo, publicado recentemente na revista Science e liderado por James Ferrell e Xianrui Cheng, observou que a morte avança a 30 micrómetros por minuto, cerca de 1,8 milímetros por hora. Esta morte pode ser programada ou, então, uma resposta à prevenção de doenças como o cancro ou a propagação de um vírus.

A morte celular é um processo comum nos seres vivos que, normalmente, se realiza em dois passos: primeiro, o interior da célula destrói-se e depois todo o conjunto se desintegra.

Segundo o Diário de Notícias, o processo é essencial para a gestação – por exemplo, é através da chamada morte celular programada que os dedos das mãos e dos pés do feto se formam, destruindo-se a  membrana que os liga -, mas também ocorre ao longo a vida, sendo essencial para a regeneração do corpo.

O ser humano perde, por dia, mais de 50 mil milhões de células. No entanto, muitas vezes o mecanismo falha e, no limite, pode dar origem a tumores, isto é, células que se multiplicam sem parar e sem saber quando se devem destruir.

Ferrell explicou que no processo da morte celular “a natureza faz uso de ondas de gatilho”, o que significa que a morte de uma delas resulta na morte da outra, ou seja, cada célula sente o vizinho a autodestruir-se e reage da mesma forma. Foi a velocidade desta onda que os cientistas conseguiram agora medir.

Para tal, a equipa de cientistas extraiu o citoplasma de um ovo de uma espécie de rã africana que continha compartimentos subcelulares com uma proteína verde brilhante e colocou-o num tubo que, na extremidade, tinha um extrato de uma célula morta à qual se juntou uma tinta vermelha.

Assim, os cientistas foram capazes de verificar que, à medida que os compartimentos subcelulares se autodestruíam, os pontos verdes desapareciam. Desta forma, concluíram que a velocidade da morte era ainda mais rápida do que a expansão do corante vermelho no tubo.

A compreensão deste processo do ciclo de vida celular é muito importante para entendermos a vida e pode, inclusivamente, ser muito útil na prevenção e tratamento de várias doenças.

ZAP // RT

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Lá chegará o tempo que tudo será controlado pelo homem e aí seremos a imagem de Deus, a Terra foi a escolhida para Deus viver.

RESPONDER

Suárez aborda eventual saída de Messi. "Saberá do que precisa"

O futebolista Luis Suárez comentou a possível saída do seu companheiro de equipa Lionel Messi do Barcelona. "Saberá do que precisa", disse o internacional uruguaio, frisando que não consegue ver o astro argentino noutra equipa. …

Mário Centeno nomeado governador do Banco de Portugal

O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, o nome do ex-ministro das Finanças para o cargo de governador do Banco de Portugal (BdP). A decisão foi revelada, esta quinta-feira, depois do Conselho de Ministros, pela ministra …

Finanças admitem queda de 9% no PIB. Governo prepara-se para rever projeção inicial de 6,9%

O Ministério das Finanças admite a possibilidade de que a queda do PIB se aproxime dos 9%, revelou esta quinta-feira o Jornal de Negócios, adiantando que o Governo se prepara para rever a projeção inicial …

Vacina de Oxford testada em humanos com "resultados promissores"

Os testes clínicos em humanos da potencial vacina contra a covid-19 que a Universidade de Oxford criou tiveram "resultados prometedores" e desencadearam a resposta imunitária que se pretendia. Os testes em humanos, que desde abril envolveram …

Goa decreta novo confinamento, com Índia a rondar um milhão de casos

Depois de ter aberto portas ao turismo, Goa decreta um novo confinamento de três dias. Registaram-se 198 novos casos nas últimas 24 horas, o número mais alto desde o início da pandemia. O estado de Goa, …

Tribunal da Concorrência confirma coima de 75 mil euros a Ricardo Salgado

O Tribunal da Concorrência confirmou, esta quinta-feira, a coima de 75 mil euros aplicada pelo Banco de Portugal a Ricardo Salgado, no caso do financiamento do Grupo Alves Ribeiro (GAR) para compra de ações da …

Mais três mortes e 339 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 339 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da DGS. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos …

Crise entrou em nova fase mas mundo "não está fora de perigo", diz FMI

A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, disse esta quinta-feira que a crise provocada pela pandemia entrou numa nova fase, que exige flexibilidade para assegurar "uma recuperação sustentável e equitativa", alertando que o mundo …

China bane importação de ovelhas portuguesas

As alfândegas chinesas baniram as importações de ovelhas e produtos relacionados de Portugal, alegando um aviso da Organização Mundial de Saúde Animal sobre um surto de paraplexia enzoótica dos ovinos na Guarda. A notícia foi avançada …

Tânia já pode abraçar os filhos. Livrou-se do coronavírus ao 16º teste após 4 meses isolada

A algarvia Tânia Poço foi, finalmente, dada como "curada" de covid-19 após quatro meses de confinamento. Aquele que terá sido o caso mais prolongado da infecção em Portugal, chegou ao fim com o 16º teste …