Medina pode ser forçado a “geringonça” em Lisboa (e Cristas passa o PSD)

Fernando Medina, candidato do PS à Câmara de Lisboa, consegue 41% das intenções de voto, numa sondagem realizada pela Universidade Católica para o Jornal de Notícias, e Assunção Cristas, candidata do CDS, aparece no segundo lugar com 17%.

Esta sondagem divulgada pelo Jornal de Notícias (JN) coloca Fernando Medina destacado na frente da corrida à Câmara Municipal de Lisboa, com menos 11 pontos percentuais do que António Costa somou em 2013, nas anteriores eleições autárquicas.

Assim, Fernando Medina pode ver-se obrigado a fazer uma “mini-geringonça” na capital, fazendo aliança com Bloco de Esquerda (8%) ou CDU (8%), para conseguir a maioria absoluta na autarquia.

Em segundo lugar, neste sondagem, surge Assunção Cristas, com 17% dos votos, enquanto Teresa Leal Coelho, a candidata do PSD, soma apenas 16%. Resultados que, tendo em conta a margem de erro, significam “um empate técnico”, conforme atesta o JN.

O jornal também evidencia o facto de a direita, em conjunto, subir 11 pontos percentuais relativamente a 2013.

Bagão Félix apoia PS e CDS em Lisboa

Curioso, nestas eleições autárquicas, é o posicionamento de Bagão Félix, ex-ministro do Trabalho, que faz parte da Comissão de Honra da candidatura de Fernando Medina e, ao mesmo tempo, integra a lista do CDS-PP, encabeçada por Raquel Abecassis, à Junta de Freguesia das Avenidas Novas, em Lisboa.

Em declarações ao jornal Sol, Bagão Félix não vê incompatibilidades nesta situação e sublinha que é até uma forma de mostrar a sua “independência”.

“Voto convictamente em cada um deles”, sublinha o antigo ministro, realçando que “Fernando Medina é um bom candidato à Câmara de Lisboa” e que Raquel Abecassis é uma candidata “magnífica, excepcional mesmo” para a Junta da sua freguesia.

“Se me perguntasse se votaria socialista numas eleições gerais? Evidentemente que não”, diz, ainda, Bagão Félix, vincando que as candidaturas autárquicas são, essencialmente, de personalidades e não de ideologias.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Faz-se o que for necessário para ficar por lá. Nem que para isso se tenha de colocar no mesmo barco o PNR, o Bloco, o PCP e o Movimento de Libertação de Alfama… ai esse não concorreu…

  2. Este Medina saiu-me um cromo, daqueles mesmo grandes!
    Desde cedo seguiu o percurso dos palermas na faculdade: ganhou a associação de estudantes da faculdade e depois foi presidente da federação académica do porto. Dos casos que já pude ver, e não foram assim tão poucos, as associações de estudantes são como a me***: só atraem moscas…
    Acabando a curso, rapidamente se encostou à política e nunca mais de lá saiu. O trabalho que fique para os outros…
    Teve a câmara de Lisboa de mão beijada, e parece que gosta muito do património da cidade, com grande destaque para os parquímetros, não se poupando na defesa deste rico património…
    Faz questão de vangloriar as obras da cidade, com dinheiros públicos e em período de campanha.
    Faz questão de fazer obras rapidamente, ainda que mais ninguém veja urgência nessas obras, e para tal desbarata uns largos milhões de dinheiro público sem concurso público.
    Eu não voto em Lisboa, mas tenho vergonha de um país onde uma amostra de homem deste tipo tenha espaço sequer para sequer ser candidato a alguma coisa…

    • ainda bem que não ganhou a maioria senão la tínhamos a mouraria com uma mesquita e um prédio enorme que era da santa casa que faz esquina com a casal ribeiro que está a espera para fazer um hotel. houve uma manifestação contra e puseram segurança e um cartaz a dizer habitação mas não mexeram em nada. deviam estar á espera que ele tivesse maioria.

  3. O PSD fez uma grande sacanice a Cristas, ao não a apoiar.
    Ela tinha grandes hipóteses de destronar Medina.
    Assim resta ao PSD ficar com uma percentagem vergonhosamente inferior à de Cristas.
    O CDS deveria ponderar com mais critério as “ajudas” dadas ao PSD para obter maiorias.

RESPONDER

Líder do Volt é candidato à Câmara de Lisboa

Tiago Matos Gomes anunciou a sua candidatura à Câmara Municipal de Lisboa. É a primeira vez que o Volt Portugal vai a votos. O líder do recém-criado Volt, Tiago Matos Gomes, é o cabeça de lista …

Tribunal não consegue notificar informador do caso Tancos conhecido por "Fechaduras"

O Tribunal de Santarém não conseguiu notificar a testemunha Paulo Lemos, conhecido como "Fechaduras", para esta segunda-feira ser ouvido no processo de Tancos, onde chegou a ser arguido. No início da sessão, a decorrer no Centro …

“Ajudar o presidente a encontrar mulheres”. Deputada do PSD vai enviar lista de candidatas disponíveis para as autárquicas

No sábado, o líder do PSD Rui Rio afirmou que o partido tinha dificuldade em encontrar candidatas mulheres para as eleições autárquicas. Em resposta, Lina Lopes, coordenadora das Mulheres Social-Democratas, diz que não faltam mulheres …

Chega vai questionar Governo sobre "despesas supérfluas" da presidência da UE

O deputado único do Chega anunciou, no domingo, que vai questionar esta segunda-feira o gabinete do primeiro-ministro acerca das "despesas supérfluas" da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia. Em comunicado, André Ventura, que foi reeleito …

Ministra da Saúde alerta para continuidade de “três ameaças” da pandemia

A pandemia de covid-19 em Portugal continua a apresentar “três ameaças” apesar das medidas de restrição em vigor, adiantou hoje a ministra da Saúde, reservando o anúncio de eventuais medidas de desconfinamento para quinta-feira. Em declarações …

Portugal está "em condições invejáveis" de produzir hidrogénio verde, diz ministro do ambiente

"Estamos mesmo em condições invejáveis de sermos um grande produtor de hidrogénio verde", assegurou o ministro do ambiente e da ação climática, João Pedro Matos Fernandes, no terceiro de quatro debates do Expresso e da …

Biólogo defende que pandemia pode ter nascido de "erro honesto" em laboratório chinês

Professor de Princeton defende que não é possível descartar a possibilidade de que a pandemia tenha começado com uma fuga acidental num laboratório de virologia de Wuhan. A origem da pandemia de Covid-19 continua por apurar …

Israel reabre restaurantes e universidades após vacinar mais de metade da população

Israel, um dos países mais vacinados do mundo contra a covid-19, iniciou a terceira fase do desconfinamento, depois de o governo ter aprovado novas medidas que passaram a ser adotadas no domingo. Segundo avançou o Expresso, …

Mais 25 mortes e 365 novos casos nas últimas 24 horas

Os dados atualizados da Direção-Geral da Saúde (DGS) indicam que Portugal registou, nas últimas 24 horas, 25 mortes e 365 novos casos de covid-19. O boletim epidemiológico desta segunda-feira mostra que mantém-se a tendência de …

Ministra da Presidência lembra que desconfinamento será sempre "faseado e lento"

A ministra de Estado e da Presidência afirmou, este domingo, que o plano de desconfinamento será sempre "faseado e lento", dependendo da atuação do país e dos números concretos de cada momento. Em entrevista à SIC …