Médicos escoceses estão (literalmente) a receitar natureza aos seus pacientes

Médicos escoceses estão a começar a receitar natureza aos seus pacientes. Caminhadas, birdwatching ou passeios na praia são os “medicamentos” prescritos para ajudar a tratar doenças crónicas e debilitantes.

Saia de casa e desfrute da companhia de uma nuvem. Ou, em vez disso, escreva os seus pensamentos soltos numa pedra e atire-a ao mar. Por muito estranho que estas duas frases possam parecer, são exatamente estas as recomendações de alguns médicos escoceses, que têm receitado natureza aos seus pacientes. Isso mesmo: natureza.

Estas recomendações fazem parte do novo programa de “Prescrições da Natureza”, que será laçado na Escócia. Depois de um projeto piloto muito bem sucedido, todos os médicos de Shetland podem agora receitar literalmente “natureza” aos seus pacientes como parte da sua estratégia geral de tratamento.

O objetivo destas recomendações é reduzir o risco de doenças cardíacas e de derrames, além de aumentar a felicidade e melhorar a saúde mental dos doentes. “Há evidências inequívocas de que a natureza traz benefícios para a saúde do corpo e da mente”, revela a diretora da RSPB, Karen MacKelvie.

Assim, MacKelvie explica que foi desenvolvido um folheto que ajuda os médicos a descrever os benefícios da natureza para a saúde, fornecendo muitas ideias de locais ao ar livre para incentivar os pacientes a serem felizes fora de casa.

Quando os médicos têm à sua frente um doente que pode beneficiar de uma “receita de natureza”, os profissionais de saúde dão-lhe o folheto, que explica como o tempo passado na companhia da natureza é muito bom para o corpo humano. Ao doente, é também fornecido um calendário, com as atividades ao ar livre que podem ser realizadas de acordo com o mês.

Todas as sugestões são apelativas, mas este esquema não é uma mera brincadeira. Pelo contrário: foi minuciosamente projetado para melhorar os resultados na saúde dos pacientes, ajudando as pessoas a saber lidar com os seus problemas de saúde, entre eles diabetes, depressão ou cancro.

Além disso, os benefícios são totalmente gratuitos, de fácil acesso e permitem uma maior conexão com o mundo exterior. Afinal, melhorar a nossa saúde física e mental é mais fácil do que esperávamos.

“Os benefícios físicos e mentais da conexão com a natureza foram muito bem evidenciados por inúmeros estudos”, disse ao The Guardian Makena Lohr, porta-voz do Centro de Assistência à Saúde Sustentável de Oxford. “Está na hora de o sistema de saúde se consciencializar disso mesmo.”

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Por um lado faz bem por outro evita se gastar muito dinheiro do herario publico e por fim pra se receitar paracetamol mais Vale passar um bom tempo de Praia longe dos problemas

RESPONDER

Situação "muito grave" leva a uma nova corrida ao papel higiénico na Alemanha

A Alemanha atingiu esta quinta-feira um novo máximo diário, com mais de 11 mil casos em apenas 24 horas. A nova vaga de infeções está a levar os alemães a um novo açambarcamento de papel …

Taça: todos os "grandes" defrontam equipas do terceiro escalão

FC Porto, Benfica e Sporting vão jogar em casa de formações do Campeonato de Portugal. Sporting de Braga estará na Trofa. Decorreu nesta quinta-feira o sorteio da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, a …

DGS vai comprar mais de 100.000 frascos de Remdesivir até março de 2021

A Direção-Geral da Saúde vai adquirir entre este mês e março de 2021 mais de 100.000 frascos do medicamento antiviral remdesivir, com a designação comercial Veklury, para tratamento de doentes com covid-19. A decisão foi tomada …

Utilizadores do PayPal vão poder usar criptomoeda para pagar a mais de 26 milhões de comerciantes

O PayPal anunciou que vai investir no mercado das criptomoedas, lançando um novo serviço que permitirá aos utilizadores da plataforma nos Estados Unidos comprar, guardar e vender moeda digital, já a partir de 2021. De acordo …

Escavações revelam sepulcro do final da Idade do Bronze em Oliveira de Frades

Escavações arqueológicas realizadas recentemente revelaram a existência de um sepulcro do final da Idade do Bronze na Cumeeira, junto à zona industrial de Oliveira de Frades, anunciou esta quinta-feira a autarquia. "Este sítio arqueológico era já …

Farmacêutica Purdue aceita declarar-se culpada em processo sobre analgésico opiáceo

A farmacêutica Purdue concordou em declarar-se culpada pela promoção agressiva do analgésico opiáceo OxyContin. O acordo foi anunciado pelo ministério da Justiça norte-americano e está avaliado em cerca de 8,3 mil milhões de dólares. A farmacêutica …

Norte pode ultrapassar os 2.000 casos diários esta semana e os 4.000 na próxima

As novas infeções pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 podem ultrapassar esta semana a "barreira dos dois mil casos" na região Norte, alertaram especialistas esta quinta-feira, afirmando que o atual índice de transmissibilidade (o designado RT) "permite …

Uber quer comprar Free Now. Empresa norte-americana ofereceu mais de mil milhões

A Uber quer comprar a Free Now, o antigo MyTaxi, tendo oferecido mais de mil milhões de euros à BMW e Daimler para assumir o controlo da empresa. Segundo noticiou o Cinco Días, a imprensa alemã avançou …

Portugal ultrapassa barreira dos 3.000 casos diários. Quase 2.000 no Norte

Portugal regista esta quinta-feira 3.274 novos casos de infeção com o novo coronavírus, o valor diário mais elevado desde o início da pandemia, e mais 16 mortes relacionadas com a covid-19, segundo o boletim epidemiológico …

Neve em Roma

Polícia australiana investiga alegados pagamentos no julgamento do cardeal George Pell pelo Vaticano

A Polícia australiana revelou esta quarta-feira que recebeu informações do órgão de controlo de crimes financeiros sobre alegadas transferências de fundos do Vaticano durante o julgamento contra o cardeal George Pell, condenado por abuso sexual …