Médicos fazem primeiro transplante com um “coração morto”

Um coração-numa-caixaUm coração-numa-caixa

Cirurgiões australianos realizaram o primeiro transplante cardíaco, numa paciente de 57 anos, usando um coração tecnicamente morto.

Os corações usados em transplantes normalmente são retirados de pacientes com morte cerebral, mas ainda com batimento cardíaco.

CV ITV

Michelle Gribilas, 57 anos, sente-se com 40 de novo

Michelle Gribilas, 57 anos, sente-se com 40 de novo

Desta vez, porém, médicos do St Vincent’s Hospital, em Sydney, ressuscitaram e transplantaram órgãos que tinham parado de bater 20 minutos antes.

A técnica envolveu uma máquina que os médicos baptizaram de “heart-in-a-box”, que mantém o órgão aquecido. Os batimentos são então restaurados e são injetados nutrientes para reduzir o dano muscular.

A primeira paciente a receber um transplante usando a técnica foi Michelle Gribilas, de 57 anos.

“Agora sou uma pessoa totalmente diferente”, conta Gribilas à BBC. “Sinto-me como se tivesse 40 anos. Tenho muita sorte.”

A equipa responsável por esta experiência estima que a técnica do “coração numa caixa”, que está em testes em todo o mundo, pode elevar em até 30% o número de vidas salvas por transplantes, devido à maior disponibilidade de órgãos.

“Este avanço representa um passo na redução da falta de órgãos”, disse o director da unidade de transplantes do hospital St Vincent’s, Peter MacDonald.

Mais órgãos

Ao contrário de outros órgãos, o coração não é aproveitado após a chamada morte circulatória – quando cessam os batimentos cardíacos. O órgão é retirado e mantido no gelo até quatro horas antes da operação.

victorchang.edu.au

Peter MacDonald, professor e investigador do Instituto de Investigação Cardíaca Victor Chang

Peter MacDonald, professor e investigador do Instituto de Investigação Cardíaca Victor Chang

Diversos métodos de aquecimento e fornecimento de nutrientes são usados para manter outros órgãos, como o fígado e os pulmões, próprios para transplante.

O director médico de transplantes do sistema de saúde pública do Reino Unido, James Neuberger, diz que o uso de máquinas neste campo “é uma oportunidade de melhorar o número e a qualidade de órgãos disponíveis para o transplante”.

Mas diz também que “ainda é muito cedo para estimar quantas vidas podem ser salvas por transplantes por ano se esta tecnologia for adoptada como prática padrão no futuro”.

A Fundação Britânica para o Coração, por seu turno, descreveu a técnica como “um desenvolvimento significativo“.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma pequena galáxia a orbitar a Via Láctea (e ninguém sabe como foi lá parar)

Segue 1 é o nome da pequena galáxia que orbita muito perto da Via Láctea. O corpo celeste é fraco e de pequenas dimensões, tendo surpreendidos os cientistas - pois ninguém sabe ao certo como …

Morreu o virtuoso guitarrista português Phil Mendrix

Filipe Mendes, mais conhecido por Phil Mendrix, faleceu esta segunda-feira. A notícia foi confirmada pela página oficial do músico português no Facebook. Phil Mendrix, um dos mais virtuosos guitarristas nacionais, morre com apenas 70 anos. O …

Finalmente, a Matemática desvendou quem escreveu "In My Life" dos Beatles

Mais de 50 anos depois da criação da música "In My Life", um dos sucessos dos Beatles, a Matemática concluiu quem foi o autor da canção, depois de tanto John Lennon como Paul McCartney reclamarem …

Com 14 anos Ethan ainda não pode votar, mas já é candidato a governador nos EUA

Ethan Sonnebord ainda não pode votar, mas, aos 14 anos, é candidato do Partido Democrata ao cargo de governador do estado de Vermont, nos Estados Unidos. Ao contrário do que acontece na grande maioria dos estados …

China tenta travar divórcios com “período de reflexão”

Tribunais em toda a China estão a começar a impor aos casais que se querem divorciar um período de espera, de entre duas semanas e três meses, visando travar o aumento no número de separações. Segundo …

Descobertos novos geóglifos que podem reescrever história da Amazónia

Novos geóglifos descobertos no estado brasileiro do Acre reforçam a ideia de que havia uma numerosa população milenar e hierarquizada na Amazónia 2.500 anos antes da chegada dos europeus. Estes dados podem “reescrever” a história …

Ministro da Noruega demite-se após violar regras de segurança em viagem ao Irão

Per Sandberg foi obrigado a demitir-se por ter infringido as regras de segurança do Governo ao não informar sobre uma viagem privada ao Irão e por ter levado o telemóvel profissional. O ministro das Pescas norueguês, …

Bomba de 220 quilos da Segunda Guerra Mundial desativada em França

Uma bomba inglesa de 220 quilos, datada da Segunda Guerra Mundial, encontrada no fim de junho em Rouen, no noroeste de França, foi neutralizada neste domingo, anunciaram as autoridades locais. A operação foi realizada por agentes …

Agência do Ambiente pondera aplicar multas por ruído

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) está a analisar a aplicação de multas para o incumprimento das regras do ruído, obrigando as grandes cidades e infraestruturas de transportes a ter mapas e planos estratégicos para …

Pelo menos dois mortos e um milhão de pessoas afetadas por inundações nas Filipinas

Pelo menos duas pessoas morreram e uma desapareceu nas Filipinas devido a inundações que afetam mais de um milhão de pessoas após a passagem da tempestade tropical Yagi, informaram esta segunda-feira as autoridades. O centro e …