Médicos andaram a “fingir que éramos ricos e a receitar a mais”

FM.UL.pt

Miguel Oliveira da Silva, presidente do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida (CNECV)

Miguel Oliveira da Silva, presidente do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida (CNECV)

O presidente do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida (CNECV) considera que, antes da crise, os profissionais de saúde andaram “a fingir” que eram ricos e a prescrever medicamentos e exames que “não eram necessários”.

“Andávamos a fingir que éramos ricos: utilizávamos o dobro do papel necessário, prescrevíamos medicamentos e análises a mais e repetíamos exames que não eram necessários”, disse Miguel Oliveira da Silva, em entrevista à agência Lusa.

Para o presidente do CNECV, “o desperdício nunca é saudável, não é pedagógico, nem educativo”, pelo que neste aspecto, considerou, “a crise obrigou a uma concentração no que é essencial”.

A propósito da “abundância” dos tempos que antecederam a crise, Miguel Oliveira da Silva não tem dúvidas sobre quem mais lucrava: “A indústria farmacêutica, que crescia a dois dígitos, os directores de marketing, que eram repreendidos se não cresciam pelo menos 10% (hoje já ficam contentes se crescem cinco ou seis), as farmácias, que eram um negócio da China. Havia margens de lucro de medicamentos absolutamente disparatadas”, disse.

Desperdício manteve-se à medida da crise

“Não estou a dizer que a crise é boa. O que digo é que, na saúde, houve aspectos que nos obrigaram a pensar no essencial e a estabelecer uma hierarquia de valores, de uma forma mais correcta”, adiantou.

Sobre o impacto da crise, o presidente do CNECV considera que existe hoje, nos serviços de saúde, “uma maior sensibilidade às injustiças e às iniquidades”. Segundo Miguel Oliveira da Silva, “além de casos indiscutíveis, que podem ser motivadas por dificuldades económicas enormes, não se pode dizer que haja pior saúde em Portugal porque estamos em crise

“Não há nenhum indicador, como a esperança de vida, a mortalidade infantil ou perinatal, que nos diga, de forma insofismável, que estejamos pior”. Para o presidente do CNECV, tal deve-se à “grande qualidade dos profissionais de saúde, à sua perseverança e a um combate importante do desperdício”.

Para Miguel Oliveira da Silva, o desperdício não acabou: “Há, há é menos”. “Todos os dias vejo grávidas ou adolescentes que se esqueceram da análise, da ecografia e da receita em casa. Às vezes dizemos para trazer na próxima consulta, outras vezes não”.

Este desperdício poderia ser reduzido, na ótica do presidente do CNECV, com a existência de “um registo integrado sobre tudo o que diga respeito às consultas e aos meios de diagnóstico”.

“É absurdo que uma jovem venha de um centro de saúde do Hospital de Santa Maria e no hospital eu não tenha acesso ao histórico dela (consulta, história, meios de diagnóstico) e tenha de repetir tudo. Hoje em dia é um absurdo que isto não aconteça”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Desemprego volta a aumentar. Há 409 mil inscritos nos centros de emprego

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego aumentou 34,5% em agosto em termos homólogos e 0,5% face a julho, segundo dados divulgados esta segunda-feira pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP). De acordo …

"Exercício de poder político brutal". Biden critica substituição no Supremo antes das presidenciais

O candidato democrata à Casa Branca, Joe Biden, afirmou hoje que substituir a juíza Ruth Bader Ginsburg no Supremo antes das eleições presidenciais é um "exercício de poder brutal" e apelou aos republicanos moderados para …

DGS vai recomendar uso de máscara no exterior quando não houver distanciamento

A DGS vai recomendar o uso de máscara em espaços exteriores movimentados quando não for possível garantir o distanciamento social, disse esta segunda-feira a Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, em conferência de imprensa. "Vai sair …

Crianças com cancro devem ir à escola por não terem riscos acrescidos, diz IPO

As crianças com cancro devem ir à escola por não terem riscos acrescidos de contrair o novo coronavirus na generalidade dos casos, esclareceu, esta segunda-feira, o Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa. "Neste momento, não …

Estados Unidos. Pais deixam filho na escola sabendo que tinha covid-19

Um estudante infetado com covid-19 foi levado para a escola pelos pais em Massachusetts, nos Estados Unidos. Como resultado, 28 estudantes ficaram de quarentena. Os pais de um aluno de uma escola do estado norte-americano de …

Bale assume que Mourinho foi uma das principais razões para voltar ao Tottenham

O internacional galês admitiu que o treinador português foi uma das principais razões que o fez voltar ao Tottenham. Em entrevista à estação televisiva britânica BT Sport, conduzida pelo antigo avançado Peter Crouch, Gareth Bale afirmou …

Portugal regista 623 novos casos e oito óbitos. Lisboa com 70% das novas infeções

Portugal contabiliza esta segunda-feira mais oito mortos relacionados com o novo coronavírus (covid-19) e 623 novos casos de infeção, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). No que respeita a novos casos, deu-se um …

Paulo Cafôfo, o "guardião dos valores", é o novo líder do PS/Madeira

Paulo Cafôfo, o novo líder do PS/Madeira, assumiu-se como um "guardião dos valores de um partido que não se deixa vergar". O novo líder do PS/Madeira, Paulo Cafôfo, afirmou este domingo que vai estar "sempre contra" …

Médicos querem divulgação urgente da Estratégia Outono-Inverno (e defendem máscara na rua)

Além da divulgação urgente da Estratégia Outono-Inverno, a Ordem dos Médicos solicita uma atualização das normas e orientações técnicas da Direção-Geral da Saúde (DGS). A Ordem dos Médicos defende a divulgação urgente da Estratégia Outono-Inverno para …

Líder do CDS quer ver o partido travar "histerias de nichos à volta do radicalismo"

O líder do CDS encerrou, este domingo, a escola de quadros da Juventude Popular, que decorreu deste sexta-feira em Oliveira do Bairro, distrito de Aveiro, momento que assinalou também a rentrée política do partido. "Este novo …