Médico que prescreveu mais de 500 mil doses de opióides condenado a 40 anos de prisão

Nic Bothma / EPA

Um médico que prescreveu mais de 500 mil doses de opióides em dois anos foi condenado a 40 anos de prisão por liderar o que os promotores chamavam de “anel de distribuição interestadual de drogas”.

A prescrição excessiva de analgésicos é uma das raízes da crise dos opióides nos Estados Unidos (EUA) e os pacientes Joel Smithers viajaram centenas de quilómetros para obter oximorfona, oxicodona, hidromorfona e fentanil, segundo autoridades policiais, citadas pelo Independent na quinta-feira.

De acordo com as autoridades norte-americanas, o médico, de 36 anos, prescreveu substâncias controladas para todos os pacientes na clínica de Martinsville, na Virgínia, que o próprio abriu em agosto de 2015.

O homem foi condenado por mais de 800 acusações de opióides prescritos ilegalmente, com os jurados a descobrirem que as drogas que este prescreveu causaram a morte de uma mulher da Virgínia. O médico enfrentava uma sentença máxima de prisão perpétua.

Joel Smithers “inundou” uma região com prescrições de opióides e “escondeu-se atrás do jaleco branco”, atuando “como um traficante de drogas em larga escala”, disse Jesse Fong, agente especial encarregado da divisão de Washington da Drug Enforcement Administration, num comunicado divulgado na quarta-feira.

Em depoimento, Joel Smithers disse que foi enganado por alguns dos seus pacientes, muitos dos quais disseram que as clínicas para tratamento da dor que frequentavam tinham sido encerradas. “Aprendi, da maneira mais difícil, várias lições sobre confiar em pessoas nas quais não deveria confiar”, indicou.

O médico não aceitava o seguro dos pacientes, tendo arrecadado 700 mil dólares (cerca de 640 mil euros) em pagamentos em dinheiro e cartão de crédito até março de 2017, quando agentes federais invadiram o seu escritório, informaram os promotores.

Os pacientes que chegavam ao consultório – muitas vezes ficava aberto até meia-noite – esperavam até 12 horas para serem atendidos e obter receitas para medicamentos para a dor, que poderiam usar ou vender com lucro.

Em maio, um júri considerou o médico culpado de 861 acusações no Tribunal Distrital dos EUA em Abingdon, na Virgínia. Entre essas, uma passava por manter um local com o objetivo de distribuir ilegalmente substâncias controladas e uma outras por posse, com a intenção de distribuir substâncias controladas.

Martinsville, uma cidade de cerca de 13 mil habitantes perto da fronteira com a Carolina do Norte, possui uma das taxas mais altas de pílulas opióides prescritas por pessoa no país. Joel Smithers foi visitado por pacientes da Virginia, do Kentucky, de Ohio e do Tennessee, contaram as autoridades.

“Só espero que esta sentença seja um exemplo do que acontece com os médicos que abusam da sua autoridade na prescrição de medicamentos para fins lucrativos”, disse Eddie Cassady, chefe da polícia de Martinsville. “As suas ações contribuíram para a crise de opióides enfrentada no nosso país”.

O governo estima que 2,5 milhões de norte-americanos sejam viciados em opióides, mas alguns especialistas acreditam que o número esteja entre cinco e 10 milhões. Mais de 300 mil morreram de overdose de opióides desde 2000, informou esta semana um departamento de vigilância do Governo.

Em abril de 2018, a Drug Enforcement Administration e 48 advogados concordaram em coordenar esforços para combater o abuso de opióides e compartilhar informações sobre medicamentos controlados para ajudar nas investigações.

Na terça-feira, a Johnson & Johnson anunciou um acordo de 20,4 milhões de dólares (aproximadamente 17 milhões de euros) para resolver as reclamações relacionadas com opióides, que foram apresentadas por dois condados de Ohio. A empresa tornou-se a quinta fabricante de medicamentos a evitar o primeiro julgamento que tenta responsabilizar a indústria farmacêutica pelo flagelo no país.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Veneno de caracol marinho usado para criar insulina híbrida promissora no tratamento da diabetes

Cientistas criaram uma versão minimalista e híbrida de insulina, a partir da hormona humana e de um caracol marinho, que pode vir a melhorar o tratamento da diabetes, divulgou a universidade norte-americana de Ciências da …

Sequelas da covid-19 em doentes mais graves ainda estão por compreender

O acompanhamento depois da alta para doentes que estiveram internados com covid-19 é um dos grandes desafios do sistema de saúde para compreender que sequelas, por enquanto desconhecidas, a doença poderá deixar. “Só daqui a seis …

Criança nasce com duas bocas nos EUA. É o 35.º caso registado desde 1900

A menina, nascida nos Estados Unidos, foi operada ao seis meses para remover a cavidade oral secundária, que incluía dentes, língua e um lábio. Uma bebé nasceu nos Estados Unidos com duas bocas, devido a uma …

Funcionários do Facebook em "greve virtual" face à recusa de Zuckerberg em agir contra Trump

Os funcionários do Facebook estão insatisfeitos com a decisão do fundador da rede social de manter uma postura neutra perante as recentes publicações do Presidente dos Estados Unidos. De acordo com o jornal The Guardian, os …

Inteligência Artificial recria "verdadeiro" rosto de Napoleão Bonaparte

Recorrendo a uma técnica de Inteligência Artificial, um artista holandês criou um retrato em alta definição do imperador francês Napoleão Bonaparte. O fotógrafo freelancer holandês Bas Uterwijk, cujo pseudónimo é Gandbrood, recorreu a uma rede neuronal …

"Apito" da covid-19. Novo teste deteta novo coronavírus em apenas um minuto

Uma equipa de cientistas da Universidade Ben-Gurion, em Israel, desenvolveu um novo dispositivo que é capaz de detetar a presença do novo coronavírus no organismo humano em apenas um minuto. O novo teste, desenvolvido pelos investigadores …

"We Call it Alentejo". Novo filme promocional destaca as maravilhas alentejanas

A gastronomia e vinhos, as pequenas aldeias, a sustentabilidade e a natureza são atributos do Alentejo evidenciados no mais recente filme promocional do território, lançado pela agência regional de promoção turística para chamar visitantes estrangeiros. Com …

Curandeiro convocou cerca de 100 pessoas para se abraçarem contra a "farsa" da pandemia

Josep Pàmies, um agricultor espanhol defensor das terapias alternativas, convocou cerca de 100 pessoas a abraçarem-se a beijarem-se contra a "farsa" da pandemia. No sábado, cerca de uma centena de pessoas juntaram-se em Balanguer, na província …

Rússia anuncia início de ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19

A Rússia vai começar os ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19 em 50 soldados que se ofereceram para participar nos testes, anunciou esta terça-feira o Ministério da Defesa. "Para verificar a segurança e eficácia …

Montenegro tem uma carta na manga para promover o turismo

Para incentivar o turismo, Montenegro tem a intenção de usar a carta da segurança sanitária para convencer os turistas estrangeiros a visitar o país. No dia 25 de maio, Montenegro declarou-se um "país livre de coronavírus" …