Medicamentos para pressão arterial podem proteger a memória

Os idosos que tomam determinados medicamentos para pressão arterial podem reter durante mais tempo as suas habilidades associadas à memória, sugere um novo estudo norte-americano.

Neste novo estudo, publicado na Hypertension, os investigadores descobriram que a toma de certos inibidores da ECA e bloqueadores do recetor da angiotensina II (ARBs), duas das principais classes de medicamentos para pressão arterial, que penetram no cérebro, podem impedir a entrada de substâncias tóxicas no cérebro.

Dos 12.900 pacientes analisados, os que tomaram medicamentos que penetram no cérebro demonstraram menos perda de memória em três anos, em comparação com aqueles que tomaram remédios que não cruzam a barreira hematoencefálica – estrutura que protege o sistema nervoso central de substâncias tóxicas presentes no sangue.

A hipertensão é considerada um fator de risco para a demência, existindo evidências sobre a redução do risco de comprometimento cognitivo através do controle rígido da pressão arterial, permitindo diminuir o declínio nas habilidades de memória e raciocínio à medida que as pessoas envelhecem.

De acordo com o investigador Daniel Nation, professor do Instituto para Deficiências de Memória e Distúrbios Neurológicos da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos (EUA), esta descoberta sugere que os medicamentos que penetram no cérebro podem trazer um “benefício adicional”, além da redução da pressão arterial.

“Acho que esse efeito é independente do controle da pressão arterial”, disse Nation. Os inibidores da ECA e os ARBs atuam no sistema renina-angiotensina do corpo, fundamental na regulação da pressão arterial. Mas o cérebro, explicou, tem seu próprio sistema renina-angiotensina, separado do corpo.

A equipa reuniu dados de 14 estudos com idosos, geralmente na faixa dos 60 ou 70 anos, que tomavam inibidores para hipertensão, alguns desses capazes de cruzar a barreira hematoencefálica. O que ainda não foi comprovado, apontou Daniel Nation, é se esses medicamentos reduzem o risco de demência.

O grupo apontou, no entanto, que embora esses pacientes se tenham saído melhor nos testes de memória, tiveram resultados piores relativamente à atenção. Este capacidade, porém, pode ser influenciado pelo stress e pelo humor.

Taísa Pagno //

PARTILHAR

RESPONDER

Novo modelo geofísico ajuda a prever furacões com origem no Golfo do México

Ao analisar a temperatura da atmosfera, que se encontra a vários quilómetros acima da Terra, os investigadores descobriram uma forma de prever quantos furacões podem afetar o Golfo do México no verão e no outono. Os …

Requiem. Supernova irá fazer uma "reaparição fantasmagórica" em 2037

Uma supernova distante, chamada Requiem, vai fazer uma "reaparição fantasmagórica" em 2037. O Hubble captou-a três vezes em 2016, graças a um fenómeno conhecido como lente gravitacional. A Requiem é o resultado de uma explosão estelar …

A polícia holandesa achava que tinha em mãos o mafioso mais procurado da Europa. Afinal, era só um fã de F1

Um homem de Liverpool de 54 anos pensava que o grande evento da sua viagem aos Países Baixos seria assistir ao Grande Prémio de Fórmula 1, mas acabou detido numa prisão de alta segurança por …

Cobertura global de corais caiu para metade desde 1950, revela relatório

A cobertura global de recifes de coral caiu para metade desde 1950, cenário originado pelo aquecimento global, pesca excessiva, poluição e destruição de habitats naturais, revelou uma análise divulgada esta sexta-feira. Desde a Grande Barreira de …

O sonho de Christo concretizou-se, 60 anos depois. O Arco do Triunfo foi embrulhado como um presente

Já desde o início dos anos 60 que Christo imaginava como seria cobrir o Arco do Triunfo em tecido. A sua visão foi finalmente concretizada e pode ser visitada entre 18 de Setembro e 3 …

Holanda. Ministra da Defesa renuncia devido à crise de evacuação do Afeganistão

Após a ministra das Relações Externas holandesa, Sigrid Kaag, renunciar devido ao desastre da evacuação do Afeganistão, esta sexta-feira foi a vez da ministra da Defesa, Ank Bijleveld. Segundo relatou o Guardian, acredita-se que os ministros …

Tribunal da África do Sul recusa anular pena de prisão do ex-Presidente Jacob Zuma

O mais alto tribunal da África do Sul rejeitou o pedido do ex-Presidente Jacob Zuma para anular a sua sentença de 15 meses de prisão por não comparecer a uma sessão de inquérito por corrupção. Em …

EUA. Advogado planeou o próprio assassinato para o filho receber seguro. Foi detido por fraude

Um influente advogado norte-americano, cuja esposa e um dos filhos foram assassinados, foi acusado de fraude contra uma empresa de seguros e falso testemunho por organizar o seu próprio assassinato. Segundo avançou a agência France-Presse, …

Norberto Mourão conquista bronze nos Mundiais de canoagem adaptada

Norberto Mourão já tinha conquistado o bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e junta agora mais uma medalha à colecção, desta vez nos Mundiais de canoagem adaptada. O atleta de canoagem adaptada Norberto Mourão conquistou hoje …

Caso George Floyd. Polícia condenado a 22 anos de prisão pode ver a sentença revertida

A intervenção do Supremo Tribunal do Minnesota num outro caso de violência policial para reduzir a pena de um agente pode abrir um precedente para que haja alterações na sentença de Derek Chauvin. Segundo avança a …