/

Pele de tubarão inspira novo material acústico inteligente

A forma como transmitimos e ouvimos o som é uma parte essencial de como nos envolvemos com o mundo que nos rodeia. Uma equipa de cientistas criou agora um novo material inteligente que pode revolucionar a transmissão acústica.

Desde os fones que usamos diariamente para ouvir música até à camuflagem sónica empregada nos submarinos, o som processa-se através de metamateriais acústicos, projetados para controlar, direcionar e manipular as ondas sonoras à medida que passam por diferentes meios.

Os materiais que existem atualmente são compostos por estruturas muito complexas, de metal ou de plástico, não podendo ser modificados depois de produzidos. É neste contexto que a mais recente criação, feita por uma equipa da Universidade da Califórnia do Sul, é um passo importante.

A equipa de investigadores liderada por Qiming Wang criou um novo material inteligente inspirado nas características da pele de tubarão. Este material contém nanopartículas magneticamente sensíveis que se dobram sob a força de estímulos magnéticos, permitindo desta forma diferentes e melhores condições de transmissão.

Segundo a Sputnik News, este novo metamaterial é feito de borracha e de uma mistura de nanopartículas de ferro: enquanto que a primeira dá flexibilidade, o segundo torna o material responsivo ao campo magnético. Ao contrário dos metamateriais acústicos tradicionais, não é necessário qualquer contacto direto ou pressão para alterar a arquitetura dos materiais.

O líder a investigação e o resto da equipa demonstraram que este material inteligente é capaz de imitar três dispositivos eletrónicos principais: um comutador, um portão lógico e um diodo semicondutor. A interação dos materiais magneticamente sensíveis com o campo magnético manipula a transmissão acústica de forma a criar funções como se se tratasse de um circuito elétrico.

Para já, a equipa está a testar o novo material no ar, mas espera que em breve seja possível testar as suas propriedades debaixo de água, uma vez que este instrumento tem um foco direcionado para a aplicação em submarinos.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.