Mastins tibetanos acasalaram com lobos da montanha para sobreviver às altas altitudes

Os mastins tibetanos são cães monstruosos que sobrevivem nas montanhas altas – e agora sabemos que a sua capacidade de prosperar em ambientes tão duros e com pouco oxigénio vem de uma dose extra de lobo nos seus genes.

Os cães, que podem pesar até 70 quilos, são “reconhecidos pela sua tolerância à hipóxia”, de acordo com os autores de um novo estudo sobre os genes destes cães. Isso significa que os mastins tibetanos prosperam em grandes altitudes, onde o ar rarefeito mataria outras raças.

Agora, de acordo com um artigo publicado em julho na revista especializada Molecular Biology and Evolution, sabemos o motivo: em algum momento do passado, os cães acasalaram com lobos tibetanos e os seus descendentes herdaram mutações genéticas que codificam dois aminoácidos ⁠— pequenos pedaços de uma proteína – que tornam o sangue dos mastins tibetanos melhor na captura e libertação de oxigénio.

Os dois ajustes alteram a maneira como cães e lobos produzem hemoglobina, a proteína que contém ferro no sangue que transporta oxigénio. Os investigadores compararam a hemoglobina dos mastins e lobos tibetanos com a hemoglobina de outros cães domésticos e mostraram que os mastins e lobos tibetanos têm uma vantagem significativa na sua capacidade de absorver e liberar oxigénio sob condições de ar rarefeito.

“Em altitude, o problema é absorver oxigénio, porque há pouco”, disse Tony Signore, biólogo da Universidade de Nebraska-Lincoln e um dos autores do estudo, em comunicado.

Dos seus estudos genéticos, parece que, no passado distante, os lobos tibetanos, às vezes, tinham essas mutações num trecho de ADN adormecido, que não codificava uma proteína. Em algum momento, as mutações foram copiadas para um gene ativo, dando uma hemoglobina alterada aos lobos.

Assim, quando os animais se mudaram para ambientes de maior altitude, os lobos que tinham essa mutação passaram a dominar as espécies. Mais tarde, os lobos transmitiram o gene aos mastins tibetanos, que herdaram o gene alterado da hemoglobina e passaram a dominar a raça.

ZAP //

 

 

PARTILHAR

21 COMENTÁRIOS

  1. Precisa de muita erva para concluir isso. Senão vejamos: Primeiro, os lobos e os cachorros são espécies diferentes e, portanto, não produzem descendentes férteis. Até a terceira geração, em raríssimas exceções em alguma espécies, até nascem férteis, mas completamente sequelados, com o organismo altamente debilitado e com deformidades, tal como a boca nascer no lado. A degeneração aliada à raríssima exceção afasta qualquer possibilidade de nascer uma espécie nova em larga escala.
    Segundo, os cachorros são modificados pelo homem para se adaptar a algo, como caçadores de javali na mata tropical ou puxar trenó no frio extremo, assim como resistir à baixa oxigenação, coisas que uma taça aguenta e a outra morreria ou não faria.
    Terceiro, inventar uma informação sem qualquer prova de que “parece que, no passado distante, os lobos tibetanos, às vezes, tinham essas mutações num trecho de ADN adormecido (…)”, Numa total incerteza , mas partindo desse achismo para afirmar uma “conclusão científica”. Ou seja, os lobos presentes não tem esse gene, mas o achismo deve prevalecer, para se chegar à conclusão de que é essa raça é um descendente híbrido.
    Quarto porque os lobos tem genes e comportamentos completamente estranhos para um cachorro e vice-versa. Essa raça de cachorro é tão cachorro quanto os de outra raça. Afinal, elementos acidentais não são capazes de mudar a essência da espécie.
    Quinto porque os lobos são altamente devoradores, inclusive praticando o canibalismo quando não encontram comida e eles tem inimizades aos cachorros, vendo-os como banquetes e/ou rivais.

    Agora, claro, esses evolucionistas, como todos os outros, vai conseguir alguma promoção no emprego ou mesmo “justificar” a dinheirama que receberam a título de bola por algum político.

  2. Engano seu, Hagar. Lobos e cães podem cruzar, sim, e deixar descendentes férteis. Eles são a mesma espécie. Não existe na Natureza a espécie cachorro (Canis familiares, como costumam chamar), mas sim, lobo (Canis lupus). Todos os cães domésticos são, em sua essência, lobos. Por mais estranha e diversificada que poça parecer a raça canina, essa estranheza é apenas no exterior. Por dentro (em seu DNA), todos os cães são lobos. Através da domesticação e do cruzamento selecionado (conhecido como Seleção Artificial), o homem transformou a aparência do lobo em cão.

  3. Há dois tipos de achismo.
    Há o “achismo” dos cientistas que durante anos estudam, investigam, analisam dados, escrevem artigos, enviam os artigos a revistas cientificas, que por sua vez os enviam para outros cientistas do ramo os analisarem e eventualmente publicarem. É do que essas pessoas “acham” que se fez a medicina dos nossos dias, a engenharia, a física, a internet, e toda a ciência que suporta o mundo que hoje nos rodeia. Excepto se formos mormones e vivermos no século 17.
    E há o “achismo” dos espertos que lêem um artigo com dados de um comunicado de uma Universidade e de um artigo publicado por uma equipa de cientistas, e concluem imediatamente que as conclusões dos cientistas é que são “achismo”.
    Aaaahhhh… esperem… reparei agora no “esses evolucionistas”. Estou a comentar verborreia de um lamarckiano que acha que o pescoço das girafas cresce para chegar às folhas. Ou, pior ainda mas mais provável, de um criacionista que acha que o homem não descende do macaco, porque a humanidade nasceu de uma costela.
    Que perda de tempo!

    • Xicuspertu. Quanto à humanidade, sim ela descende de uma costela sim. Pena que para aprender isso o estudante precise largar tudo o que já aprendeu, suas crenças e até a lógica dos cientistas a respeito da evolução humana. Ele precisa ler 66 livros, de muitas páginas e interpretações individuais com varios nomes desconhecidos até então de pessoas que confirmam essa origem do homem vindo da costela. Ele precisa ouvir sobre essa” teoria” da costela de coração e mente abertas. E precisa reconhecer a fragilidade humana….
      …Ou apenas ter fé na palavra de Deus que é a bíblia.

      • O unico problema é que esse tal de Deus nunca escreveu um livro. Todos os livros do Antigo e do Novo Testamento foram escritos por homens, são contraditórios entre si e a própria descrição de Deus é contraditória. A única coisa que não é contraditória é a descrição de um Deus mesquinho, ciumento, vingativo e sanguinário, mas adiante. Na ciência uma hipótese tem de ser exprimentada e verificada vezes e vezes de forma independente por vários cientistas, antes de ser considerada válida. Já Deus varia de igreja para igreja, de pastor para padre e de crente para fanático.

  4. Acho que nao se devia fazer comentarios sem se sber um pouco do k se esta a falar , mas enfim , vou tentar ser explícito e breve , maior parte das racas que hoje em dia se conhece forao sim originadas por nos homens que consite em cruzamentos entre raças de especies diferentes ( duas e em alguns casos tres) , mas , se voltarmos atras no tempo uns bons anos vemos que ( isto em relacao ao comentario do senhor hagar) os nossos hoje em dia amigos patudos , erao nada mais nada menos que mais umas especie de animal selvagem , ou seja , todos eles praticavao o canibalismos , ou seja todos eles se alimentavam de outros seres vivos , ou penssao que existia racao ou algo do genero ? Obvio que nao , isto ate se lembrarem de os caçar ,mantelos em cativeiro e deixalos acasalar para depois entao os domesticarem , erao entao depois usados como guerreiros ou seja frente de batalha isto recuando ate aos tempos romanos , e falo disto porque por acaso so amante da raça cane corso e inclusive tenho 4 bestas dessa raça que sao descendentes directos da raca molossos uma raca canina molossoide extinta entao desde essa epoca para entao vir dar lugar ao hoje em dia conhecido cane corso , muitas dessas racao forao “alteradas” para que se podessem tornar caes de companhia ou seja se tornarem nossos fieis companheiros ao inves de nos tentarem devorar.
    Em relacao aos lobos e caes se pesquisar vera que existe uma raça, que aqui em portugal nao e permitida mas que em espanha sim que se chama mesmo cao lobo , nomo esse derivado ao cruzamento de um cao com um lobo .https://pt.m.wikipedia.org/wiki/C%C3%A3o-lobo

  5. Vejo opiniões de pessoas diferentes…as quais cada um da sua forma interpreta e digere à informação.
    O que vejo no texto acima é uma informação (verdadeira ou não), cabe ao leitor (culto, pós graduado em textos aleatórios na internet e formadores de opiniões centralizadas e colhidas em seu próprio umbigo) a decisão. Sem mais…

  6. Interessante né,se os lobos sempre foram lobos no seu aspecto físico e comportamental,como que homems cruzando lobos com lobos conseguiram a forma de um pinscher por exemplo, ou um beagle,ou existiu no passado lobo com cara de pinscher ou de beagle? É óbvio que há vários cruzamentos onde resultam várias raças, mas tudo veio somente do lobo? Será que já não existiam no passado raças semelhantes à dos cachorros normais que vemos hoje? Já que uma matéria científica se baseia no achismo, também posso fazer o mesmo.

  7. Na realidade o Homem não descendeu do macaco… os macacos são seres primatas que têm cauda, mas o Homem não deixa de ser um primata.
    O que é curioso é o facto de o nosso DNA ser 98% igual ao do chimpanzé e não havar uma resposta dos criacionistas para tal decisão de Deus.
    Quer dizer…com tanta opção de criação, Deus decide que este ser seja 98% igual em conteúdo…
    Enfim, nem Lamarck encontraria resposta para isto, mas ele era um evolucionista com diferentes concepções quanto à “driving force” por detrás da evolução, que acabou por ser compreendida com a teoria de Darwin-Wallace.

    • Ou seja,vc falou, falou e não disse nada,é óbvio que os cientistas vão dizer que homem tem 98% de DNA de um macaco (ridículo),recebem milhões e milhões para sustentar a tese do evolucionismo sustentadas por organizações no mínimo suspeitas. Esse tal evolucionismo onde nada mais evolui,está estagnado kkkkkk piada esses evolucionistas

    • Eu gostaria que você me explicasse melhor como funcionam as teorias evolucionistas, tais quais: Teoria do homem/porco, homem/macaco/peixe, homem/macaco/porco. E tantas outras que nem vou perder meu tempo digitando. A teoria da evolução não passa de uma crença pessoal, que colou e a galera foi atrás. Você precisa entender a ciência, existem fatos, que são evidências contra elas não existem argumentos, o resto é conjectura. A interpretação destas evidências é filosofia científica, e contra isso sempre haverá argumentos.

  8. Cão e lobo é igual com diferentes tipos de cultura tal como os humanos.so me fáz confusão é quem é o ((achista))!!! Que achou e fez ou anda tentando fazer leis que dizem que um cão fechado em grádes ((canil)) é mais feliz do que acorrentádo em cima de terra batida e á sombra como na natureza!!! Dentro do possível.no cimento e nas grades ñ tem nada!!! De natureza.quem foi o cão que assim dividiu em nome dos outros???

RESPONDER

Viagens ao Espaço têm um novo perigo desconhecido para os astronautas

Há um perigo inerente às longas viagens espaciais dos astronautas desconhecido até aos dias de hoje. Um novo estudo aponta que os cosmonautas podem ver o seu fluxo sanguíneo revertido na parte superior do corpo. A …

Macrocilix maia, a misteriosa traça que tem moscas a comer fezes nas suas asas

Macrocilix maia é uma espécie de traça que se destaca pela forma como se camufla dos seus predadores. Nas suas asas vê-se duas moscas a comer excrementos de pássaro. A natureza nunca falha em surpreender-nos e …

Há provas que ligam misteriosa doença que paralisa crianças a vírus raro

Pela primeira vez, foram encontradas provas da associação do Enterovírus D68, um vírus raro até há algum tempo, à Mielite Flácida Aguda, uma doença semelhante à poliomielite que tem afectado centenas de crianças, provocando a …

Antigos egípcios podem ter encurralado milhões de pássaros só para os mumificar

Novas evidências de ADN sugerem que os antigos Egípcios capturavam pássaros selvagens para sacrifícios ritualísticos (e para os poderem mumificar depois). As catacumbas egípcias contêm milhares de pássaros mumificados, especificamente íbis-sagrados (Threskiornis aethiopicus), empilhados uns sobre …

Estudo mostra que sondagens tendenciosas enviesam eleições políticas

Através de experiências práticas, uma investigação recente sugere que as sondagens tendenciosas podem influenciar e enviesar as eleições políticas, até mesmo nas grandes democracias. Enquanto uma eleição se aproxima no Reino Unido e uma votação presidencial …

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …