Massivo cemitério megalítico com 5 mil anos descoberto no Quénia

(dr) Katherine Grillo

No cemitério comum estavam enterrados, pelo menos, 590 pessoas

Foi há 5 mil anos, no ambiente inconstante de África que uma sociedade primitiva se reuniu nas margens do Lago Turkana, no Quénia, e construiu algo tão raro e notável que nunca os investigadores tinham visto algo semelhante.

Um grupo de investigadores descobriu no Quénia o maior e mais antigo cemitério monumental da África Ocidental, construído há cerca de 5 mil anos pelos primeiros pastores que habitaram a região. O local foi apelidado de Lothagam North Pillar Site.

A investigação, conduzida por Elisabeth Hildebrand, da Universidade de Stony Brook, nos Estados Unidos, revela que os primeiros pastores construíram uma plataforma com cerca de 30 metros de diâmetros e escavaram uma enorme cavidade no centro para enterrar os seus mortos. Depois de cobrir o buraco com pedras, os pastores marcaram o local com grandes pilares megalíticos.

De acordo com o estudo, publicado nesta segunda-feira na Phys.org, o local de sepultamento comum foi usado durante sete séculos.

A cavidade central contém os restos mortais de pelo menos 580 pessoas, todas enterrados da mesma forma, o que sugere que esta sociedade não tinha uma hierarquia social muito forte. No cemitério foram também encontrados pendentes de pedra e brincos.

A descoberta revela-se tão importante porque altera o nosso conhecimento sobre as estruturas monumentais que eram construídas pelas sociedades antigas. O grupo que construiu este cemitério comum era igualitário, ao contrário das sociedades hierárquicas a que até agora associávamos estas construções, que tinham classes sociais diferenciadas.

“Esta descoberta desafia ideias anteriores sobre monumentalidade“, disse Elisabeth Hildebrand. “Na falta de outras evidências, Lothagam North fornece um exemplo de que a monumentalidade não está manifestamente ligada a uma hierarquia, forçando-nos a considerar outras narrativas de mudança social”, explicou.

De acordo com Anneke Janzen, do Instituto Max Planck para a Ciência da História Humana, “os monumentos podem ter servido como um local para congregar e renovar laços sociais, bem como para reforçar a identidade da comunidade”.

ZAP // RT / ScienceAlert

PARTILHAR

RESPONDER

Dez rinocerontes brancos assassinados por caçadores furtivos em reserva queniana

Dez rinocerontes brancos foram assassinados por caçadores furtivos na reserva queniana de Lewa, no condado de Neru, segundo um comunicado publicado na segunda-feira pelo parque. Os caçadores furtivos atacaram na noite do passado sábado a reserva …

Inscrições nas pinturas rupestres de Foz Côa custam 125 mil euros a ciclistas

O Ministério Público (MP) deduziu acusação contra dois indivíduos que fizeram várias inscrições numa rocha do Parque Arqueológico do Vale do Côa classificado como Património Mundial pela UNESCO. O caso aconteceu durante um passeio de BTT …

Governo lança em 2020 campanha de sensibilização para o consumo de "informação séria"

O Governo anunciou na segunda-feira o lançamento, no início de 2020, de uma campanha de sensibilização que visa a convivência democrática entre uma "comunicação social livre e uma população formada e capaz de exigir e …

Novo Star Wars pode causar ataques epilépticos

A Walt Disney Studios e Epilepsy Foundation publicaram na sexta-feira passada um aviso a dar conta de que Star Wars: Rise of Skywalker contém "várias sequências de imagens com luzes intermitentes que podem afetar quem …

Arqueólogos ativaram (acidentalmente) as "bombas de mau cheiro" mais antigas do mundo

Arqueólogos do Reino Unido lançaram acidentalmente as "bombas de cheiro mais antigas do mundo" quando descobriram ovos de galinha com cerca de 1.700 anos. Durante o longo trabalho de escavação na cidade de Aylesbury, no condado …

Timor atribui nacionalidade a Max Stahl. Jornalista é reconhecido por luta pela libertação do país

O Parlamento Nacional timorense deliberou esta terça-feira, por unanimidade, atribuir a nacionalidade ao jornalista britânico Max Stahl, que filmou o massacre de Santa Cruz, em reconhecimento pelo seu papel na luta pela libertação de Timor-Leste. "É …

Benfica 3 - 0 Zenit | “Pizzão” aos russos vale Liga Europa

O Benfica garantiu o apuramento para a Liga Europa. A formação “encarnada” precisava de um enquadramento especial de resultados e tal acabou por acontecer. O Lyon empatou em casa com o Leipzig, enquanto a formação portuguesa …

Aldeia francesa proíbe habitantes de "morrer em suas casas aos sábados, domingos e feriados"

A presidente da junta de La Gresle, Isabelle Dugelet, assinou um decreto improvável que impede que os habitantes da aldeia francesa de morrer em casa aos fins de semana e feriados. "É proibido que os habitantes …

Lisboa-Porto por cinco euros. CP oferece 80% de desconto no Natal

A CP - Comboios de Portugal está a oferecer descontos de 80% em mais de 4.500 viagens de comboio até 15 de janeiro. Quem viajar de comboio no período de Natal e Ano Novo terá …

Transformer da vida real. Aquanaut é o robô que se transforma em submarino debaixo de água

https://vimeo.com/378556715 Um transformer da vida real: o novo robô autónomo Aquanaut consegue mudar de fisionomia num abrir e fechar de olhos. Num momento assume uma forma humanóide, semelhante a uma sereia, e no outro uma forma …