A “máscara mais inteligente do mundo” é recarregável, tem microfone e dá luz

A Razer afirma ter criado a máscara mais inteligente do mundo. O Projeto Hazel é um design com um revestimento externo feito de plástico reciclado à prova de água e é transparente para permitir a leitura labial e ver sinais faciais quando o utilizador está a falar.

A Razer refere-se ao Projeto Hazel como uma máscara N95 cirúrgica, mas ainda não obteve nenhuma das aprovações e certificações necessárias da Food and Drug Administration, dos Centros para Controlo e Prevenção de Doenças ou da Administração de Segurança e Saúde Ocupacional.

Num comunicado ao The Verge, a Razer disse que está a trabalhar com uma equipa de especialistas e cientistas que estão a ajudar a desenvolver a máscara para que esta possa entrar em circulação.

As principais características desta máscara estão nas suas duas zonas circulares que se situam ao lado da boca, pois aqui estão presentes dois ventiladores. A empresa afirma que estes ventiladores de disco ativos, filtram o ar que é inspirado, combatendo assim cerca de 95% das partículas transportadas pelo ar, incluindo o vírus que causa a covid-19.

Esses ventiladores são removíveis e recarregáveis, porém um porta-voz da empresa disse ao The Verge que a longevidade destes ainda está a ser testada e, quando os filtros precisam ser trocados, a Razer prevê que os utilizadores devem ser notificados através de uma aplicação móvel complementar.

A nova máscara também deverá possuir microfones e amplificadores para que a voz seja projetada para fora. A Razer avançou que está a trabalhar com engenheiros de som da THX para encontrar um equilíbrio nesta questão.

De acordo com os criadores da máscara, esta é confortável, apesar de toda a tecnologia interna, uma vez que conta com uma proteção de silicone e usa presilhas ajustáveis ​​para que a maioria das pessoas consiga encontrar o ajuste adequado.

Um outra novidade é que cada um dos anéis do respirador e do amplificador pode brilhar numa cor escolhida pelo utilizador. Desta forma, quando escurece, um conjunto de LEDs é ativado automaticamente para iluminar a boca do indivíduo e desta forma permitir que as outras pessoas a vejam enquanto fala.

O Projeto Hazel deverá incluir um estojo de carregamento que esteriliza a máscara com luz ultravioleta quando esta não está a ser usada.

Para já, a empresa ainda não definiu um preço ou uma data de lançamento.

Ana Moura, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Não tem emenda." PSD e Bloco de Esquerda criticam relatório do Novo Banco

O Bloco de Esquerda defende que a versão entregue do relatório da comissão do Novo Banco, redigida por um deputado do PS, tem uma "parcialidade evidente" a favor do Governo. O PSD diz que "não …

Frederico Morais falha Jogos Olímpicos. Testou positivo à covid-19

O português Frederico Morais vai falhar a estreia do surf nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, por estar infetado pelo novo coronavírus, informou esta sexta-feira o Comité Olímpico de Portugal (COP). O surfista natural de Cascais, de 29 …

Governo propõe que todas as freguesias possam ter pelo menos um autarca a meio tempo

O Governo aprovou uma proposta para que todas as freguesias do país possam ter um autarca a meio tempo independentemente da sua dimensão, anunciou esta sexta-feira a ministra da Modernização do Estado, que tutela as …

Espanha vai administrar terceira dose da vacina

Espanha anunciou esta sexta-feira que será administrada uma terceira dose da vacina contra a covid-19, embora ainda não haja data prevista. Carolina Darias, ministra da Saúde espanhola, anunciou esta sexta-feira que será administrada uma terceira dose …

Portugal com mais 3.794 casos de covid-19 e 16 mortes

Portugal registou, esta sexta-feira, 3.794 novos casos e 16 mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o …

Deputada expulsa do parlamento britânico por chamar “mentiroso” a Boris Johnson

A deputada do Partido Trabalhista, Dawn Butler, foi esta quinta-feira expulsa da Câmara dos Comuns, a câmara baixa do Parlamento britânico, por chamar "mentiroso" ao primeiro-ministro, Boris Johnson. Butler foi expulsa pela presidente adjunta temporária, Judith …

UGT dispara contra o Governo. "Exemplo vem sempre de quem está no topo"

Numa carta aberta ao primeiro-ministro, a UGT criticou a atitude de vários ministros, a destruição de milhares de postos de trabalho durante a pandemia e alertou para a suspeita de existir cartelização entre os grandes …

Greve de fome de 470 pessoas em Bruxelas termina 60 dias depois

Em Bruxelas, mais de 470 pessoas deram por terminada uma greve de fome que durou dois meses. O governo belga disse que não pode ceder a chantagens e saudou a boa decisão. Nos últimos dois meses …

Estados Unidos anunciam novas sanções a Cuba. “É apenas o início”

Sanções dos Estados Unidos a Cuba têm como objetivo castigar “os indivíduos responsáveis pela opressão da população cubana”. Ministro dos Negócios Estrangeiros cubano, numa reação, fala em medidas "sem fundamento e caluniosas" e pede que …

Militantes do Chega acusados de agredir homossexual em Viseu

Militantes do Chega são acusados de terem agredido um homem homossexual no final da tarde de quarta-feira, na rua, em Viseu. Segundo informação avançada pelo Expresso, os agressores são afetos à candidatura do partido de …