Marques Mendes acredita que o SNS está pior do que no tempo da troika (e culpa Centeno)

Mário Cruz / Lusa

Luis Marques Mendes

Luís Marques Mendes afirmou que a situação que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) é tão má que, na atualidade, o panorama “é pior do que no tempo da troika”. E tudo por causa de Mário Centeno, “o grande ‘coveiro'” do sistema que todas as semanas recebe “um novo prego no caixão”.

No seu habitual espaço de comentário na SIC, este domingo, o comentador atribuiu as dificuldades no SNS, ou pelo menos o seu agravamento durante esta legislatura, a duas razões: a redução do horário dos profissionais para 35 horas e as cativações do ministro das Finanças, noticiou o Expresso.

O que significa que este é “um problema financeiro” e que não se resolve com uma nova Lei de Bases da Saúde – bandeira com que António Costa tem acenado, argumentou Marques Mendes, para simular que um novo instrumento virá “pôr em ordem a Saúde”. “É mentira, a Lei de Bases não vai trazer nada de novo”, sublinhou.

Também o processo de negociação desta lei mereceu críticas por parte do ex-líder do PSD, depois de uma série de avanços e recuos que vão levar PS e PSD a conversar para tentar chegar à aprovação da nova lei, tendo as conversações à esquerda, até ver, falhado.

“Parece que quando António Costa não consegue resolver um problema à esquerda, vê no PSD uma espécie de 112, de pronto-socorro. Quer fazer do PSD uma espécie de partido muleta, é quase o grau zero da política”, indicou.

A motivação do primeiro-ministro é, para Marques Mendes, clara: o PS está “obcecado com a maioria absoluta” e aproveita esta ocasião para se mostrar como “partido-charneira, que dialoga com todos”.

Manuel de Almeida / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno

E, assim, de acordo com o Expresso, tenta “esvaziar o centro” com a negociação da Lei de Bases com o PSD, esbatendo as diferenças entre os dois partidos, mesmo praticando um “exercício de hipocrisia política”, uma vez que António Costa vem dizendo e repetindo que é preciso substituir a atual Lei de Bases “da direita” (aprovada em 1990, quando Cavaco Silva era primeiro-ministro).

Por outro lado, o comentador acredita que António Costa está a tentar “humanizar” a sua imagem tendo em vista as eleições que aí vêm – “está a copiar Marcelo [Rebelo de Sousa], viu-se bem em Pedrógão”.

O ex-líder social-democrata aproveitou ainda para comentar o travão que o PS vai pôr ao fim das taxas moderadoras, e que, como revelou o Expresso, será faseado.

“Isto faz-me lembrar o presidente dos Estados Unidos”, ironizou, lembrando que Donald Trump ordenou esta semana um ataque aéreo ao Irão apenas para o cancelar minutos antes do seu início. “É o mundo de pernas para o ar”.

Marques Mendes comentou também as declarações de Vítor Constâncio no Parlamento, classificando a atitude do ex-governador do Banco de Portugal como “lamentável” e declarando que “fica a suspeita de que foi conivente” com o assalto ao BCP. “Constâncio podia e devia ter impedido Berardo de ter mais votos no BCP”, declarou.

Taísa Pagno TP, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A “Culpa”, é da enorme corrupção e peculato que mina a Economia Portuguesa desde o 25 Abril. E nisso todos os que tiveram o Poder e Responsabilidade de Decisão na mão desde então, Tem CULPA, incluindo os Deputados que não denunciam os esquemas criminosos praticados por a classe Politica !……… Um certo (Corporativismo) instalado em São Bento, que precisava de ser irradiado!

RESPONDER

Pai de Valentina condenado a 25 anos de prisão. Madrasta condenada a 18 anos e 9 meses

O pai da criança que foi encontrada morta, em maio do ano passado, em Peniche, foi condenado a 25 anos de prisão. A madrasta foi condenada a 18 anos e nove meses. De acordo com o …

Luís Correia deixa PS. Vai recandidatar-se a Castelo Branco como independente

O ex-presidente da Câmara de Castelo Branco, Luís Correia, deixou o PS e vai recandidatar-se como independente à presidência da autarquia este ano. De acordo com o jornal Público, o ex-presidente da Câmara de Castelo Branco, …

DGS atualiza regras para partos. Hospitais têm de assegurar condições para acompanhantes

A Direção-Geral da Saúde fez uma revisão nas orientações de modo a facilitar o acesso dos acompanhantes e para deixar exclusivamente ao critério da mãe o contacto pele a pele com o bebé e a …

Portugal com mais uma morte por covid-19 e 610 novos casos de infeção

Portugal registou, esta quarta-feira, mais uma morte e 610 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 610 …

Quartos para arrendar estão mais baratos em Lisboa. A culpa é da pandemia

A pandemia provocou uma quebra de preços mas a capital ainda é a cidade onde fica mais caro arrendar um quarto. Ao longo do último ano foi na cidade de Lisboa que se registou a …

MP acusa ativista que interrompeu António Costa de desobediência qualificada. Arrisca 2 anos de prisão

Em 2019, um ativista do movimento Extinction Rebellion Portugal interrompeu e tirou o microfone ao primeiro-ministro António Costa no jantar de aniversário do Partido Socialista. Agora, está a ser acusado de desobediência qualificada. De acordo com …

Jerónimo de Sousa lança críticas ao PS no arranque das autárquicas

Jerónimo de Sousa focou as suas críticas no PS no dia em que a CDU apresentou o compromisso da coligação parar as eleições autárquicas. A CDU promoveu, esta terça-feira, um "ato público" para apresentar o compromisso …

Cabrita vai explicar contrato do SIRESP ao Parlamento

O Parlamento vai ouvir o ministro da Administração Interna para explicar o problema da rede de comunicações de emergência do Estado, SIRESP, cujo contrato termina ainda este ano. A audição de Eduardo Cabrita foi aprovada por …

Falha de luz estraga 2400 vacinas em Famalicão. Almirante desvaloriza e Graça Freitas prevê "abundância"

Uma falha de energia eléctrica no Centro de Vacinação de São Cosme, em Famalicão, no distrito de Barcelos, levou à inutilização de 2400 vacinas. Um incidente que compromete a administração de doses no concelho numa …

Vacinação alargada a diabéticos, obesos e doentes oncológicos. Portugal vai dar vacina da Johnson

Marta Temido, ministra da saúde, Graça Freitas, directora-geral da Saúde, e Gouveia e Melo, coordenador da task force de Vacinação, fazem o balanço da primeira fase de vacinação contra a Covid-19 em Portugal, revelando mudanças …