Mário Machado tem “850 militantes” atrás do alegado homicida da discoteca Lick

Miguel A. Lopes / Lusa

A liberdade condicional do líder do movimento de extrema-direita Nova Ordem Social, Mário Machado, pode estar em risco devido a apelos de “caça” ao suspeito de matar a tiro um jovem funcionário da discoteca Lick, no Algarve.

Após o homicídio, Mário Machado publicou no Twitter um apelo para que os militantes da NOS capturassem o jovem negro de cerca de 20 anos e não o entregassem à polícia. “Procura-se assassino! Não o entreguem às autoridades se souberem do seu paradeiro enviem-nos mensagem privada”, lê-se na publicação.

De acordo com a revista Sábado, Mário Machado disse ao um jornal de extrema-direita espanhol La Tribuna de España, ter “850 militantes e apoiantes em todo o território português na caça a captura do assassino”. “Queremos capturá-lo antes que a polícia o faça”, disse ainda, mantendo a posição que tem sido partilhada nas redes sociais.

Nos últimos dias, o homícidio da discoteca Lick é um tema constante do Twitter da Nova Ordem Social. Numa das imagens partilhadas, recorda-se que o homicida continua em fuga, ficando por esclarecer se a recompensa financeira que aparece referida é mesmo verdadeira.

Em 2016, o Tribunal Central de Lisboa tinha aplicado ao ex-líder dos hammerskins — uma ala radical e especialmente violenta do movimento skinhead — dois anos e nove meses de prisão por um crime de extorsão dos quais cumpriu pouco mais de um ano. Antes, tinha sido condenado a dez anos de cadeia por vários crimes, mas só cumpriu 5/6 dessa pena. Se ficar provado que violou a liberdade condicional, terá de cumprir cerca de dois anos de prisão.

O Ministério Público abriu um inquérito para investigar a eventual existência de crime de discriminação e incitamento ao ódio e à violência na mensagem publicada nas redes sociais, indicou à Lusa o gabinete de imprensa da Procuradoria-Geral da República (PGR).

O suspeito do homicídio ocorrido no Algarve, no final da semana passada, está em fuga e é procurado pela Polícia Judiciária.

Um jovem de 19 anos pertencente ao staff da discoteca LICK, em Vilamoura, foi mortalmente baleado na madrugada da passada sexta-feira no exterior daquele estabelecimento noturno. Fernando Pacheco, gerente da LICK, revelou à Lusa que o jovem era um colaborador da discoteca que estava à porta a colocar pulseiras de acesso ao espaço. A investigação do caso está a cargo da Polícia Judiciária.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Tofu nunca causou uma pandemia", publica PETA em outdoors

A organização de direitos dos animais PETA está a incentivar os norte-americanos a experimentar tofu, através de anúncios em 'outdoors' nos Estados Unidos (EUA) onde defendem que o produto de soja "nunca causou uma pandemia". A …

Portugueses estão menos preocupados com a pandemia, mas apreensivos com a economia

O grau de preocupação com a pandemia diminuiu de 80,9% durante o estado de emergência para 76,2% no estado de calamidade, mas os portugueses estão mais alerta quanto ao impacto na economia, conclui um inquérito …

Nova morte, saqueamentos e protestos. Minneapolis vive caos após homicídio de George Floyd

Um homem foi encontrado morto a tiro, na madrugada de hoje, suspeito de ter sido vítima dos protestos, em Minneapolis, contra a morte de um homem negro sob custódia policial. Durante a noite de quarta-feira, milhares …

Filho de Deeney tem problemas respiratórios. Jogador foi alvo de abusos por recusar treinar

O futebolista Troy Deeney, capitão do Watford, revelou que tem sido alvo de abusos e comentários depreciativos, por ter recusado voltar aos treinos, face aos problemas respiratórios do seu filho. “Vi comentários em relação ao meu …

Parlamento aprova alargamento de apoios a todos os sócios-gerentes afetados pela pandemia

O parlamento aprovou hoje, em votação final global, um texto final que alarga os apoios no âmbito do `layoff´ aos sócios-gerentes das micro e pequenas empresas afetadas pela pandemia covid-19, independentemente do volume de faturação. Com …

Pandemia de covid-19 alimenta corrupção na América Latina

A propagação da Covid-19 na América Latina está a alimentar a corrupção nos vários países que a integram, que vai desde a inflação dos preços a situações de aproveitamento económico e de ligações entre políticos …

Mais de 500 católicos portugueses contra proibição de comunhão na boca

Mais de 500 católicos portugueses, entre leigos e sacerdotes, apelaram à Conferência Episcopal Portuguesa para revogar a proibição de os fiéis receberem a comunhão na boca, por causa da pandemia de covid-19, informou na quarta-feira …

Adeptos recusam devolução dos bilhetes. Bayern distribui dinheiro por clubes amadores

Os adeptos do Bayern renunciaram ao direito de serem reembolsados pelos bilhetes comprados para os jogos até ao final da temporada. O clube decidiu distribuir o dinheiro pelos emblemas amadores da região da Baviera. Tal como …

Trabalhadores acusam TAP de pagar abaixo do salário mínimo a tripulantes em lay-off

O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) acusou hoje a TAP de não estar a pagar o previsto na lei do ‘lay-off’, indicando vários casos em que a remuneração é inferior …

Tesla baixa preço de quase todos os modelos nos Estados Unidos

A empresa de carros elétricos Tesla baixou o preço dos Modelos 3, S e X no mercado norte-americano, visando estimular as vendas que estão em declínio durante a pandemia, avança a agência Reuters. O semanário …