Mário Centeno tocou o sino e já é presidente do Eurogrupo

Etienne Laurent / EPA

Mário Centeno, ministro das Finanças, e agora também presidente do Eurogrupo, com o homólogo holandês Jeroen Dijsselbloem

O ministro das Finanças português, Mário Centeno, já assumiu a liderança do Eurogrupo numa cerimónia na embaixada de Portugal em Paris. A 22 de janeiro terá a primeira reunião enquanto presidente.

Em comunicado, o Conselho da União Europeia (UE) refere que a “passagem de testemunho” da presidência do Eurogrupo do holandês Jeroen Dijsselbloem para Mário Centeno ocorreu pelas 12:00 na embaixada de Portugal em Paris (11:00 em Lisboa). O Eurogrupo é considerado um órgão informal, pelo que não houve tomada de posse formal.

Centeno recebeu das mãos do holandês Jeroen Dijsselbloem o sino usado pelo presidente do Eurogrupo nas reuniões do grupo informal dos ministros das Finanças da Zona Euro, simbolizando a passagem de testemunho entre os dois governantes.

Centeno foi eleito presidente do Eurogrupo a 4 de dezembro de 2017, ao impor-se na segunda volta da votação realizada em Bruxelas.

O ministro das Finanças português foi o mais votado na primeira volta (oito votos), após a qual saíram da “corrida” a letã Dana Reizniece-Ozola e o eslovaco Peter Kazimir, tendo depois derrotado o candidato luxemburguês Pierre Gramegna na segunda volta da eleição.

Centeno é o terceiro presidente da história do fórum de ministros das Finanças da zona euro, depois do luxemburguês Jean-Claude Juncker e do holandês Jeroen Dijsselbloem, assumindo hoje funções para um mandato de dois anos e meio, até meados de 2020.

Para cumprir o mandato até ao fim, Centeno terá, contudo, de se manter como ministro das Finanças depois das eleições legislativas de 2019, já que só titulares desta pasta podem assumir a liderança do Eurogrupo.

No dia em que foi conhecida a sua eleição, Mário Centeno afirmou que “é uma honra ser o próximo presidente do Eurogrupo” e salientou que a candidatura portuguesa à presidência do fórum de ministros das Finanças da zona euro foi construída “com muita credibilidade e esforço”.

“E é uma honra ser o novo presidente devido à relevância deste grupo, à qualidade dos meus colegas e à importância do trabalho que temos de fazer nos próximos anos”, declarou Centeno, sublinhando que esse trabalho “tem de ser feito por todos os membros que pertencem ao euro, Comissão, instituições europeias”.

Numa deslocação a Bruxelas na passada segunda-feira para uma reunião com o vice-presidente da Comissão responsável pelo Euro, o ministro das Finanças português antecipou que o seu trabalho à frente do Eurogrupo será “bastante exigente“, à luz do seu lema de “geração de consensos”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Vem aí chuva de poeiras vindas do Norte de África

Este fim de semana, o sul de Portugal pode enfrentar uma chuva carregada de poeiras vindas do Norte de África. O IPMA explica que se trata apenas de uma deposição. Uma chuva de poeiras pode atingir …

Marcelo deverá vetar mudança de género aos 16 anos

O Presidente da República deverá vetar a lei que permite a mudança de género no registo civil aos 16 anos, por questionar não ser necessário um relatório médico. Marcelo Rebelo de Sousa deverá vetar a lei …

Nacionalidade automática para filhos de imigrantes há 2 anos em Portugal

Os filhos de imigrantes que vivam em Portugal há dois anos vão ser considerados portugueses originários, a não ser que declarem que não querem ser portugueses. Esta alteração vai "inverter a atual regra" e irá encurtar …

Eleições de 2019 com plano europeu para travar perturbações nas redes sociais

Em 2019, o objetivo central dos técnicos da "sala de situação" é proteger as infraestruturas de apoio ao processo eleitoral, nas europeias e as legislativas, ainda sem data marcada. O cenário internacional tem sido marcado pela …

PSD dá a Costa espaço para reformar o SNS sem o Bloco

O ministro-sombra da saúde de Rui Rio, Luís Filipe Pereira, está a preparar um documento estratégico sobre o SNS. O PSD pretende, assim, ir a jogo na discussão sobre o futuro do Serviço Nacional de Saúde. A …

O Benfica criou um plano para mandar no futebol português

Emails revelados pelo blogue do "Mercado de Benfica" mostram que os quadros do clube debateram entre si uma estratégia a cinco anos para influenciar e dominar as "diferentes áreas do poder da indústria" do futebol português, …

Governo admite baixar portagens para SUVS e crossovers

O ministro Pedro Marques admite passar carros SUV e crossover de classe 2 para 1 nas portagens, afirmando que a atual classe 2 "pode ser um bloqueio a viaturas mais eficientes". O ministro do Planeamento, Pedro …

Portugal continua no caixote do lixo da Moody’s

A Moody's não se pronunciou sobre a notação de crédito de Portugal. Nos próximos seis meses, continuará a ser a única agência a manter o país abaixo do "grau de investimento". A agência de notação financeira …

Consultor Constantino Sakellarides demite-se em divergência com ministro da Saúde

O consultor do ministro da Saúde, Constantino Sakellraideser, entregou, na quinta-feira, uma carta de demissão a Adalberto Campos Fernandes devido a divergências de pensamento. Constantino Sakellarides, o consultor do ministro da Saúde que, há dois anos, …

Kim Jong-un anuncia suspensão de testes nucleares e balísticos

O regime norte-coreano anunciou a suspensão dos testes nucleares a partir de sábado e o desmantelamento da base de Punggye-ri. Este gesto foi bem recebido pelos EUA e aliados, embora não dê indicação de que …