Marinha avança com processo de averiguações a morte de cadete

A Marinha vai avançar com um processo de averiguações à morte de um cadete da Escola Naval durante uma prova de corta mato realizada esta terça-feira na Base Naval de Lisboa, em Almada, disse o porta-voz do ramo.

“Já foi efetuada a participação da ocorrência e a Marinha vai nomear ainda hoje um oficial averiguante para conduzir o processo de averiguações”, disse à agência Lusa o comandante Fernando Fonseca.

Um cadete Escola Naval morreu esta terça-feira depois de desmaiar durante uma prova de corta mato realizada na Base Naval de Lisboa, no âmbito de uma aula de educação física.

“O exercício, que se iniciou pelas 08:30, consistia numa prova de corta-mato de seis quilómetros, no perímetro da Base Naval de Lisboa, e era vigiado por 10 militares com uma viatura de apoio. O cadete desfaleceu ao chegar ao quinto quilómetro da prova, tendo sido prontamente assistido por outros cadetes, pelos monitores e por um oficial que praticava desporto, que cruzava o mesmo local, cerca das 08:55″, disse a fonte.

Segundo o comandante Fernando Fonseca, o jovem, de 22 anos, foi de imediato transportado para o Centro de Medicina Naval pela viatura de apoio. “Foi assistido por uma equipa médica, que lhe prestou assistência diferenciada. Foi também contactado o INEM que prontamente chegou ao local”, acrescentou.

O cadete foi posteriormente transportado para o hospital de S. José, em Lisboa, onde foi dada continuidade às manobras de reanimação, mas não foi possível reverter a situação e acabou por morrer, cerca das 10:40, segundo a mesma fonte.

“A Marinha tem estado a prestar todo o apoio, inclusive psicológico, aos familiares e aos camaradas do cadete. Num momento de profunda dor para a toda a família naval com a perda de um dos nossos, enviamos as mais sentidas condolências à família e amigos”.

O cadete, do 4.º ano da Escola Naval, frequentava o curso de Engenharia Naval – Ramo de Armas e Eletrónica, segundo precisa a TVI24.

O comandante acrescentou que o jovem tinha todos os exames médicos em dia, “era um atleta” e tinha realizado há pouco tempo um eletrocardiograma. “Portanto, não tínhamos nenhuma informação que pudesse antecipar uma situação destas”, sublinhou.

Ministro lamenta tragédia

O ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, lamentou, em Bruxelas, a morte de um cadete da Escola Naval, afirmando tratar-se de “uma tragédia terrível” e “absolutamente inopinada” que atingiu um jovem atleta promissor, com exames médicos em dia.

“É uma tragédia, uma situação inopinada, trágica, que é profundamente triste, e sei que a Escola Naval está profundamente abalada e toda a Marinha e Forças armadas estão de luto. Foi uma situação absolutamente inesperada, [envolvendo] um jovem cadete extremamente promissor, um dos melhores do seu curso”, disse.

João Gomes Cravinho, que falava à saída de uma reunião na sede da Comissão Europeia, apontou que, de momento, não há “mais informações sobre o que poderá ter sido a causa” da tragédia, que “evidentemente” será investigada “e essa informação partilhada”, mas reforçou que nada poderia fazer prever esta tragédia, até por se tratar de um jovem de 22 anos “com grandes qualidades atléticas”, que desfaleceu durante “uma prova absolutamente normal”.

“As indicações preliminares que tenho é que não era nada que se pudesse prever ou que pudesse ocorrer de outra maneira (…) Era uma prova absolutamente normal, em que participaram muito cadetes. Aliás, tratava-se de um cadete atleta, uma pessoa com grandes qualidades atléticas”, afirmou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"DeepNude". Inteligência Artificial "tirou a roupa" a mulheres nas redes sociais

A empresa de informação Sensity alertou que mais de 100 mil imagens foram carregadas para um canal de Telegram onde um bot "tirou a roupa" de mulheres. A empresa de segurança Sensity revelou recentemente que existe …

Poluição atmosférica "custa" a cada citadino europeu 1.276 euros por ano

A poluição atmosférica "custa" 1.276 euros por ano a cada cidadão europeu residente em cidades, de acordo com um estudo da Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA) divulgado esta quarta-feira. O estudo chegou ao valor médio …

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …

Milo, o "comunicador de ação" que permite conversar em grupo durante atividades ao ar livre

Chegou o Milo, o novo aparelho que vai revolucionar as aventuras em grupo. Este pequeno dispositivo permite-lhe conversar com o seu grupo à distancia sem precisar de levar o smartphone para o meio da montanha, …